Conecte-se agora

Tchê e Jenilson trocam acusações na tribuna; Gerlen e Bestene travam guerra sobre “parasitas no governo”

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE

Ao defender o governo Gladson Cameli (Progressista) das críticas feitas pelo deputado Jenilson Leite (PSB), à situação da Saúde o líder do governo, Luís Tchê, criticou o governo petista passado afirmando que o hospital regional de Brasiléia foi inaugurado, mas não funcionou. Foi interrompido em à parte pelo deputado Jenilson que lembrou a Tchê, “eu e o senhor deputado Tchê, estávamos lá na Frente Popular no governo passado, o senhor hoje é o líder do atual governo, mas não vou deixar passar uma situação dessas”.

Tchê rebateu Jenilson ironizando que ele já trocou o PCdoB pelo PSB cujo único parlamentar que o partido tem, Manoel Morais, é da base e vota com o governo. “O senhor já fez a troca e está se chegando devagarinho”. Para ele, o governador Gladson Cameli está fazendo todo esforço para melhorar as condições do Estado.

GERLEN DIZ QUE “PARASITAS” SÃO OS QUE ESTÃO NO GOVERNO PARA EXTORQUIR EMPRESÁRIOS

Enquanto o deputado Bestene insinua que os parasitas estão no parlamento fazendo o leva e traz para o governador Gladson Cameli, o seu colega de partido Gerlen Diniz alfineta dizendo que, “os parasitas são os que estão no governo tentando extorquir dinheiro de empresários locais. Ele voltou a rebater também o deputado Jenilson afirmando que, “um governo que atrasou salários e o 13º salário não tem moral para criticar nada”.

Propaganda

Acre

Médicos denunciam que governo do Acre não pagou salário

Publicado

em

Os médicos que foram contratados recentemente por meio do último processo seletivo realizado pelo governo do estado não ficaram nada satisfeitos com o que caiu em suas contas.

A bronca, segundo um dos médicos contratados e que prefere não ter o nome divulgado, é que o valor do salário está abaixo do que especifica o edital.

“Esse processo seletivo já veio com ajuste nos nossos salários, mas esse ajuste não caiu na conta dos médicos. Até agora ninguém deu nenhuma explicação”, afirma.

Há relatos de profissionais que também não receberam o décimo terceiro salário proporcional como determina a lei.

O último processo seletivo realizado pelo governo do Acre contratou mais de 200 médicos de forma temporária para substituir os profissionais que eram contratados por meio de contratos emergenciais e que o término causou a falta de médicos em várias especialidades, atrasando cirurgias e atendimentos especializados.

O ac24horas procurou Carmem Sílvia Nogueira de Sousa, Chefe do RH da Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre), que confirmou a informação. Afirmou ainda que o erro foi identificado e que os médicos vão receber a diferença já no próximo mês. “Quando os novos médicos ingressaram no sistema, a nova tabela de vencimentos não estava atualizada. O que vamos é agora no pagamento de dezembro pagar o valor correto e pagar também a diferença do que não foi recebido pelos profissionais no mês de novembro”, explicou.

Continuar lendo

Acre

Homem é encontrado morto após cair de motocicleta na BR-364

Publicado

em

Um homem identificado como Antonio Claudio de Oliveira Silva, foi encontrado morto na altura do km 7 da BR-364, sentido Sena Madureira a Rio Branco, na tarde desta sábado (14). Uma equipe do corpo de bombeiros esteve no local e en caminhou o homem ao hospital para os procedimentos de praxe.

O Tenente bombeiro Gustavo Marinho, que passou no local disse que o homem estava caído na lateral da estrada. “A vítima já estava com ausência de pulso carotídeo, parada cardiorrespiratória, foi realizada a tentativa de reanimação, mas não houve êxito”, lamentou o oficial.

Segundo consta, o mesmo estava trafegando em uma moto tipo Pop 100 vermelha, da marca Honda. Não há vestígios de que ele tenha sido atingido por outro veículo. Tudo indica que o condutor tenha caído sozinho. Testemunhas afirmaram que não sentiram odor de bebida alcoólica no mesmo.

Pelas fotografias é possível notar um sangramento no rosto do homem que estava trajando uma calça jeans e botas.

Por Aldejane Pinto, do grupo radar 104

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas