Conecte-se agora

Conheça a história de Cleiton Silva, o salgadeiro que faz a coxinha mais gostosa do Acre

Publicado

em

Cada um com suas emoções, metas, decepções e realizações. A história que o ac24horas mostra nesta semana é um misto de tudo isso, e é contada pelo próprio autor, Cleiton Silva, menino pobre da cidade de Sena Madureira, que desde os dez anos de idade alimenta o sonho de ser famoso, reconhecido pelo suor de seu próprio esforço.

Bastou cinco minutos de conversa para nosso personagem começar a chorar de alegria e falar das conquistas que o fazem acordar todos os dias bem cedo e começar o trabalho antes mesmo de um dos quatro funcionários chegar.

Ele diz que as imagens da época que vendia salgados numa bicicleta cargueira não saem de sua mente, que talvez sejam elas a sua grande força e que lhe dão a certeza de que um dia será conhecido no Brasil inteiro.

De fato, a lanchonete simples no Bairro Manoel Julião não chama atenção pela beleza, e talvez por isso, quem ainda não conhece os salgados vendidos ali não compreenda a quantidade e o porquê de tanta gente que pára por lá todo os dias.

Conheça essa história marcante:

video

Propaganda

Destaque 4

“O sucesso do estado está com vocês”, diz Gladson Cameli na Federação das Industrias

Publicado

em

Realizado na FIEAC, na última sexta-feira, 8 de novembro, o 2º Encontro de Empresas Acreanas para o Comércio Exterior contou com a participação do governador Gladson Cameli, que debateu com empresários sobre as dificuldades do setor produtivo local. O evento teve por objetivo esclarecer requisitos para empresas acessarem o mercado exterior e detalhar programação e ações a serem desenvolvidas pela proposta da Rede de Negócios Comex, que vem sendo conduzida pela FIEAC, Sebrae, Fecomércio, Faeac, Federacre, Acisa e Seict.

A ideia é preparar um grupo de empresas que tenha interesse em desenvolver negócios com importação ou exportações, provendo capacitações e ações para divulgação de produtos, orientações e assessoria técnica. De acordo com o assessor de Relações Institucionais da FIEAC, Assurbanipal Mesquita, a Rede de Negócios Comex pretende ajudar o setor empresarial para que ele consiga se organizar, trabalhar e divulgar seus produtos para fora do estado – seja dentro do próprio país ou em países vizinhos.

“No portal do Observatório do Fórum Permanente do Desenvolvimento, os principais produtos que o Acre exporta são castanha, madeira e carne bovina. E os maiores compradores do Acre são Hong Kong, Peru e Bolívia. Existe um mercado em nosso entorno e temos que saber como aproveitar e trabalhar melhor isso”, informou. Ainda durante a reunião foi apresentada uma amostra de produtos acreanos, que possuem potencial para negócios.

O governador Gladson Cameli agradeceu a oportunidade de participar do Encontro, aproveitando a ocasião para relatar sobre a viagem que fez à China na comitiva do presidente da República, Jair Bolsonaro. De acordo ele, os chineses estão interessados na Zona de Processamento de Exportação (ZPE) do Acre.

“Eu quero que a gente cresça e gere emprego. E, para mim, o que importa é que a ZPE tenha utilidade, que a gente valorize a nossa mão de obra, gere riqueza para a nossa economia. Não dá para ter uma ZPE dessas parada. Não dá para ter a Peixes da Amazônia parada. Precisamos dizer que estamos vivos e preparados para ter esse intercâmbio comercial. O governo tem a humildade de reconhecer que precisa das federações representativas do setor produtivo. O sucesso do estado está com vocês. Eu sou parceiro”, garantiu Gladson.

Para o presidente da FIEAC, José Adriano, a presença do governador no evento representa uma vitória para o setor empresarial. “Ficamos muito felizes pelo fato do governador Gladson Cameli ter atendido ao nosso chamado e que ele está em sintonia com aquilo que sonhamos para o desenvolvimento do estado. Não conseguiremos ir longe sozinhos e o apoio do governo é preponderante, já que todos temos o mesmo objetivo”, comemorou o empresário.

Continuar lendo

Cotidiano

Grupo Recol lança programa Trainee 2020 e oferece oportunidade para desenvolver líderes

Publicado

em

Sabendo o quão importante é poder contar com um programa eficiente em gestão de recursos humanos dentro das empresas, o Grupo Recol valoriza um quadro de colaboradores totalmente qualificado, por isso sempre está em busca de criar e projetar novos talentos. Desta vez, a Gestão de Talentos lançou mais um produto de desenvolvimento, o Programa ‘Trainee 2020’. Uma seleção voltada para formação de líderes. A ideia é recrutar talentos da região para que futuramente ocupem cargos de liderança nas empresas integradas.

A proposta é garimpar jovens diferenciados, proativos, com alto potencial de desenvolvimento, espírito de liderança, orientação nata para resultados e com intensa energia competitiva. Com duração de dois anos, o programa, que é semelhante a um ‘programa de estágio’, oferece 4 vagas e vai selecionar pessoas proativas, comprometidas com a qualidade do trabalho, focadas no negócio, que sejam obstinadas por resultados, tendo um perfil de gostar de superar desafios diariamente, almejando crescimento e sucesso dentro das empresas relacionadas.

Rafael Giupponi, responsável pela Gestão de Talentos do Grupo, diz que todo trabalho deste setor é executado através do desenvolvimento dos programas de aprendizes, estagiários e trainees.

“O Grupo Recol hoje é referência no mercado por valorizar essa política de liderança. Trabalhamos para projetar pessoas e simultaneamente as empresas integradas ganham projeção. O Programa Trainee é importante porque conseguimos formar profissionais com conhecimento dos nossos negócios, podendo futuramente posicionar eles para assumirem cargos de liderança nas empresas do Grupo. Descobrir novos talentos e desenvolvê-los é um dos nossos pilares”, explica.

Para participar da seleção os candidatos precisam ter sido graduados no período de dezembro de 2017 a dezembro de 2019 nos cursos de Administração, Logística, Economia e Engenharia (com coeficientes de rendimento igual ou superior a 7). As inscrições podem ser feitas através do envio do Currículo Vitae juntamente com histórico acadêmico para o e-mail [email protected]

O processo seletivo será composto por duas etapas: on-line e presencial, por esta razão é importante que os candidatos estejam atentos aos contatos telefônicos e via e-mail.

Mas o que vão fazer os trainees selecionados?

Após todo processo, os trainees vão trabalhar na área de gestão, desenvolvendo projetos de melhoria, redesenhando processos, gerenciando rotinas, gerindo projetos e planejamento estratégico, tudo isso, atuando nas empresas do Grupo Recol. Além disso, os selecionados terão que estar disponíveis com flexibilidade de horários e possíveis viagens.

As inscrições podem ser feitas a partir de 11 a 15 de novembro, através do envio do Currículo Vitae juntamente com histórico acadêmico para o e-mail [email protected]

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.