fbpx
Conecte-se agora

O bom gestor se conhece na pindaíba 

Publicado

em

A abertura de um concurso público na prefeitura de Cruzeiro do Sul para a contratação de 511 servidores efetivos é uma mostra de que, quando um gestor planeja as suas ações, suplanta qualquer crise econômica. O caso se aplica ao prefeito Ilderlei Cordeiro. Pegou uma prefeitura quebrada, sem uma estrutura administrativa eficiente, e teve que enfrentar a ira da opinião pública nos dois primeiros anos de governo até conseguir hoje ter uma prefeitura gastando com os servidores abaixo do teto permitido pela Lei de Responsabilidade Fiscal, o que permitiu fazer o anunciado concurso. Essa reorganização da máquina municipal deve-se muito a chefe do Gabinete Civil, Idelcleide Cordeiro, que deixou a prefeitura adimplente e enxuta. O mais importante é que a prefeitura no futuro não terá mais que fazer os contestados contratos provisórios, pois terá um quadro próprio de servidores. É salutar nestes tempos bicudos de poucos recursos, a gente assistir a um prefeito do interior fazendo uma gestão moderna e eficiente. Não há mais lugar na administração pública para o improviso, para o amadorismo, para a falta de planejamento e para gestores incompetentes. Os tempos são outros.

O CANTO DOS DESAFINADOS

O MDB precisa contratar um professor de canto orfeônico para os seus dirigentes. O presidente do MDB, deputado federal Flaviano Melo (MDB) se diz aberto a um diálogo com o PCdoB, para disputar a prefeitura da capital. O deputado Roberto Duarte (MDB) diz ser impossível. Um canta samba e o outro, uma ópera. Acaba por virar a cantoria dos desafinados.

 COMERAM NA MESMA GAMELA

O MDB não cometeria heresia numa aliança com os comunistas. O PCdoB teve até secretário no governo Flaviano Melo, o Manoel Pacifico. O vice do ex-prefeito Cleidson Rocha (MDB), em Mâncio Lima, era PCdoB. Ou seja: emedebistas e comunistas já comeram na mesma gamela. 

QUAL O PROBLEMA

Não creio que haverá a composição PCdoB-MDB. Se houvesse, qual o problema? O PCdoB ser oposição? Ora, ora, dona Aurora, ninguém faz mais oposição na ALEAC ao governo do Gladson Cameli que o deputado Roberto Duarte (MDB). Algum dúvida acerca deste assunto?

FIM DO CALOTE

Mais um calote do governo do PT nos servidores será pago pelo atual governo. Primeiro, o Gladson iniciou o pagamento atrasado do 13º salário recebido de herança. E agora vai quitar indenizações de ex-secretários e ocupantes de cargos de confiança da gestão anterior.

SÓ PODE ESTAR BRINCANDO

O deputado federal Flaviano Melo (MDB) só pode estar brincando quando diz que o Gladson  apoiará Roberto Duarte (MDB) para prefeito de Rio Branco, por ser o MDB um partido que lhe dará “segurança”. Que Segurança! Ninguém bate mais no Cameli na ALEAC do que o Duarte.

NÃO SOU CABO-ELEITORAL

Sobre a eleição municipal do próximo ano quero deixar bem claro que este BLOG vai registrar fatos da campanha e dos candidatos majoritários, não importando se alguém vai gostar ou não dos comentários. Afinal, eu não sou cabo-eleitoral, apenas um jornalista da área política.

ALGUÉM SABE INFORMAR?

Alguém por acaso sabe me informar o que produzem de positivo para o governo os diretores da secretaria de Articulação Política, além de receberem mensalmente seus polpudos salários?

EQUIVALENTE NA RUINDADE

O Gladson corre célere na direção do seu 1º Ano de governo e não conseguiu engrenar para prestar um serviço de qualidade na Saúde, prometido na campanha. A secretária Mônica Feres não disse ainda o que veio fazer. O atendimento está tão ruim como no governo passado.

CONFESSO QUE DESCONHEÇO

Nada contra a pessoa da secretária de Saúde, Mônica Feres, neste campo tem o meu respeito, só não posso é registrar que fez algo que mudou a cara da Saúde, pelo fato de desconhecer.

CASA DE FERREIRO, ESPETO DE PAU

Vejo comentários de petistas de que é obrigação do governo pagar em dias os seus servidores. Só que, os que comentam não falam que não pagaram o 13º dos funcionários. A revolta é natural, pregaram na campanha que nos primeiros meses o Gladson atrasaria o pagamento.

