Conecte-se agora

Queimadas no Acre já são as maiores em 7 anos, diz Inpe

Publicado

em

As queimadas registradas no Acre em 2019 já são as maiores dos últimos sete anos. De acordo com o boletim de situação diária do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) de 1º de janeiro até o dia 30 de agosto são 3.322 focos de calor detectados no Estado, número superior ao do ano de 2013 inteiro -até então o maior da série de sete anos.

De toda sorte, quando observado o boletim diário, os focos de calor registrados neste sábado (31) são em número menor que os do dia 30: 104 contra 295.

O Acre está sob Garantia da Lei e da Ordem (GLO) ambiental. Homens das Forças Armadas apoiam o enfrentamento às queimadas no Estado.

Depois de visitar regiões afetadas pelos incêndios na Amazônia na última sexta-feira (30), o ministro da Defesa, Fernando Azevedo Silva, concluiu que um trecho do Acre e o sul do Pará são as áreas mais preocupantes.

Segundo o ministro, com a expectativa de chuva na região a partir de meados de setembro, a crise deve amenizar. “Mas a situação está sob controle”, disse ele, segundo os jornais sulistas.

Propaganda

Acre

Calegário é convidado a sair da reunião da base do governo

Publicado

em

Pode se dizer que o deputado Fagner Calegário (sem partido) entrou de gaiato no navio. É que ele chegou no meio da reunião dos deputados da base com o vice-governador Major Rocha e o secretário de Articulação, Alisson Bestene. Por não fazer parte do bloco e não ter cargos no governo, ele foi convidado a deixar o ambiente.

A saída de Calegário se deu sem traumas. Alisson Bestene o chamou, colocou o braço no ombro e disse que precisava tratar de um assunto importante lá fora. Calegário respondeu que estava “entendendo tudo” é foi embora.

Continuar lendo

Acre

Bestene bate na mesa e declara que está rompido com Gladson

Publicado

em

O encontro a portas fechadas entre o vice-governador, Major Rocha, o secretário de articulação Alisson Bestene e o líder do governo Luis Tchê com deputados revoltados com a perda de cargos está na base de tapas na mesa.

Pode-se ouvir claramente a voz do deputado José Bestene, do partido do governador, bastante revoltado. Por ele, a Mesa Diretora emite uma nota dura contra o governo e a base rompe o apoio.

Outros deputados também estão falando muito alto. Consideram uma falta de respeito a atitude do Executivo que concordou com a derrota dos vetos, mas reagiu de outra forma no dia seguinte.

Transtornado, Bestene abandonou a sala de reunião sem falar com a imprensa. Questionado na saída do elevador, o parlamentar afirmou: “estou rompido com esse governo”.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.