Conecte-se agora

Gleici fala pela primeira vez sobre término e volta com Wagner

Publicado

em

Gleici Damasceno conheceu Wagner Santiago no Big Brother Brasil 18, engatou um namoro com o artista plástico dentro do reality e ficaram juntos por mais de um ano até anunciar o fim do relacionamento no dia 1º de julho. Em um curto período, pouco mais de um mês depois, o casal já estava junto de novo e até foi tietado por um fã em uma loja de móveis em São Paulo.

Sempre muito discreta, a atriz abre o coração especialmente para a Marie Claire e diz que, apesar de terem iniciado uma relação no programa de maior audiência do país, os dois sempre foram muito discretos e ela preza por isso fora da casa também.

“Ainda estou aprendendo como é lidar com o interesse das pessoas na minha vida pessoal, com a expectativa delas em relação às mudanças que acontecem ao meu redor. Temos uma relação muito comum, em que acontecem desgastes naturais que qualquer outro casal enfrenta e, inevitavelmente, a exposição acaba potencializando isso. Agora, estamos em um momento de entender como as coisas serão daqui pra frente. Tudo ainda é recente, então não tenho muito o que contar, mas estamos bem e felizes. Quero aproveitar este espaço para agradecer a todos pelo carinho”, comenta.

Claro que todo término é muito doloroso para ambas as partes e demanda um tempo para as feridas cicatrizarem. A vencedora do BBB18 afirma que o processo para eles foi muito difícil.

“Como é pra todo mundo, acredito. É difícil, mas foi um momento importante que nos trouxe de volta ao momento que estamos hoje”, esclarece.

Viver três meses confinados dentro de uma casa com mais de 70 câmeras expõe a vida de todas as pessoas que vivem ali. Contudo, Gleici fala que não é avessa ao interesse do público pela sua vida pessoal, explica que tem aprendido como essa parte funciona e sempre tenta aproveitar o máximo do carinho de seus fãs.

“Diferente do que as pessoas pensam sobre reality, é mais do que uma exposição: é viver uma experiência única na vida, que te dá a dimensão de como é conviver com os mais diferentes tipos de personalidades, é uma experiência social, que todos na vida deveriam ter. Dito isso, posso dizer que não me incomoda o interesse do público, eu estou entendo ainda como isso funciona e o positivo disso é o carinho e a torcida pelo meu bem que recebo diariamente.”

Ela ainda aponta que a fama repentina lhe trouxe mais visibilidade para falar sobre o que acredita e para ir atrás de um sonho novo, que é a atuação.

“Foi enriquecedor pra mim enquanto ser humano e sou grata porque também me deu voz. Eu procuro transformar o negativo em positivo, levo a vida desse jeito. Eu ganhei visibilidade para falar no que acredito, para empoderar outras meninas que se inspiram em mim a ir atrás dos seus sonhos. É muito bacana receber os retornos de meninas que ao acompanharem minha trajetória se sentem mais confiantes de enfrentar os desafios e ir atrás dos seus sonhos. Isso é impagável”, brada.

Os planos para o futuro a jovem atriz já traçou: está estudando artes cênicas em uma famosa escola de São Paulo, onde está morando com sua irmã e a sobrinha. Enquanto isso, ela continua o namoro à distância com Wagner, que vive em Curitiba.

“Acabei de me mudar para um apartamento novo e trouxe minha irmã e sobrinha para ficarem comigo.”

 

Fonte: Revista Marie Claire

Propaganda

Entretenimento - Empreendedorismo

Feira Sabor Nacional leva produtos e receitas indígenas ao Museu da Casa Brasileira

Publicado

em

O Brasil é um país multicultural e extremamente influenciado pela cultura indígena, apesar de muita gente fazer questão de negar este fato. E, em tempos de polarização e ameaças à esta cultura milenar, é preciso valorizara influência dos povos indígenas em nosso país. Neste ano, a 12º edição da Feira Sabor Nacional homenageia a culinária do povo que habitava o Brasil muito tempo antes dele ser “descoberto”.

Neste final de semana, no Museu da Casa Brasileira acontece a feira que tem entrada gratuita, das 10h às 19h. Comidas típicas, artesanatos e diversas oficinas farão parte de um rico final de semana, regado a produtos naturais, como gengibre, cominho, palmito, mandioca, abóbora, peixes e carne de caça. Outras delícias nativas, como tapioca, pirão e beiju serão servidas nos mais de 20 restaurantes e food bikes convidados.

Mais de 30 expositores levarão seus produtos à feira, com destaque para as tradicionais cerâmicas dos Wauja, produzidas por habitantes do Parque Indígena do Xingu – entre elas máscaras ritualísticas e cestos desenhados.

Além disto, oficinas para adultos e crianças, todas voltadas à cultura indígena, irão completar a intensa programação. Uma super oportunidade de fazer uma imersão em uma das culturas mais ricas da história da humanidade. Para construir um país mais justo, é preciso primeiro valorizar o que temos de melhor e de mais autêntico!

Continuar lendo

Entretenimento - Empreendedorismo

Convite especial

Publicado

em

Nana, Terapeuta Tântrica e Educadora Sexual, desde de 2009, e instrutora na Universidade de Sexualidade Humana Metamorfose, desde 2011, estará em Rio Branco-AC por apenas 4 dias (19,20,21 e 22 de setembro) realizando massagens tântricas individuais para homens e mulheres, mini treinamento multiorgástico para casais e Workshops apenas para mulheres no sábado (21 de setembro) e só para homens no domingo (22 de setembro).

Os atendimentos e workshops serão realizados no Espaço Flor da Vida. Nos workshops, será ensinado técnicas de empoderamento e sexualidade feminina, pompoarismo, meditações orgásticas e a massagem tântrica para aplicar no parceiro (a).

Nana, em constante desenvolvimento profissional, viveu e viajou durante um ano pela Europa desenvolvendo estudos e atendimentos com Tantra Massagem e Meditações. Trabalhou com Terapia e Massagem Tântrica em Dubai e Turquia supervisionada pela Escola Alegraluz.

Marque seu atendimento individual ou inscreva-se no workshop pelos contatos: 68-984272727 ou 99964-1356.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.