Conecte-se agora

Governo estuda contrair empréstimo de R$ 189 milhões

Publicado

em

O governo do Acre estudar contrair mais um empréstimo para quitar a dívida de R$ 189 milhões com precatórios. A informação foi confirmada pela Secretária de Fazenda, Semiramis Plácido, na manhã desta desta segunda-feira, 12, ao ser contactada pelo ac24horas. “Ainda estamos estudando. Não tem nada definitivo”, resumiu a gestora sem dar mais detalhes sobre a possível operação de crédito.

Com dificuldades financeiras para pagar credores e restos a pagar da gestão passada, o governo de Gladson Cameli enfrentou uma saia justa em junho deste ano quando o Tribunal de Justiça do Acre bloqueou quase R$ 15 milhões das contas do Estado para quitar parcelas da dívida.

O impasse envolvendo o executivo e o judiciário foi ocasionado devido a atual gestão não ter apresentado um plano de pagamento ou calendário para ser feito aos repasses ao Tribunal que gerencia o pagamento dos credores do Estado e com isso a Corte foi obrigada a tomar as devidas providências. Como o pagamento foi feito, o bloqueio dos recursos do Fundo de Participação do Estados (FPE) foi suspenso pelo Tesouro Nacional. De acordo levantamento do TJ, o Estado do Acre deve atualmente mais de R$ 189 milhões em precatórios.

O ac24horas apurou que em 2017 o governo do Acre na gestão do PT já havia realizado uma primeira operação de crédito para quitar os precatórios acessando os famigerados depósitos judiciais, manobra que causou bastante polêmica na época, mas o saldo total não foi pago. A dívida total projetada para 2020 é de R$ 213 milhões.

Uma emenda constitucional promulgada em 2017 deu aos governos estaduais prazo até o fim de 2024 para quitar o passivo dos precatórios e determinou que a União disponibilizasse uma linha de crédito subsidiada para quitar o saldo remanescente. O Rio Grande do Sul é dono da segunda maior dívida de precatórios, totalizando R$ 10,5 bilhões. Em São Paulo (Somando Estado e Município), o estoque passa dos R$ 23 bilhões. No conjunto, só os Estados devem R$ 71,7 bilhões.

Propaganda

Destaque 6

Bolsonaristas começam a sair do PSL à espera do Aliança Pelo Brasil

Publicado

em

Bolsonaristas do Acre já começaram a sair do Partido Social Liberal, o PSL, do qual o presidente Jair Bolsonaro também se desfiliou para fundar o Aliança Pelo Brasil, sua nova agremiação política.

Um dos nomes conhecidos que deixou o PSL é o do ex-defensor público Valdir Perazzo, bolsonarista convicto e declarado. “Filiei-me ao PSL quando o presidente Jair Bolsonaro, em 2018, optou por este partido para concorrer às eleições presidenciais do ano passado. Com o anúncio do Presidente, de que vai fundar outro partido, não tenho mais nenhuma razão para permanecer no PSL. Segui Bolsonaro, em cujas ideias acredito; não seguia o PSL”, disse.

Em se criando um novo partido de sustentação política do Presidente, Perazzo diz que sua tendência natural será em apoiar a agremiação que dará apoio ao governo que, segundo o acreano, tem mudado a realidade brasileira.

Outros se manifestaram de modo semelhante. O presidente Jair Bolsonaro está formando um novo partido para disputar a reeleição em 2020. Especialistas dizem que não será tarefa fácil, começando pelo processo de coleta de assinaturas dos novos filiados, que só pode ser pelo meio físico.

Continuar lendo

Destaque 6

Detran/Acre suspende CNH de mais de 150 motoristas infratores

Publicado

em

A Corregedoria do Departamento Estadual de Trânsito do Acre (DETRAN/AC) publicou quatorze Portarias de Nº (207/208/209/210/211/212/213/214/215) na manhã desta quinta-feira (21) no Diário Oficial do Estado (DOE) suspendendo o direito de dirigir de mais de 150 condutores no Acre. A Portaria tem efeito imediato.

Os condutores deverão apresentar os respectivos documentos de habilitação à Corregedoria do Detran/AC, quando então se dará início ao cumprimento da referida penalidade.

Os infratores estão impedidos de dirigirem veículos automotores, em todo território nacional, ficam advertidos de que a violação acarreta a cassação de habilitação.

Transcorrido o período de suspensão e comprovada a frequência a curso de reciclagem, os condutores poderão requerer a devolução de suas habilitações.

Para mais informações, clique aqui. 

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.