Conecte-se agora

Polícia prende homem condenado por se passar por médico em RO

Publicado

em

Jerfesson Soares de Souza, natural do estado de Rondônia, foi preso nesta quinta-feira (12) por agentes da Polícia Civil (PC/AC), de Epitaciolândia (AC).

Jerfesson tinha um mandado de prisão expedido desde junho de 2017. Segundo informações prestadas pelo delegado de Epitaciolândia, Luís Tonini, Jerfesson Soares foi condenado a cumprir cerca de 10 anos reclusão por vários crimes, entre eles, por tentar se passar por médico no estado vizinho.

Aqui na fronteira, ao que foi apurado, Jerfesson estaria realizando pequenos furtos e quando foi abordado, tentou passar outro nome aos agentes.

Foi quando descobriram os seus crimes, como a prática ilegal de medicina, contra a administração pública e peculato, entre outros delitos.

Jerfesson Soares será transferido para o presídio da capital, em seguida, será comunicado às autoridades do estado vizinho, e ficará à disposição da Justiça para os procedimentos de praxe.

Com informações do Alto Acre

Propaganda

Acre

Saúde do Acre realiza mais um transplante de fígado

Publicado

em

Um paciente morador de Sena Madureira, 61 anos, ganhou uma nova chance de viver nesta última quarta-feira, 16, ao ser submetido a um transplante de fígado na na Fundação Hospital do Estado do Acre (Fundhacre).

A doação veio de Boa Vista, capital de Roraima, e o órgão chegou em um avião da Força Áerea Brasileira (FAB).

Segundo nota divulgada pela comunicação da Secretaria Estadual de Saúde o paciente se recupera bem e está sendo acompanhado por uma equipe de profissionais na Fundhacre, onde segue internado.

Segundo informação da Sesacre, este já é o quinto transplante de fígado realizado no Acre em 2019.

Com informações da Agência de Notícias do Acre

Continuar lendo

Acre

MPAC: Promotorias terão sedes próprias no interior do estado

Publicado

em

As Unidades Ministeriais de Senador Guiomard, Manoel Urbano e Plácido de Castro ganharão em breve sedes próprias, segundo anunciou a procuradora-geral de Justiça do Acre, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, nesta quinta-feira, 17. Também estão garantidas obras em Porto Acre, onde o MPAC terá uma sede própria na Vila do Incra. Nessas cidades, as promotorias funcionam em prédios alugados.

Os novos prédios serão construídos com recursos provenientes do pagamento de multas processuais, destinados pelo Ministério Público do Trabalho (MPT). O prazo de conclusão das obras é de 12 meses.

Segundo a procuradora-geral, a intenção é oferecer instalações dignas e confortáveis. Todas as construções obedecerão a padrões de acessibilidade e contarão com auditório, estacionamento, gabinetes e salas de reuniões, entre outros espaços, possibilitando mais eficácia na prestação do atendimento ao público.

“Há muito tempo buscamos estar presentes em todas as comarcas com unidades próprias, proporcionando mais conforto não só para os membros e servidores do Ministério Público, mas para toda a população que procura a nossa casa”, comentou Kátia Rejane.

*Com informações da Agência de Notícias do MPAC.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.