Conecte-se agora

Ufac desenvolve pesquisa com uso de energia solar para irrigação

Publicado

em

“Uma alternativa de se fazer irrigação dependendo única e exclusivamente da energia solar”, é como o coordenador do Laboratório de Mecanização do Centro de Ciências Biológicas e da Natureza da Ufac, Leonardo Paula de Souza, classifica o sistema de irrigação por gotejamento, alimentado por energia solar, instalado no campus-sede, que está sendo utilizado para pesquisa de irrigação de cultivares de feijão regional.

O kit é composto por duas placas solares, um drive que converte a energia solar em energia elétrica e uma bomba d’água submersa; tem baixo custo e é indicado como alternativa para pequenos produtores que precisam irrigar pequenas plantações em propriedades que não contam com energia elétrica. O sistema funciona sem bateria e depende exclusivamente da energia solar.

Segundo Leonardo, que é engenheiro agrícola por formação, a Ufac está seguindo para uma linha de pensamento que favorece a agricultura sustentável. “Podemos citar o feijão como exemplo: é uma cultivar que demanda pouca água para se desenvolver e, na época seca do ano, o pequeno agricultor pode cultivar um roçado de feijão irrigado, manter sua família e aumentar sua produção”, disse. “É importante que, para uso desse tipo de sistema, seja elaborado um projeto de irrigação por um engenheiro agrônomo, visando ao melhor aproveitamento e garantindo a irrigação correta.”

O sistema de irrigação por energia solar está instalado na horta da Ufac e atualmente está sendo utilizado para pesquisa pelo estudante do curso de Engenharia Agronômica da Ufac, Francisco Gean dos Santos Mota. Ele pesquisa diferentes formas de irrigação para definir a quantidade ideal de água no solo para cada cultivar de feijão regional. O resultado da pesquisa será a base para o trabalho de monografia do estudante.

 

Gean teve contato com o sistema durante a disciplina de Irrigação e Drenagem. “A partir daí surgiu interesse pela pesquisa e conversei com o professor para utilizar o sistema como forma de produzir com melhor custo-benefício, de modo que o pequeno produtor possa irrigar sua plantação mesmo em áreas isoladas, onde não tem energia elétrica”, explicou. 

O sistema solar é desenvolvido por uma empresa brasileira e foi comprado por meio de projeto de pesquisa financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Acre; está disponível para visitação. Os interessados devem entrar em contato com o coordenador do Laboratório de Mecanização da Ufac pelo e-mail [email protected].

ASCOM UFAC




Propaganda

Destaque 5

Nicolau assina Pacto Nacional pela 1ª Infância na Região Norte

Publicado

em

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Nicolau Júnior (PP), participou nos dias 19 e 20 de setembro, em Manaus (AM), do maior evento nacional sobre a primeira infância: o “Seminário do Pacto Nacional pela Primeira Infância – Região Norte”. Na ocasião, o presidente do parlamento acreano assinou, juntamente com o deputado Neném Almeida (BUPAC), o Pacto Nacional pela Primeira Infância na Região Norte.

O evento que aconteceu na sede do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), promovido pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), discutiu a realidade local sobre a atenção à primeira infância e a importância do “Marco Legal da Primeira Infância”, como é mais conhecida a Lei Federal n.º 13.257/2016, que trata sobre políticas públicas para crianças de até seis anos de idade.
Discutiu ainda sobre a articulação das principais políticas de atenção à primeira infância com o Sistema de Justiça, os problemas e as dificuldades enfrentadas pelos profissionais, além da divulgação de boas práticas.

O encontro que reuniu magistrados, procuradores, promotores, defensores públicos, advogados, equipes psicossociais-jurídicas e outros profissionais do sistema de garantia de direitos que atuam na Região Norte contou pela primeira vez com a presença de parlamentares acreanos.

O presidente da Aleac, Nicolau Júnior, fez questão de falar sobre a relevância do debate. “Esse é um momento muito importante. Após o debate as instituições entenderam que é necessário unir forças para podermos superar um problema que se agrava cada vez mais na Região Norte. É relevante trazer essa discussão para nossa região a fim de que todos conheçam nossas peculiaridades e, principalmente, nossas dificuldades logísticas e de fiscalização. Da nossa parte, estamos trabalhando para que essas políticas andem em conjunto e possamos diminuir os números da violência e garantir uma infância segura às nossas crianças”, enfatizou.

O Seminário também contou com a presença de servidores dos Poderes Executivo e Legislativo, profissionais do sistema de garantia de direitos e da sociedade civil organizada da região Norte – Conselhos Tutelares, Conselhos de Direito da Criança e do Adolescente, servidores das unidades de Direitos Humanos, Desenvolvimento Social, Saúde, Educação e Segurança Pública, empresários, entre outros.
Durante os dois dias foram realizadas exposições orais e debates entre moderadores e palestrantes. Também foram realizados, simultaneamente, quatro workshops temáticos e uma mesa redonda.

Agência Aleac




Continuar lendo

Destaque 5

Novo repasse do FPM cai nesta sexta na conta das prefeituras

Publicado

em

O 2º repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) do mês de setembro cai nesta sexta-feira (20) na conta das prefeituras do Acre.

São R$ 4.257.892,38 descontada a retenção do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Esse repasse é, de modo geral, o menor dos três ao longo do mês e representa em torno do 20% do valor esperado para setembro. Segundo dados da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), esse decêndio, quando comparado ao ano anterior, apresentou um crescimento de 34,44% em termos nominais, ou seja, sem considerar os efeitos da inflação.




Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.