fbpx
Conecte-se agora

BIRD não aceita proposta do Estado e obra do Museu será inaugurada somente em 2020

Publicado

em

Governo vai levar a Secretaria de Segurança Pública para o local reforçando a presença do estado na região. Obra considerada “faraônica” será entregue à população com Museu dos Povos Acreanos instalado no primeiro andar.

Como a reportagem do ac24horas adiantou com exclusividade, o atraso na conclusão das obras do Museu dos Povos Acreanos ocorreu por conta da recusa na proposta do Estado de retirar a exposição do acervo histórico do local. Foi o que disse na manhã de hoje (10) na Aldeia FM, o secretário Thiago Caetano. Com o realinhamento do projeto, a obra só deverá ser inaugurada ano que vem.

“Antes de viajar para Alemanha o governador Gladson Cameli bateu o martelo, vamos levar a Secretaria de Segurança Pública para o segundo andar do prédio. O primeiro andar vai atender à proposta inicial ligada a cultura com exposição do acervo dos povos acreanos”, disse Caetano.

Ainda de acordo o secretário de infraestrutura, mesmo com o pedido para a empresa que venceu a licitação para “destravar o freio de mão”, e acelerar na conclusão das obras de engenharia, o novo prédio estará em pleno funcionamento somente no ano que vem.

“O governador quer inaugurações com os prédios funcionando. Neste caso, além da parte de engenharia ainda tem as providências administrativas e de montagem de acervos que precisam ser feitas, mas a comunidade pode ficar tranquila que até o inicio do ano tudo será entregue”, garantiu o secretário.

Até janeiro deste ano, mais de R$ 20 milhões já tinham sido aplicados na restauração do prédio. O atual governo anunciou indisposição em concluir o projeto original que previa um custo de R$ 30 milhões. O secretário de infraestrutura, Thiago Caetano, justificou as mudanças previstas devido os custos de manutenção da obra que ele considerou como “faraônica”, disse.

Propaganda

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas