Conecte-se agora

Acidente na Estrada da Borracha, em Xapuri, deixa dois feridos

Publicado

em

O mau estado de conservação de vários trechos da rodovia AC-485, também chamada de Estrada da Borracha, que liga a sede do município de Xapuri à BR-317, pode ter sido a causa de mais um acidente de moto ocorrido no fim da manhã desta segunda-feira, 2, nas imediações da Fábrica de Preservativos Natex.

O acidente ocorreu quando o piloto de uma motocicleta Honda CG Titan, Odirley Diogo da Silva, 42, perdeu o controle do veículo após um dos pneus ter estourado, caindo numa das laterais da estrada. Ele levava o sobrinho, Ney Roberto Monteiro Júnior, 16, para fazer uma radiografia na cidade de Brasiléia.

As duas vítimas deram entrada no hospital Epaminondas Jácome, por volta das 11 horas da manhã, onde receberam os primeiros atendimentos. Odirley Diogo teve constatada uma fratura de clavícula, além de escoriações. O garoto Ney Roberto, que já tinha uma fratura em um dos dedos, teve machucaduras pelo corpo e reclamava de dores. 

Até o fechamento dessa matéria, ambos aguardavam o retorno da única unidade do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) disponível no hospital de Xapuri para serem transferidos ao Pronto Socorro de Rio Branco. Logo após resgatar as vítimas no local do acidente, a viatura se deslocou à capital acreana com uma grávida apresentando complicações de parto.

O acidente chama a atenção para as más condições da rodovia estadual em diversos trechos, o que vem ocasionando vários acidentes nos últimos meses. No local onde a motocicleta perdeu o controle e caiu, há uma enorme cratera onde outros incidentes envolvendo carros e motocicletas já ocorreram. 

Asfaltada durante o primeiro mandato do então Governador Jorge Viana (PT), a AC-485 começou a apresentar problemas em determinados pontos cerca de 10 anos após a obra. Na maior parte dos 12 quilômetros de extensão o estado da rodovia é bom. Há, no entanto, pelo menos seis lugares em que existem buracos bastante perigosos para o tráfego de veículos.

Os maus serviços de recuperação a que a rodovia foi submetida nos últimos anos, fez com que um motorista fosse indenizado pelo Estado, em 2018, por danos morais no valor de R$ 5 mil e materiais em R$ 6.440, depois de sofrer um acidente causado pelos buracos existentes na Estrada da Borracha. Na sentença, juiz de Xapuri Luís Gustavo Alcalde Pinto ressaltou que houve falha no serviço prestado pelo Departamento de Estradas de Rodagem Infraestrutura Hidroviária e Aeroportuária do Acre (Deracre) “decorrente da ausência de manutenção das vias públicas, bem como de sinalização de existência de buraco onde ocorreu o evento, representando evidente risco de danos a terceiros”.

Nos últimos meses, a Prefeitura de Xapuri tem realizado serviços paliativos de recuperação nesses pontos, usando tijolos e cimento. Questionado a respeito da situação da rodovia, há cerca de dois meses, no programa Fale com o Governador, da Rádio Aldeia FM de Rio Branco, em cadeia com emissoras do Sistema Público de Comunicação, o governador Gladson Cameli respondeu que já há planejamento para a recuperação da Estrada da Borracha, mas apenas para 2020.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas