Conecte-se agora

Caixa e Banco do Brasil iniciam pagamento de cotas do PIS/Pasep

Publicado

em

A partir da próxima segunda-feira (19),  inicia-se o calendário de disponibilização dos recursos Programa de Integração Social (PIS) e do Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep). Neste primeiro dia, os cotistas que possuem contas na Caixa Econômica Federal e no Banco do Brasil terão dinheiro depositado em conta corrente ou em poupança. Os demais cotistas poderão fazer os resgates conforme calendário divulgado pela Caixa e Banco do Brasil.

Essa liberação das cotas do PIS/Pasep foi feita por meio da Medida Provisória 889/2019, anunciada pelo governo no início do mês. Pela MP, também houve liberação de saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A liberação das cotas é diferente do pagamento anual do abono salarial. Esse pagamento do calendário 2019/2020 começou no final de julho.

No caso das cotas do PIS/Pasep, os recursos ficarão disponíveis para todos os cotistas, sem limite de idade. Diferentemente dos saques anteriores, agora não há prazo final para a retirada do dinheiro, lembrou o Ministério da Economia.

Segundo o ministério, as novas regras previstas pela MP facilitam ainda o saque para herdeiros, que passarão a ter acesso simplificado aos recursos, sendo necessário apresentar declaração de consenso entre as partes e a declaração de que não há outros herdeiros conhecidos.

Têm direito ao saque todos os cotistas da iniciativa privada cadastrados no PIS e servidores públicos cadastrados no Pasep até 4 de outubro de 1988.

O PIS e Pasep constituem um fundo único, cujo saldo pode ser sacado pelo trabalhador cadastrado entre 1971 e 4 de outubro de 1988 e que ainda não tenha retirado o valor total das cotas na conta individual de participação.

PIS beneficia 10,4 milhões

Serão disponibilizados para saque R$ 18,3 bilhões, referentes a 10,4 milhões de trabalhadores que possuem cotas do PIS. Para os cotistas que possuem conta corrente ou poupança na Caixa, os créditos serão realizados de forma automática.

O cotista que não é correntista da Caixa e tem idade a partir de 60 anos poderá realizar o saque das cotas do PIS a partir do dia 26 de agosto. Já os cotistas com até 59 anos e que não possuem conta no banco podem receber o benefício a partir do dia 2 de setembro.

Cronograma de pagamento PIS
Cronograma de pagamento PIS – Divulgação/Ministério da Economia

 

Os saques das cotas do PIS com valor até R$ 3 mil podem ser feitos com o Cartão do Cidadão e a senha Cidadão nos terminais de autoatendimento, nas unidades lotéricas e correspondentes Caixa Aqui, com documento de identificação oficial com foto. Os valores acima de R$ 3 mil e de cotistas que não possuem Cartão do Cidadão e senha devem ser sacados nas agências, mediante apresentação de documento oficial de identificação com foto.

O beneficiário legal, na condição de herdeiro, pode comparecer a qualquer agência da Caixa portando documento oficial de identificação com foto e outro que comprove sua condição de sucessor para realizar o saque.

O representante legal do cotista está apto a retirar o saldo, mediante procuração particular, com firma reconhecida, ou por instrumento público que contenha outorga de poderes para solicitação e saque das Cotas do PIS.

Para atender aos trabalhadores com direito a cotas do PIS, a Caixa disponibilizou o site www.caixa.gov.br/cotaspis, onde é possível consultar o direito às cotas, além de valores, cronograma e locais mais convenientes para o saque.

O cotista também pode acessar as informações pelo aplicativo Caixa Trabalhador, pelo telefone 0800 726 0207, terminais de autoatendimento, por meio do Cartão do Cidadão e agências da Caixa. Os correntistas do banco podem utilizar o Internet banking Caixa, na opção “Serviços ao Cidadão”.

Como sacar o Pasep

Os cerca de 30 mil cotistas do Pasep que possuem conta corrente ou poupança no BB terão o depósito feito automaticamente nesta segunda-feira (19), à noite.

Os cotistas clientes de outras instituições financeiras, com saldo de até R$ 5 mil, poderão transferir o saldo da cota via Transferência Eletrônica Disponível (TED), sem nenhum custo, a partir de terça-feira (20). A opção de TED disponibilizada pelo BB pode ser realizada tanto via internet, pelo endereço eletrônico www.bb.com.br/pasep, quanto pelos terminais de autoatendimento.

Os demais cotistas, assim como herdeiros e portadores de procuração legal, poderão realizar os saques diretamente nas agências do BB, a partir do dia 22 de agosto, quinta-feira próxima. Ao todo, estão disponíveis para saque R$ 4,5 bilhões pertencentes a 1,522 milhão de cotistas.

Cronograma de pagamento Pasep
Cronograma de pagamento Pasep – Divulgação/Ministério da Economia

 

O beneficiário legal, na condição de herdeiro, pode comparecer a qualquer agência do Banco do Brasil portando documento oficial de identificação e outro que comprove sua condição de sucessor para realizar o saque.

Também está apto a retirar o saldo o representante legal do cotista, mediante procuração particular, com firma reconhecida, ou por instrumento público que contenha outorga de poderes para solicitação e saque de valores.

Para o participante saber se tem direito às cotas, basta acessar o portal www.bb.com.br/pasep. As soluções de consulta e saque da cota para envio de TED também estão disponíveis nos terminais de autoatendimento do BB. O cotista ainda pode obter informações por meio da Central de Atendimento BB pelos telefones 4004 0001 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 729 0001 (demais localidades).

Propaganda

Cotidiano

LATAM e Gol reduzem preços das passagens após Azul anunciar retorno de voos no Acre

Publicado

em

As companhias Gol e LATAM reduziram os preços das passagens aéreas nos voos do Acre em resposta à decisão da Azul de retomar os voos no estado a partir de abril de 2020, conforme o ac24horas divulgou com exclusividade no dia na quinta-feira (12/09). A redução é uma estrategia de Gol e LATAM para melhor sua imagem no estado em função dos valores altos dos bilhetes aéreos praticados no Acre. Na promoção da Gol deste final de semana é possível comprar passagens de ida e volta  por apenas R$ 270 nos voos de Rio Branco para Cruzeiro do Sul. (Confira na imagem abaixo).
Os passageiros do Cruzeiro do Sul também podem comprar os bilhetes de ida e volta para Rio Branco por apenas R$ 270. As taxas de embarques estão incluídas neste valor e você pode parcelar as passagens em 12 vezes sem juros. A Gol está vendendo os bilhetes de ida e volta de Rio Branco para Brasília, em voo direto, por apenas R$ 436. Na promoção da LATAM você viaja de Rio Branco para São Paulo pagando pelas passagens de ida e volta apenas R$ 588.
Os outros destaques são as passagens de ida e volta de Rio Branco para Manaus por R$ 705,06 em voo direto da Gol. Já os bilhetes de ida e volta da capital acreana para o Rio de Janeiro estão disponíveis por apenas R$ 988. De Rio Branco para Porto Velho você viaja pagando pelas passagens de ida e volta R$ 800,18. Quem está nestas cidades pode viajar para o Acre pagando o mesmo valor.
Neste final de semana você pode garantir as passagens aéreas baratas e ainda hospedagem com descontos de até 40%. As duas promoções acabam exatamente às 8 horas de segunda-feira (16/09), mas não perca tempo. O número de assentos e de quartos de hotéis com descontos é limitado e pode acabar a qualquer momento. Boa viagem!

GARANTA AQUI HOSPEDAGEM COM DESCONTO QUE PODE CHEGAR A 40%

REGRAS DA PROMOÇÃO: As ofertas estão disponíveis para viagens entre os meses de setembro, outubro, novembro e dezembro de 2019, exceto nos feriados deste período. Os preços citados neste texto são por pessoa e estão com as taxas de embarques incluídas. O número de assentos promocionais é limitado. Por isso, os preços podem sofrer alterações quando você for pesquisar. A compra das passagens poderá ser feita até às 8 horas de segunda-feira (16/09).

Passagens de ida e volta com taxas incluídas nos voos do Acre

FONTE: TUDO VIAGEM

Continuar lendo

Destaque 6

Inflação em Rio Branco é a segunda maior em 12 meses

Publicado

em

Chegando a 3,80% em agosto, a inflação acumulada nos últimos doze meses no Acre é a 2ª maior entre as capitais, perdendo apenas para a de Fortaleza, que registrou 4,43% no período.

Os números foram divulgados na manhã desta sexta-feira (6) pelo IBGE. O Índice de Preços ao Consumidor (IPCA) é calculado pelo IBGE desde 1980, se refere às famílias com rendimento monetário de 01 a 40 salários mínimos, qualquer que seja a fonte, e abrange dez regiões metropolitanas do país, além dos municípios de Goiânia, Campo Grande, Rio Branco, São Luís, Aracaju e Brasília.

Para o cálculo do índice do mês, foram comparados os preços coletados de 30 de julho a 27 de agosto de 2019 (referência) com os preços vigentes entre 29 de junho e 29 de julho de 2019 (base).

De janeiro a agosto deste ano, a inflação em Rio Branco tem saldo de 1,76%. Ou seja: os preços dos produtos básicos mantém tendência de aumento em 2019. Segundo a pesquisa do IBGE, habitação e energia elétrica (talvez por conta das seguidas bandeiras vermelhas na conta de luz) pesaram mais na inflação das capitais.

Custo da construção civil subiu 6,50% no Acre no último ano

O metro quadrado da construção civil em agosto no Acre ficou em R$1271,62, segundo o IBGE. No acumulado de um ano, esse valor subiu 6,30%, entre os maiores reajustes do País levando em conta os últimos doze meses e a desoneração da folha de pagamento das empresas construtoras.

O custo do m² no Acre é o 2º mais alto do País, perdendo para Santa Catarina.

No País, o Índice Nacional de Construção Civil que em julho fechou em R$ 1.143,65, passou para R$ 1.148,65 em agosto, sendo R$ 602,23 relativos aos materiais e R$ 546,42 à mão de obra. A parcela dos materiais cresceu 0,72%, subindo 0,25%. em relação a julho (0,47%) e 0,15% na comparação com agosto de 2018 (0,57%).

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.