Conecte-se agora

Idosa de 68 anos tem casa arrombada, é estuprada e assassinada a pancadas

Publicado

em

A idosa Ângela Cortes de Moraes,de 68 anos, foi cruelmente estuprada e morta a pancadas na madrugada deste sábado (10) em uma residência na Rua Barão do Rio Branco, região Central do Distrito de Abunã, em Porto Velho (RO).

De acordo com testemunhas e a polícia, a idosa morava sozinha e durante a madrugada teria chamado um casal de vizinhos afirmando que um homem de prenome Caio estava batendo na porta da casa dela, tentando arrombar.

O casal de vizinhos teria olhado por todo o quintal da vítima, mas não viu nada, além de escutar latidos de cachorros.

Todos foram dormir, mas já ao amanhecer a idosa foi encontrada pela neta morta dentro de casa. Ela estava sem roupas, com sangramento nas partes íntimas e lesões pelo corpo.

A perícia verificou que a idosa foi morta com pancadas de um objeto contundente e teria sido estuprada. A Polícia Civil investiga o crime bárbaro.

FONTE: RONDONIAOVIVO

Propaganda

Cotidiano

Cerca de 10 mil pessoas são esperadas na Parada Gay de Rio Branco, que ocorre hoje

Publicado

em

A 14ª edição da Semana Acreana da Diversidade no Acre encerra neste domingo, 14, com a tradicional Parada do Orgulho LGBT, a ‘parada Gay’, nas ruas de Rio Branco. A organização espera um público de cerca de 10 mil pessoas. A concentração do evento começa às 15 horas, em frente ao Colégio de Aplicação, centro da capital. O término está previsto para as 21 horas, com shows de bandas e artistas locais, no Novo Mercado Velho.

Desde a última terça-feira, 11, são realizados encontros, palestras e oficinas voltadas ao combate à discriminação contra LGBT. Este ano, o evento é realizado de maneira colaborativa, com a proposta de arrecadação de R$ 1 e de um quilo de alimentos não perecível.

Os alimentos serão doados para instituições carentes da cidade e o dinheiro será usado para suprir os gastos com a Parada do Orgulho LGBT e da Semana da Diversidade.

Continuar lendo

Cotidiano

Sem patrocínio, campeãs de Taekwondo pedem ajuda para disputar torneio no ES

Publicado

em

Vida de atleta não é fácil! Liriel Dara e Luciana Silva, 17 anos e 26 anos, naturais de Rio Branco, que as diga. Elas usaram as redes sociais para pedir ajuda para disputar o Grand Slam de Taekwondo. O evento será realizado entre os dias 7 a 9 de fevereiro de 2020, no Espírito Santo.

Em entrevista ao ac24horas, Dara disse que a maior dificuldade para competir são os custos para sair do Acre. Mesmo sem patrocínio, elas conquistaram a classificação, no Open Norte, em Porto Velho.

Dara ficou em 1º lugar na Categoria Juvenil e a Luciana na Categoria adulto na categoria Kumite. As atletas lamentaram a falta de interesse dos empresários e instituições em incentivar o esporte e os talentos locais.

Elas pedem que àqueles que queiram ajudá-las a representar o Acre na disputa, entrem em contato pelo número (68) 99903-1257.

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas