Conecte-se agora

Brasiléia e Epitaciolândia estão sem ambulâncias do SAMU

Publicado

em

FOTO: O ALTO ACRE

A população que reside nas cidades de Brasiléia e Epitaciolândia estão sem o Serviço Móvel de Urgência e Emergência (SAMU) e por falta de uma ambulância, na noite desta sexta-feira, dia 6, uma mulher, vítima num acidente entre uma moto e um carro, na BR 317, sentido Brasiléia/Assis Brasil, agonizava de dor com suspeita de fratura em um dos tornozelos.

Sem uma ambulância do SAMU e nem a do Corpo de Bombeiros para conduzir a vítima ao hospital, distante cerca de 400 metros do local do acidente, somente com esforços de populares, que conseguiram um colete cervical, a mulher foi levada na carroceria de uma pick-up para o hospital, onde recebeu atendimento médico e ficou em observação após passar por exames e cuidados médicos.

Segundo informado, as duas ambulâncias que dão apoio no hospital Wildy Viana estariam em manutenção na capital e não foi disponibilizado outro para suprir a falta. Os socorristas do 5º Batalhão do Corpo de Bombeiros do Alto Acre, localizado em Epitaciolândia, especializados para esse tipo de ocorrência, também estão sem veículo para o transporte de doentes.

Durante a semana, casos de acidentes foram registrados onde os socorristas dos Bombeiros levavam uma pessoa na carroceria de uma pick-up.

Caso seja verdade, o Governo do Acre poderá ser responsabilizado por não ter veículos e pessoas especializadas em resgates de alta complexidade.

A mulher foi levada para o hospital encima na carroceria de uma pick-up, onde recebeu atendimento médico e ficou em observação após passar por exames e cuidados médicos.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas