Conecte-se agora

Acre tem 3.740 animais abandonados em abrigos de ONGS

Publicado

em

FOTO: INTERNET

De acordo o Instituto Pet Brasil, o Acre possui cerca de 3.740 animais abandonados sob tutela de cerca de dez organizações não governamentais.

Esse número dá a ideia de que existe um contingente razoável de pessoas envolvidas com o cuidado de animais abandonados no Acre, Estado que é o 11º no ranking nacional de abandono de pet.

A população pet no Brasil é de cerca de 140 milhões de animais, entre cães, gatos, peixes, aves e répteis e pequenos mamíferos. A maioria é de cachorros (54,2 milhões) e felinos (23,9 milhões), num total de 78,1 milhões de animais. Desses, 5% são animais em condição de vulnerabilidade (ACV), o que representa 3,9 milhões de pets.

Do total da população ACV, cães representam 69% (2,69 milhões), enquanto os gatos correspondem a 31% (1,21 milhões).

O Brasil possuí hoje 172.083 animais abandonados sob a tutela das ONGs e grupos de Protetores. Dos mais de 172 mil animais tutelados, 165.200 (96%) são cães e 6.883 (4%) são gatos. Os abrigos de médio porte destacam-se por tutelar mais de 89 mil animais. Portanto, são responsáveis por mais de 52% da população de pets disponíveis para adoção.

“Na região Norte o Acre é o estado com maior população de animais abandonados”, informou a comunicação do IPB.

Anúncios

Destaque 6

Baixo índice de internações por Covid-19 assegurou avanço do Acre para a Bandeira Amarela

Publicado

em

Dentre os sete indicadores analisados para determinar a situação da pandemia da Covid-19 no Acre, o índice de ocupação em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e clínicos são um dos mais importantes. E foi justamente este que permitiu maior confiabilidade para que o Acre avançasse para a Bandeira Amarela (atenção) em relação à contaminação local.

A apresentação da nova classificação de risco, realizada nessa quarta-feira, 5, mostrou que o Estado se encontra numa situação confortável no que diz respeito ao índice de pacientes internados com coronavírus. Conforme o boletim epidemiológico mais recente, as taxas de ocupação em UTI de Covid-19 estão em 44% em todo o Acre. Já as taxas de ocupação de leitos clínicos estão em 42%.

De acordo com o Grupo de Apoio ao Pacto Acre sem Covid, o Acre está numa posição de folga em relação ao atual cenário do sistema de saúde pública, ao atingir uma taxa de internação inferior a 50%. A secretaria de Estado de Saúde (Seacre) também salienta o fato de ter zerado a fila de exames, após chegar a mais de mil amostras em espera de resultado em momento crítico da Bandeira Laranja (alerta).

O governo do Acre comemora a melhora na estrutura assistencial da saúde com a implementação de 90 leitos de UTI e 352 leitos clínicos destinados aos pacientes infectados por Covid-19. Apesar de focar na retomada gradual da economia em meio à pandemia do vírus, Gladson Cameli observou que a população deve se manter atenta aos cuidados de higiene e distanciamento para evitar que o vírus continue com força. “Muitos dos cuidados precisam ser mantidos, como o distanciamento social, uso de máscaras, a limpeza das mãos e a desinfecção de roupas, objetos e alimentos”.

Além da taxa de internação em UTI e leitos clínicos, também são mensurados: isolamento social; notificações por síndrome gripal; novas internações por Síndrome Respiratória Aguda Grave; novos casos por síndrome gripal Covid-19 e novos óbitos por Covid-19

Continuar lendo

Destaque 6

MP dá parecer favorável a prisão domiciliar da esposa de Fonseca

Publicado

em

O Ministério Público do Acre deu parecer favorável para que Delba Nunes Bucar, dona da Bucar Engenharia e esposa do ex-diretor do Depasa, Tião Fonseca, cumpra a prisão temporária, expedida pela 4 Vara Criminal, em domicílio.

A empresária está em Brasília se tratando de um câncer e por isso não foi presa junto com o seu marido, Tião Fonseca.

Devido as circunstâncias em que ela se encontra, o MP decidiu atender a demanda da defesa do casal e conceder o benefício do cumprimento da medida cautelar em casa.

O posicionamento do MP agora está concluso para despacho do juiz Cloves Augusto, responsável por autorizar a prisão do casal, que é investigado por supostamente desviar recursos públicos.

Nesta quarta-feira, 5, o desembargador Pedro Ranzi, do Tribunal de Justiça do Acre, negou o pedido de revogação de prisão temporária do ex-diretor do Depasa, Tião Fonseca. Os advogados prometeram recorrer no Superior Tribunal de Justiça (STJ), em Brasília.

