Conecte-se agora

Asfalto que causou discórdia entre Deracre e Prefeitura chega a CZS

Publicado

em

A prefeitura de Cruzeiro do Sul recebeu na tarde desta quinta, 12, o Cimento Asfáltico de Petróleo, CAP, que depois de usinado com a areia e seixo, será repassado para o Deracre executar a operação tapa buracos nas Rodovias AC-405 e AC-407.

A secretaria de Comunicação da prefeitura afirma que a usinagem será iniciada neste final de semana e a massa asfáltica quente deverá ser entregue ao Deracre no início da próxima semana.

A 405 passa pelo Balneário Igarapé Preto, Aeroporto e segue até Mâncio Lima, num total de 31 km. Já a 407, vai da rotatória do Pé da Terra até Rodrigues Alves, com 22 km, somando 53 Km. De acordo com a prefeitura, a quantidade recebida de CAP, resultará em 40 caminhões trucados de asfalto, mas não esclareceu se será suficiente para todo o trabalho de tapa buracos.

O governo do Estado celebrou convênio com a prefeitura de Cruzeiro do Sul, para a execução do serviço, no valor de R$1,5 milhão. No dia 30 de agosto, repassou metade do valor para a prefeitura e ainda não há sinalização de data de novo repasse.

O tapa buracos já causou uma pequena crise entre o Deracre em Cruzeiro do Sul e a prefeitura local. O diretor do Deracre, Marcos Sales, irmão do ex prefeito Vagner Sales, afirmou que estava “com tudo pronto para iniciar o serviço, mas a prefeitura não entregava o asfalto”. Vagner Sales, é o principal desafeto político do prefeito Ilderlei Cordeiro. O Deracre era chefiado pelo filho de vagner, Fagner Sales e agora, pelo irmão, Marcos Sales.

Em nota, a prefeitura afirma que Marcos Sales agiu de forma politiqueira ao cobrar o asfalto, e que na verdade, ” está ajudando o governo do Estado, que do ponto de vista de prazos licitatórios, não tinha como fazer o trabalho.

Veja a Nota

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Prefeitura de Cruzeiro do Sul vem a público esclarecer que a manutenção das duas rodovias que interligam Rodrigues Alves, Mâncio Lima e Cruzeiro do Sul são de responsabilidade do Governo do Estado.

Entretanto, diante da necessidade de uma intervenção das rodovias e do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (Deracre) não possuir contrato de fornecimento do material necessário para a obra, o Estado assinou um convênio com a Prefeitura de Cruzeiro do Sul, que ficou responsável pela aquisição dos insumos.

Caso o governo fosse lançar edital, a pavimentação das rodovias demoraria ainda mais tempo, devido o processo licitatório. Como a Prefeitura já possui contrato para esse tipo de finalidade, o governador Gladson Cameli e o prefeito Ilderlei Cordeiro selaram a parceria, que beneficia toda a população dos municípios da Região do Juruá.

A metade do recurso conveniado foi creditado para o município no dia 30 de agosto. Em apenas 13 dias, a administração cruzeirense conseguiu empenhar o recurso e, nesta última quinta-feira, 12, recebeu o material para a obra que será repassado ao Deracre, junto a massa asfáltica, que será usinada pela gestão municipal.

A obra de pavimentação da AC-405, que no processo tradicional demoraria mais de três meses para se concretizar, já se iniciam na próxima semana. A Prefeitura de Cruzeiro do Sul lamenta a postura do diretor do Deracre, no Juruá, Marcos Sales, em tentar criar uma situação politiqueira sobre o processo de aquisição dos insumos.

Reafirmamos o nosso compromisso de continuar trabalhando, buscando parcerias e investimentos por uma Cruzeiro do Sul e um Vale do Juruá desenvolvido e melhor para a sua população.

Paulo de Sá – Secretário de Comunicação da Prefeitura de Cruzeiro do Sul

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas