Conecte-se agora

Gleici afirma que internauta se aproveitou da situação e editou vídeo: “é um sacana!”

Publicado

em

Após acidente, Gleici Damasceno acompanhou vítima no Pronto-Socorro

Logo após o incidente envolvendo o ex-BBB Wagner Santiago na noite dessa segunda-feira, 19, onde o ciclista Francisco de Assis Almeida de Lima, de 38 anos, acabou atropelado pelo artista visual na região do bairro Aviário, em Rio Branco, Gleici Damasceno tratou de explicar a situação. Ao ac24horas, a acreana afirmou que o vídeo divulgado pelo internauta Hedislandes Gadelha, assessor do governador Gladson Cameli, foi editado.

“Foi um acidente. (…) Mas o cara [autor das imagens] chegou dizendo que o Wagner tinha matado uma menina e ele ficou estressado. Quem não ficaria estressado de ser acusado de ter matado uma pessoa? Mas essa parte do vídeo ele não publicou porque ele é um sacana”, retrucou Gleici.

Conforme afirmações de Damasceno, a situação pode ter sido distorcida ao ganhar, amplamente, as redes sociais. “Estávamos esperando a perícia chegar e ele [Hedislandes] chegou lá querendo gritar, filmar, se aproveitou da situação. Ele que é um sacana, quis se aproveitar de uma situação. Biscoiteiro!”, desabafou.

Gleici não estava no carro no momento do acidente. Ela estava com a mãe, próximo do local em que o incidente aconteceu. Após a chegada da perícia, Wagner passou pelo teste do bafômetro e o resultado apontou negativo para consumo de álcool. O ex-casal está no Acre gravando cenas de um filme local.

Gleici: ‘vídeo foi editado’

A também ex-BBB garante que o vídeo publicado na internet foi editado pela pessoa que filmou a cena após o acidente. “Ele editou, com certeza, pois ele cortou a parte que ele fala que o Wagner tinha matado uma menina. Quem não iria se estressar ao ouvir isso, sendo que não é verdade?”, pontou Damasceno.

Em determinado momento do vídeo, Gleici aparece tentando conversar com Gadelha, pedindo compreensão para que a placa de seu carro não fosse filmada. Em sua conta no Instagram, Wagner disse que se incomodou ao ouvir as supostas acusações de que teria matado uma pessoa e que o internauta fez sensacionalismo com o caso.

Gleici e Wagner seguiram para o hospital para acompanhar a vítima, que deu entrada no pronto-socorro apenas com leves escoriações. No PS, o advogado Oly Duarte, figura conhecida nas gestões da Frente Popular do Acre (FPA), fez companhia aos ex-bbb’s.

Veja o vídeo:

Propaganda

Acre

Calegário é convidado a sair da reunião da base do governo

Publicado

em

Pode se dizer que o deputado Fagner Calegário (sem partido) entrou de gaiato no navio. É que ele chegou no meio da reunião dos deputados da base com o vice-governador Major Rocha e o secretário de Articulação, Alisson Bestene. Por não fazer parte do bloco e não ter cargos no governo, ele foi convidado a deixar o ambiente.

A saída de Calegário se deu sem traumas. Alisson Bestene o chamou, colocou o braço no ombro e disse que precisava tratar de um assunto importante lá fora. Calegário respondeu que estava “entendendo tudo” é foi embora.

Continuar lendo

Acre

Bestene bate na mesa e declara que está rompido com Gladson

Publicado

em

O encontro a portas fechadas entre o vice-governador, Major Rocha, o secretário de articulação Alisson Bestene e o líder do governo Luis Tchê com deputados revoltados com a perda de cargos está na base de tapas na mesa.

Pode-se ouvir claramente a voz do deputado José Bestene, do partido do governador, bastante revoltado. Por ele, a Mesa Diretora emite uma nota dura contra o governo e a base rompe o apoio.

Outros deputados também estão falando muito alto. Consideram uma falta de respeito a atitude do Executivo que concordou com a derrota dos vetos, mas reagiu de outra forma no dia seguinte.

Transtornado, Bestene abandonou a sala de reunião sem falar com a imprensa. Questionado na saída do elevador, o parlamentar afirmou: “estou rompido com esse governo”.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.