Conecte-se agora

Ação de cidadania do TJ/AC une gerações em casamento coletivo no município de Xapuri

Publicado

em

Desde que foi criado, em 1995, o Projeto Cidadão, iniciativa do Tribunal de Justiça do Acre, que conta hoje com a parceria de cerca de 60 instituições governamentais e não governamentais, permitiu que mais de 50 mil casais acreanos formalizassem a união conjugal por meio do Casamento Coletivo, uma das ações integradas do projeto. Na última terça-feira, 6, dentro da programação da 13ª Semana Evangélica, que se realiza em Xapuri até o próximo sábado, 10, foi a vez de mais 35 casais sacramentarem o matrimônio em um grande evento que contou com a parceria da prefeitura do município e da Associação de Ministérios Evangélicos de Xapuri.

A desembargadora Waldirene Cordeiro participou representando o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Francisco Djalma. Também participaram o prefeito Ubiracy Vasconcelos, o diretor do Foro da Comarca de Xapuri, juiz de Direito Luiz Pinto, a primeira-dama do município Daiana Vasconcelos, a vice-prefeita Maria Auxiliadora, o representante da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Acre, Mathaus Novaes, o delegatário Manoel Gomes, o comandante da Polícia Militar no município, subtenente João Ribeiro, o presidente da Amex, pastor Edmar Felício, os diretores do TJAC, Euclides Bastos e Sérgio Quintanilha, e o pastor Josemar Ramalho, que fez uma saudação aos casais.

Realizado a céu aberto, na Praça São Gabriel, o ato civil foi o momento mágico de casais como o formado por Aldenira Pessoa da Silva, de 69 anos, e Sebastião da Costa Ferreira, de 62, residentes na zona rural de Xapuri, os mais idosos da cerimônia coletiva. “Nós tínhamos decidido casar e fomos ao cartório, mas teve um problema no processo e esperamos dois dias, mas aí soubemos do Casamento Coletivo e decidimos fazer tudo por aqui. Estou muito feliz e emocionada”, comentou a noiva. O sim de Sebastião foi tão vibrante que empolgou os presentes com a alegria e a disposição de quem, a essa altura da vida, ensina que o acesso à cidadania é um direito de enorme importância para todos, independentemente de idade ou condição social. “Eu não imaginava mais viver um amor na minha vida. Mas encontrei a Aldenira e estou muito feliz junto dela. A gente soube do casamento na igreja, então decidimos que seria aqui”, contou o noivo.

O momento foi igualmente especial para o casal mais jovem da cerimônia, Daniel Nascimento de Souza e Aglaíne da Conceição Pires, ambos com 18 anos de idade, e que apenas estão começando a longa caminhada da vida a dois. “Nós já estávamos planejando casar, já vendo papelada e tudo, mas minha sogra avisou do Casamento Coletivo e isso foi melhor ainda, porque ficou mais fácil e sem custo”, comentou o noivo. “Eu fico emocionada com esse momento. Está tudo arrumado e bonito para a gente. É um momento muito importante na minha vida”, disse a noiva.

A desembargadora Waldirene falou da emoção que é cada momento como o vivido em Xapuri. “O Casamento Coletivo é uma das ações mais emocionantes do Tribunal de Justiça do Acre. Desejamos aos casais que o compromisso se estenda por toda a história de vocês, que se tornem companheiros de vida”, enfatizou.

O prefeito de Xapuri, Ubiracy Vasconcelos (PT), destacou a importância da realização de ações de promoção de cidadania dessa natureza e agradeceu ao Tribunal de Justiça do Acre por levar o projeto mais uma vez ao município. “O Projeto Cidadão cumpre um importante papel quando não conseguimos alcançar todos. A Prefeitura fica muito feliz com essa parceria que é fundamental para a população. Só tenho gratidão”, ressaltou o prefeito.

Com o objetivo de democratizar os serviços públicos e fortalecer o exercício da cidadania, o Projeto Cidadão já realizou mais de um milhão de atendimentos no Acre, segundo o Tribunal de Justiça. Sua finalidade primordial é assegurar à população de menor poder aquisitivo o direito à documentação básica, bem como o acesso rápido e gratuito aos serviços públicos da área social: saúde, educação, meio ambiente, segurança e trabalho.

Propaganda

Cidades

Vídeo mostra “Lombriga” furtando celular; ladrão é preso e leva mais dois em cana

Publicado

em

O furto de um aparelho de telefone celular levou três indivíduos ao xadrez na tarde deste sábado, 7, em Xapuri.

João Alves Pereira, 36 anos, conhecido na cidade alcunha de “Lombriga”, é, segundo a polícia local, um conhecido especialista na arte da “mão leve”.

Aproveitando-se da situação de estar prestando serviços braçais em uma residência localizada na região central da cidade, Lombriga foi flagrado por uma câmera de monitoramento roubando o aparelho de telefone celular da proprietária.

Acionada pela vítima, que é mãe de um policial militar, a viatura de plantão logo avistou o suspeito tentando se evadir com o produto do roubo. Preso, Lombriga apontou dois cúmplices no crime.

Mário Jorge Gonzaga da Conceição, 38, e Wislley Ferreira de Lima, 20, que possui passagens pela polícia por tráfico e porte ilegal de arma, foram apontados por Lombriga como responsáveis pela receptação do roubo em troca de três “paradas” de maconha.

Encontrados pela polícia, os dois partícipes confessaram o crime e receberam voz de prisão. Junto com Lombriga, foram conduzidos à Delegacia Geral de Polícia de Xapuri para os procedimentos e costume.

Veja o  vídeo:

 

Continuar lendo

Cidades

Ilderlei viabiliza transporte para alunos participarem do Festival de Fanfarras

Publicado

em

Após reclamação de diversos alunos sobre a não participação de estudantes no Festival Estadual de Bandas e Fanfarras, que será realizado neste sábado, 7, em Rio Branco, o prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, viabilizou um ônibus para que estudantes das escolas Flodoardo Cabral e Dom Henrique Ruth representem o município na capital acreana.

Os alunos agradeceram o apoio dado pela prefeitura em assegurar o veículo uma vez que a secretaria estadual do Acre já havia informado que não seria possível a viagem por falta de transporte escolar. Ao portal Juruá Em Tempo, Cordeiro disse que “é uma alegria ver tantos jovens envolvidos na área cultural, pois, muitos poderiam estar envoltos no mundo do crime. Mas, estão mostrando seu talento”.

O prefeito afirma fazer questão de apoiar essa participação no concurso em Rio Branco. “Nossa gestão compreende que apostar em Educação e Cultura é investir no futuro dos jovens e proporcionar oportunidades”, pontuou.

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.