fbpx
Conecte-se agora

Jovem de 18 anos com queimaduras vai para hospital em Brasília

Publicado

em

Avião teve que aguardar em Tarauacá devido a névoa no aeroporto de Cruzeiro do Sul

Na manhã deste sábado, 7, a adolescente Sara Eduarda Melo, 18 anos, que estava internada no Hospital do Juruá com 45% do corpo queimado, foi levada de avião – um jato, para o Centro de Tratamento de queimados (CTQ) do Hospital Regional da Asa Norte (HRAN) em Brasília DF.

O transporte foi feito por empresa aérea especialista nesse tipo de transporte, contratada pelo governo do Estado, a Brasilvida.

Sara Eduarda Melo, de 18 anos, sofreu um acidente em casa no último dia 31 e a família da adolescente buscava meios de transferi la.

Segundo o coordenador regional da saúde em Cruzeiro do Sul, Roberto Holanda, “o governador Gladson Cameli cuidou diretamente do caso garantindo o leito no hospital de referência e o avião que irá transportá-la até Brasília”, disse.

Holanda afirma que, quando Sara chegar à Brasília, às 13 horas, uma ambulância estará de prontidão para levar a paciente até hospital.

Névoa no aeroporto de Cruzeiro do Sul

No início da manhã deste sábado, 7, o aeroporto de Cruzeiro do Sul ficou fechado para pousos e decolagens devido à forte névoa.

A aeronave, que veio de Brasília, teve que pousar em Tarauacá até que houvesse liberação para o pouso em Cruzeiro do Sul, o que atrasou o embarque da paciente Sara Eduarda, por mais de uma hora. O vôo do jato em Tarauacá só foi possível porque o governo do Estado recentemente recuperou a pista dos aeroporto da cidade, bem como a de Feijó.

A previsão era de que o avião pousaria em Cruzeiro do Sul as 6 da manhã, o que só aconteceu quase duas horas depois.

Propaganda

Acre

Primeira frente fria de 2020 chega sábado ao Acre, prevê Friale

Publicado

em

A primeira frente fria de 2020 chegará à região no sábado (22). Esse frente fria será sucedida pela incursão de leve massa de ar polar. Assim, pela primeira vez neste ano, a temperatura sofrerá um pequeno declínio no Acre, Rondônia, Amazonas (sul e sudoeste), Mato Grosso (sul, sudoeste e oeste), Bolívia (planícies) e Peru (centro e sul da região de selva).

“Entretanto, é pouco provável que ocorra o fenômeno da friagem. Na sexta-feira e no sábado, devido à chegada dessa frente fria, ocorrerão temporais, com chuvas fortes, raios e ventanias”, adianta o estudioso do clima Davi Friale.

E ele completa: “Estamos acompanhado a formação de uma alta pressão atmosférica no sul do continente que dará início ao deslocamento desta frente fria. Diariamente, estaremos atualizando a informação sobre esta primeira onda de frio a chegar à Amazônia”.

De outro lado, até sexta-feira (21), o calor abafado, com chuvas pontuais, vai continuar predominando no Acre, Rondônia, Amazonas, Mato Grosso, Goiás, Distrito Federal, Bolívia (planícies) e Peru (selva e litoral norte).

Continuar lendo

Acre

Governo institui a Comissão de Riscos Ambientais do Acre

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE

O governador Gladson Cameli criou, por meio de decreto publicado na edição desta terça-feira, 18, do Diário Oficial a Comissão Estadual de Gestão de Riscos Ambientais do Acre (CEGdRA). A comissão é resultado do Plano Nacional de Prevenção, Preparação e respostas Rápidas as Emergências Ambientais com produtos químicos perigosos firmado entre governo federal e os estados do país.

No decreto de criação, o governo lembra dos acidentes ocorridos em 2005 em toda a Amazônia em decorrência de secas extremas e baixa umidade do ar que causaram incêndios florestais e morte de animais em decorrência da ausência das chuvas e seca dos rios que atingiram milhares de famílias no Acre. Segundo o governo, há também a possibilidade de aumento de ocorrência de acidentes envolvendo enchentes, queimadas descontroladas, incêndios florestais, secas severas, desmatamentos e acidentes com produtos químicos perigosos e outros eventos de riscos ao meio ambiente decorrentes de atividades antrópicas, desastres naturais e dos efeitos das mudanças climáticas globais.

A CEGdRA é vinculada à Secretaria de Estado de Meio Ambiente (SEMA) e será composta por três Câmaras Técnicas denominadas: Câmara de Produtos Químicos Perigosos, Câmara de Queimadas descontroladas, Incêndios Florestais, Secas severas e Desmatamento e a Câmara de Enchentes.

A comissão será presidida pelo Secretário de Estado de Meio Ambiente, com a participação de representantes de quase todas as secretarias do governo. Prevê também a possibilidade de convite para que o Ministério Público e outros Poderes do Estado do Acre, órgãos e entidades públicas de outros níveis federativos e entidades privadas, que tenham competências sobre o assunto participem da comissão.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Leia Também

Mais lidas