Continuar lendo

Blog do Crica

Gladson deve ficar sem partido e apoiar Socorro Neri

Publicado

em

A posição acima é a endossada pelos principais assessores do governador Gladson Cameli,  capitaneada pelo chefe do gabinete civil, Ribamar Trindade, que reassumiu o cargo. A proposta deverá ser levada para aval do governador. O seu objetivo, explicam, é tirar de vez e o mais rápido possível o Gladson de uma nova pauta negativa no PSDB, como a que viveu recentemente no PROGRESSISTAS. Mesmo sem partido o governador poderá montar um arco de alianças em torno da candidatura da prefeita Socorro Neri a mais um mandato, o que lhe garantiria um bom tempo de televisão. Gladson ficou retornou na noite de ontem ao estado, e as ponderações que lhe serão feitas pelos seus assessores é a de que, ele faça este anúncio nesta semana. Sairia do PROGRESSISTAS e de imediato e não se filiaria a nenhum partido, tendo tempo de sobra para escolher por qual sigla disputará a sua reeleição em 2022.

DECISÃO AMADURECIDA

O chefe do gabinete civil, Ribamar Trindade, disse ao BLOG na última segunda-feira que o governador Gladson apoiar a candidatura da prefeita Socorro Neri a mais um mandato é uma decisão amadurecida. E na sua concepção, a aliança política será vitoriosa na disputa da PMRB.

BRINCANDO DE POLÍTICA

Não sei quem foi o tosco ligado ao governo que passou aos sites uma carta do presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, que não diz nada com nada, não tem garantia jurídica, afirmando que, caso o governador Gladson entre no PSDB terá voz na sucessão municipal.

DEPOIS RECLAMAM

Fornecem matéria à imprensa e depois reclamam quando a imprensa publica e comenta. No jornalismo não se pode brigar com a notícia. Rio Branco é uma cidade de muros baixos.

VALIDADE VENCIDA

Até o senador Márcio Bittar (MDB) entrou na história. Sobre a foto, na qual aparece na matéria, junto com o governador Dória, o Gladson Cameli, e o presidente Bruno Guimarães, Bittar mandou uma postagem ao Vice-governador Major Rocha citando ser esta foto antiga.

É PRECISO DESENHAR?

Para chegar dizendo que a Socorro Neri seria a candidata do PSDB teria que haver uma intervenção da nacional, o que seria derrubado na justiça porque a executiva municipal é eleita. E terminaria numa disputa bem mais belicosa do que foi no PP. É preciso desenhar?

CANDIDATURA CONSOLIDADA

O advogado Maria Paiva, que preside o diretório municipal do PSDB foi textual ontem ao BLOG, ao dizer que, a candidatura do Minoru está consolidada num debate que levou um ano e não será retirada. Também dá como zero a hipótese do Minoru vir a ser vice da Socorro Neri.

OPÇÃO EM ABERTO

A única opção que deixa em aberto é a do Gladson Cameli entrar no PSDB para apoiar a candidatura da do professor Minoru Kinpara a prefeito, e que neste caso seria bem recebido. Ou seja: teria de abandonar a idéia de apoiar a candidatura da prefeita Socorro. Não o fará.

IMPRESSÃO QUE PASSA

A impressão que está passando é a de que devem existir assessores do governador Gladson o incentivando a entrar no PSDB dando um chute na porta, criar uma confusão, ao invés de lhe conduzir por caminhos que fujam da discórdia e poupem a sua figura do desgaste político.

SEM OUTRO HORIZONTE

No cenário da sucessão municipal na capital, no campo dos partidos que apoiaram o Gladson ao governo, não vejo outro horizonte que não tenha as candidaturas à PMRB do Tião Bocalom (PROGRESSISTAS), do Roberto Duarte (MDB) e do Minoru Kinpara (PSDB). É o que se mostra.

 NÃO DESISTE DA LUTA

Ninguém mais do que o deputado federal Alan Rick (DEM) tem lutado nos ministérios da Saúde e Educação para que sejam marcadas datas do exame de mérito REVALIDA, para que os médicos formados no exterior possam fazer a prova de aferimento, pegar o CRM é trabalhar. 

COBRA DIRETO

O Alan Rick agora está cobrando do MEC que divulgue as datas para as provas do REVALIDA. Acabaria com um impasse: quem fosse aprovado pegaria o seu CRM e entrava no mercado de trabalho. Os reprovados iriam estudar para tentar passar no próximo exame. Fim de papo. 

ÚLTIMA TENTATIVA

O deputado José Bestene (PROGRESSISTAS) agendou uma conversa entre ele, o senador Sérgio Petecão (PSD) e o governador Gladson Cameli, quando fará a última tentativa de mantê-lo no PROGRESSISTAS, e apoiar a candidatura a prefeito do Tião Bocalom (PROGRESSISTAS) á PMRB.

JÁ DANÇOU

Acho que o Zeca Bestene, nesta dançou: o Gladson Cameli não quer apoiar o Bocalom. Ponto.

GOSTEI DE SER PREFEITO

O prefeito de Sena Madureira, Mazinho Serafim (MDB), foi enfático ontem na sua entrevista ao site O estado do Acre, do jornalista Brana, quando perguntado, por qual razão queria ser prefeito novamente: “gosto de ser prefeito para ajudar”. Disputa a reeleição como favorito. 

PINTA DE VEREADOR

Ontem, na reunião dos candidatos do PSD a vereador por Rio Branco, na residência do senador  Petecão (PSD), o orador mais inflamado foi o candidato Zé Buchim,  parecia um vereador na tribuna. O Zé Buchim é uma das pessoas mais generosas que conheço. E de boa qualificação.

USAR A PERÍCIA

Se o Zé Buchim tiver a mesma perícia de pescar votos como tem que de fisgar Jatuaranas no Igarapé São Sebastião, está feito na eleição. Não é Hilário Castro?

 NÃO SEI RESPONDER

Tudo que publico na coluna é baseado em declarações de lideranças políticas. Não me perguntem qual vai ser mesmo a decisão final do Gladson Cameli, que não saberei responder. As decisões do Gladson são por impulso do momento, fica difícil fazer alguma previsão.

 FALTA COM A VERDADE

Quem disser que conhece politicamente o Gladson está faltando com a verdade.

CONTAS DO GLORIOSO

Uma das lideranças do Glorioso do Dr. Ulysses Guimarães, o MDB, comentou ontem que, dos atuais candidatos a prefeito do partido acha que pelo menos seis têm ampla chance de vitória, e podendo emplacar mais dois, o que totalizam oito prefeitos eleitos. A conferir a previsão.

JURANDO COM FIGA

O senador Márcio Bittar (MDB) jura que não foca uma candidatura a 2022 para o governo. Há quem diga que faz esta jura com as mãos fazendo figas. Tucanos acreditam que nesta manobra de levar o Gladson para o partido tem o DNA do Bittar. Se eu duvido? Nem um pouco.

NEM UM CENTAVO FURADO

E não aposto um centavo furado contra o Bittar estar no partido do Bolsonaro, em 2022.

APOSTAS CORRENDO

Enquanto seu lobo não vem, as apostas estão correndo no meio político sobre qual será mesmo o futuro do governador Gladson. Fosse na Loteca, eu marcaria triplo.

ESPERANDO ADVERSÁRIO

Até agora o grupo palaciano não definiu quem vai apoiar para prefeito de Cruzeiro do Sul. E em meio a esta indefinição, o candidato Vagner Sales (MDB) vai consolidando a dianteira nas pesquisas. E nas pesquisas não entram nem os redutos mais fortes dos Sales, o Alto Juruá.

MAIS UM

Chegam a 11 os candidatos a prefeito de Rio Branco, com a decisão do CIDADANIA em ter candidato próprio à PMRB. Será o Bacharel em Direito e policial civil, Leandro Costa.

BATEU RECORDE

Não me lembro de nenhuma outra eleição para a prefeitura da capital que tivesse tantos candidatos disputando. Por um lado é bom, porque amplia o leque de escolha do eleitor.

FRASE MARCANTE

“A política tem a sua fonte na perversidade e não na grandeza do espírito humano”. Voltaire.

 

Continuar lendo

Destaque 6

Assis Brasil lidera como a cidade de maior incidência da Covid-19 por habitantes no Acre

Publicado

em

A propagação do novo coronavírus tem se espalhado fortemente pelas cidades do interior do Estado. Após atingir o pico da curva da pandemia em Rio Branco, conforme divulgou a própria secretaria municipal de Saúde da capital na última semana, o vírus tem atingido significativamente cidades do Vale do Juruá, Alto Acre, Purus e Tarauacá/Envira.

O boletim epidemiológico liberado pela secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) nesta terça-feira, 4, mostra que Assis Brasil, localizada na fronteira do Acre com o Peru na região do Alto Acre, lidera o ranking de incidência da Covid-19 por habitantes. Assis Brasil já registrou 8 óbitos decorrentes de complicações da doença até o momento e 210 altas médicas. A taxa de mortalidade do vírus no município está em 107,9%, a maior em todo o Estado.

Atualmente, a cidade, que tem uma população estimada em 7.417 pessoas, conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) no ano passado, possui 349 casos confirmados da doença e quatro em situação de análise em laboratório. Por lá, mais de 730 exames já foram notificados e 382 descartados para coronavírus.

No mesmo ranking, Assis Brasil é seguida de Bujari; Cruzeiro do Sul; Brasileia; Santa Rosa do Purus, Tarauacá; Porto Walter; Manoel Urbano; Mâncio Lima e Xapuri. Rio Branco caiu para a 13ª posição no quesito incidência da Covid-19.

Nessa terça, o teve mais 371 casos confirmados, chegando 20.710 infectados pela Covid-19. Mais 6 mortes também ocorreram nas últimas 24 horas, fazendo com que o total de óbitos alcance 545 em todo o estado.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas