fbpx
Conecte-se agora

Qualidade do ar é boa em parte do Acre, mas é ruim em Rio Branco e outros municípios

Publicado

em

FOTO: JÚNIOR AGUIAR

A qualidade do ar que o acreano respira nesta quarta-feira (11) melhorou bastante em relação a semanas anteriores, mas segue crítico no leste do Estado, especialmente nos municípios onde há alto risco de fogo -Plácido de Castro, Acrelândia e Senador Guiomard.

A previsão, por modelo numérico, da concentração de material particulado, é produzida pela Unidade de Situação e Monitoramento da Secretaria de Meio Ambiente do Acre.

“Até às 9h, com valores variando de 20 a 250 (μg/m3). Nos municípios que compõem o oeste e leste apresentam condições que variam de boa a péssimo. Para a Organização Mundial de Saúde – OMS o limite é de 25 μg/m3 para partículas de até 2,5 μm/m2”, explica a Secretaria de Meio Ambiente em seu boletim diário.

Em Rio Branco, no dia 10 de setembro, informa o boletim da Sema, a máxima concentração de material particulado ocorreu às 23h20, com valor de 72 μg/m3, de acordo com o sensor instalado na Universidade Federal do Acre. Enquanto o sensor localizado na sede do Ministério Público, a máxima concentração de material particulado ocorreu às 21h25m, com valor de 100 μg/m3 registrado dia 10.

De acordo com a Agência de Proteção Ambiental dos Estados Unidos (United States Environmental Protection Agency ), a concentração média de PM2.5 superiores a valores de 89 μg/m3 em 1-3 horas já são considerados nocivos a grupos de risco -as pessoas com doenças respiratórias ou cardíacas, idoso e crianças. Em Rio Branco, todo cuidado é pouco.

Propaganda

Cotidiano

Deputado cobra ações do governo contra surto de dengue em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

A saúde voltou a dar tom nos discursos na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). O petista Jonas Lima trouxe ao debate a epidemia de dengue que atinge a região do Juruá. Segundo números divulgados pela Secretaria Estadual de Saúde, o município tinha cerca de 650 casos confirmados da doença há duas semanas.

Jonas destacou que perdeu dois tios idosos vítimas de dengue nas últimas semanas. “É preciso algo ser feito. Até agora não vi uma ação efetiva da Secretaria Estadual de Saúde. Há falta do produto que faz a “borrifação” que acaba com o mosquito. Nós, deputados estaduais, precisamos nos unir e cobrar que algo efetivo seja feito”.

O ex-coordenador Regional de Saúde do Juruá, Roberto Holanda, ao pedir exoneração do cargo afirmou que o “o governo do Estado deveria dar mais atenção e suporte aos municípios, com insumos e pessoal”.

Continuar lendo

Cotidiano

Corpo de Bombeiros resgata filhotes de pacarana no centro de Xapuri

Publicado

em

Fotos: Cedidas/Corpo de Bombeiros

Uma guarnição do Corpo de Bombeiros foi acionada na noite dessa segunda-feira, 17, para realizar o resgate de um casal de “Dinomys branickii”, conhecidos popularmente como pacaranas. Estes são o terceiro maior roedor do mundo e encontra-se em situação de extinção. Os animais estavam na região central da cidade de Xapuri quando moradores acionaram os militares.

Chegando ao local, os bombeiros viram que se tratava de um casal de filhotes. A pacarana também é chama de ‘paca de rabo’. Os bichos foram capturados e, por se tratar de filhotes, a situação foi repassada aos funcionários do Centro de Triagem de Animais Silvestres do IBAMA, em Rio Branco.

O IBAMA se comprometeu em enviar um técnico especializado para realizar o translado dos animais para Rio Branco para procedimentos cabíveis. Segundo o Corpo de Bombeiros, o número dessas populações silvestres vem decaindo devido à destruição de seu habitat e sua caça excessiva para consumo.

O animal habita o noroeste da Venezuela e Colômbia até o ocidente da Bolívia, em planaltos. No Brasil, habita no Acre e oeste do Amazonas.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Leia Também

Mais lidas