Conecte-se agora

Ministra determina prisão de José Alex em mais de 8 anos

Publicado

em

A Ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Rosa Weber suspendeu os efeitos da decisão do habeas corpus nº 511.115/AC do STJ que mantinha livre da cadeia José Alex, provedor da Santa Casa de Misericórdia, condenado como pelos crimes de peculato, falsificação de documento público e falsidade ideológica.

José Alex, como é conhecido, foi condenado por ter falsificado o certificado de um curso que aconteceu em Brasília no ano de 1999 com o objetivo de receber as diárias. Neste período, Alex era vereador em Rio Branco.

Na decisão, Rosa Weber determina que comunique-se ao juízo da Terceira Vara Criminal de Rio Branco para que dê início imediato à execução provisória da pena de 8 anos e 4 meses de reclusão.

VEJA AQUI A DECISÃO

Propaganda

Acre

Em Xapuri, homem é esfaqueado e morre com punhal na mão

Publicado

em

O crime ocorreu no bairro Sibéria por volta das 20h30 desta sexta-feira, 20. A Polícia Militar está no local e uma guarnição faz buscas pelo suspeito do homicídio em uma área rural nas imediações da comunidade.

A vítima, segundo informações de moradores, é conhecida pela alcunha de Zé da Orlene. A Polícia Civil foi acionada para fazer os procedimentos de costume, mas ainda não há informações sobre detalhes ou possíveis motivações do crime.

Mais informações em instantes.

Continuar lendo

Destaque 7

Jenilson Leite participa de ação de saúde voltada para os portadores de hepatite em Brasiléia

Publicado

em

O deputado estadual Jenilson Leite (PSB), vice-presidente da ALEAC e médico infectologista, a convite da presidente da Associação dos Portadores de Hepatites no Alto Acre, Neiva, realizou atendimento médico para os pacientes portadores do vírus de hepatites. A ação foi realizada no Hospital Regional Wildy Viana, na cidade Brasileia, durante todo o dia desta sexta-feira (20), em parceria com a direção do hospital que cedeu uma sala. Além dos atendimentos voltados para a área de infectologia, o médico realizou ainda exames de ultrassonografia e eletrocardiograma.

O atendimento realizado pelo médico Jenilson Leite é uma forma de minimizar a fila de espera dos pacientes que precisam se descolar até Rio Branco em busca de tratamento no SAE. Uma vez que o Acre é um dos estados que tem registrado um aumento significativo no número de pessoas que adquire o vírus hepático, sendo mais comum das hepatites b, c e delta. Segundo dados divulgados em 2018, pela Divisão de Infecções Sexualmente Transmissíveis do estado, o Acre registrou 585 casos de pessoas que contraíram o vírus em 2017.

Neiva, presidente da Associação dos Portadores da Hepatites no Alto Acre e representante do serviço de infectologia na região, agradeceu ao deputado pela disponibilidade em proporcionar aquela ação, haja vista a carência de profissionais com esta especialidade em Brasiléia e região. “Dr. Jenilson, queremos lhe agradecer por ter atendido o nosso convite, pois existe uma carência muito grande de infectologista na região. Além disso, temos uma demanda muito grande de pessoas que possui o vírus não apenas de hepatites, mas também de outras doenças infectocontagiosas. E seu trabalho com a sua equipe é de suma importância para nós. Também somos gratos à direção do hospital por ter cedido o espaço. Essa união aqui trouxe ganhos significativos à população”.

O secretário-geral da Associação dos Portadores da Hepatites no Alto Acre (APAHAC), Jacson Aroldo, destacou que em Brasiléia e região existem mais de 700 pessoas com o vírus das hepatites, sendo que apenas 10% dessas pessoas estão fazendo tratamento, pela dificuldade que é de conseguir o tratamento. “Por isso que a vinda do Dr. Jenilson é fundamental e nós agradecemos de coração, pois nós não temos um médico infectologista no município. Às vezes, uma vez por mês um médico aparece e estas pessoas ficam aguardando ou então tem que se deslocar até a capital. Sendo que para entrar em tratamento é uma romaria”, agradeceu.

Além de participar da ação de saúde em Brasiléia, Leite estará amanhã no ramal do Cachoeira, em Xapuri, prestando atendimento médico a pedido do deputado Manoel Morais, seu colega de partido.

Para Jenilson Leite, ir aos municípios do interior ou, a quaisquer postos de saúde desenvolver sua atividade médica é uma grande alegria, haja vista que é uma forma de dar sua parcela de contribuição aos que mais necessitam. “Me ponho sempre à disposição das pessoas para auxiliar como parlamentar e como médico, pois andando pelo nosso estado e mais precisamente no interior, conheço a realidade da população. Então, busco fazer minha parte”.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.