fbpx
Conecte-se agora

Progressista parece a casa da Noca ou da Joana!

Publicado

em

“Casa-da-mãe-joana é uma expressão de língua portuguesa que significa o lugar ou situação onde vale tudo, sem ordem, onde predomina a confusão, a balburdia e a desorganização. Sua origem remonta ao século XIV”. É o que está acontecendo com o Progressista. Disputas de poder, rachas e contendas no governo, principalmente na Saúde e Assembleia Legislativa.

A situação gravou-se ainda com o confronto que saiu dos bastidores para campo aberto entre o deputado José Bestene e o governador Gladson Cameli. Na tribuna, Bestene tem criticado duramente a política de Saúde comandada pela secretária Mônica Feres, escolha pessoal de Gladson em substituição a Alysson Bestene.

Para engrossar o caldo, os grupos políticos dos deputados Gerlen Diniz e Nicolau Junior (presidente da Aleac) também estão em rota de colisão no parlamento. O angu esquentou quando Bestene passou a denunciar os tais parasitas que fazem o leva e traz para o governador. Gerlen rebateu dizendo que os parasitas são cargos em comissão que querem extorquir empresários, referindo-se a questões da Secretaria de Saúde.

A mistura do caldo grosso com o angu piorou com a pimenta malagueta colocada por conta das eleições municipais. O Progressista, mesmo estando no poder, busca candidatos fora dos quadros do partido como, por exemplo, o deputado federal Alan Rick (DEM), do ex-prefeito Tião Bocalom (PSL) e até o ex-reitor Minoru Kinpara, que está se mudando para o ninho tucano, chegou a ser cogitado. Como diz o ditado: “Quem não sabe onde vai, qualquer porto serve”.

Propaganda

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Leia Também

Mais lidas