AINDA NÃO PULARAM DO PALANQUE?

A eleição acabou, aos vencedores, as batatas, e aos perdedores o ostracismo político. Quem foi derrotado tem que esperar 2022 e combinar com o eleitor para tentar voltar ao poder. Essa choradeira diária não vai mudar o resultado da última campanha. Não pularam do palanque?

FIM DA ERA DA SUCATA

Enfim, os funcionários da Difusora Acreana tiveram o que comemorar nos 75 anos da emissora. A secretária Silvânia Pinheiro recebeu a rádio sucateada, com um transmissor sem potência, e em oito meses pôs em funcionamento um transmissor de 10 quilos de potência. 

PODE PARECER FÚTIL, MAS GERA SIMPATIA

O governador Gladson Cameli dançar com um robô na EXPOACRE, tomar banho de mangueira com os Bombeiros Militares, dançar forró no Senadinho e música eletrônica numa formatura com os formandos, podem parecer atos fúteis, mas gera simpatia, lhe populariza, com certeza.

O JOGO DE EPITACIOLÂNDIA

Não subestimem o prefeito Tião Flores em 2020, ele sabe fazer política como poucos.

CANDIDATA Á REELEIÇÃO

Não tenho a menor dúvida de que a prefeita Socorro disputará a reeleição. Está bem na gestão e começa a fazer política. Não tem um nome melhor do que ela no seu campo ideológico.

COMEÇO, MEIO E FIM

Uma carreira política tem começo, meio e fim. O ex-deputado federal César Messias (PSB) já foi uma grande potência em Cruzeiro do Sul, mas sua carreira política está em declínio. Basta ver as últimas votações pífias no município. Por isso, não o vejo em 2020 no jogo sucessório.

METER A MÃO NO BOLSO, JAMAIS!

Ontem, ouvi um comentário de um empresário da imprensa bem relacionado com o César que bem o define: “O César não quis ser candidato a prefeito de Cruzeiro do Sul quando o PT estava no poder, vai querer ser agora fora do poder? O César meter a mão no bolso? Nunca!”.

NÃO SAIRÁ DESTE TABLADO

A eleição para prefeito de Cruzeiro do Sul não deve sair do tablado, tendo na disputa os grupos do prefeito Ilderlei Cordeiro e do ex-prefeito Vagner Sales. Não vejo outro grupo para assustar.

BEM DISPUTADA

A eleição para a prefeitura de Tarauacá deve ser bem disputada, com nomes como Lauro Benigno, Janaína Furtado, Tom Sérgio, Chiquinho R7, Rodrigo Damasceno, entre outros.

MASOQUISMO POLÍTICO

Ser candidato a prefeito de Tarauacá soa como sendo masoquismo, só pode ser, porque quem ganhar sabe que vai receber uma prefeitura quebrada, endividada, e uma cidade destruída.

NÃO É TOMAR DOCE DE CRIANÇA

Em Brasiléia, a oposição parece que começou a tomar um novo rumo, na busca de uma cara nova, de credibilidade, que possa unir todos os partidos do campo do governo, para disputar a prefeitura em 2020. Seja qual for o nome, derrotar a prefeita Fernanda Hassem não será fácil.

NOME NÃO ANUNCIADO

O ex-prefeito de Brasiléia, Aldemir Lopes, que coordena o soerguimento da oposição no município não revelou ainda com que nome vai disputar a prefeitura daquele município.

ARRUMOU A CIDADE

Goste-se ou não da prefeita Fernanda Hassem não se pode deixar de reconhecer que pegou uma cidade acabada e conseguiu tirar de Brasiléia a aura de uma cidade abandonada, às escuras, mas parecendo uma cidadela de filme de terror. E é extremamente política.

UM PROTESTO DE ABALAR O BRASIL

Um grupo pequeno de ambientalistas ligados ao PT foi às ruas da capital pedir a saída do ministro do meio ambiente Ricardo Salles. O ministro não deve ter dormido de preocupado. E com certeza, o Bolsonaro vai mandar exonerar o ministro para atender aos manifestantes. Cada uma!

FIM DO MOTE

Com as primeiras chuvas que começam a acontecer, acabará a bandeira das queimadas. 

SIMPLES MORTAL

A ex-BBB Gleici não tem nada que aparecer chorando na sua página da internet porque foi registrada no ac24horas a notícia que seu carro foi apreendido por estar com multas por excesso de velocidade e licenciamento atrasado. Ela se tornou uma figura pública.

 

   

 

Propaganda

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas