Conecte-se agora

Espaço Indústria apresenta tecnologia e inovação na ExpoAcre

Publicado

em

Imagens feitas pelo vídeomaker do ac24horas, Kennedy Santos, mostram que espaço mais alegre da Feira Agropecuária que ocorre em Rio Branco este ano é o da Indústria. O local reúne crianças, jovens e adultos na apreciação de tecnologias inovadoras aplicadas aos alunos da Escola Sesi.

No local, eles apresentam a maneira inovadora que aprendem matérias como ciência e matemática, com o aprendizado da Robótica. Um grupo de alunos fala sobre os robôs que são montados na instituição. “Um de nossos robôs segue uma linha com ajuda de sensor, assim ele se locomove”, explica Laís.

Três projetos de Robótica são apresentados. Segundo os alunos, é um meio de aprender ciências, matemática, tecnologia e engenharia. No espaço também são expostos os serviços oferecidos pelo Senai sobre a tecnologias da Indústria 4.0, e conhecimento de novas tecnologias digitais e técnicas de programação.

“Os alunos que estudam robótica desenvolvem habilidades socioemocionais que ajudam na educação, na formação acadêmica, profissional e na construção de pessoas preparadas para o futuro”, garantiu o superintendente do SESI, César Dotto.

O presidente do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Acre (FIEAC), José Adriano, disse que este é o compromisso da FIEAC, com a educação e o incentivo a uma indústria acreana mais inovadora. “Apostamos na inserção do jovem no ambiente de novas tecnologias, é fascinante ver o trabalho deles. O Sesi é inovador. A nível de Brasil , o Acre não fica para trás, inclusive já participamos de competição nacional no Rio de Janeiro, onde ficamos bem colocados”, disse Adriano.

Para ele, o evento leva cidadania e garante um futuro de novos empresários e empreendedores do ramo da tecnologia. O espaço também é compostos por equipes e trabalhos do SENAI.

Propaganda

Acre

Secretário do MEC vem ao Acre assinar acordo entre IFAC e SEE

Publicado

em

O Secretário da Educação Profissional e Tecnológica do Ministério da Educação (MEC), Ariosto Antunes Culau, estará no Acre nesta sexta-feira, dia 6, para participar da solenidade de assinatura do Acordo de Cooperação entre o Instituto Federal do Acre (IFAC) e a Secretaria de Estado de Educação e Cultura (SEE).

O evento inicia às 8h30, no auditório do campus Rio Branco, localizado no Bairro Xavier Maia. Segundo o Ifac, o acordo de Cooperação entre IFAC e SEE pretende organizar o itinerário de formação técnica e profissional e elaboração do projeto pedagógico de curso a ser ofertado para docentes do Estado.

O secretário Ariosto Culau também participará de visita à Incubadora de Empreendimentos do IFAC e nas futuras instalações do campus Avançado Baixada do Sol.

Continuar lendo

Acre

Emerson Jarude, Gabriel Santos e Jackson Viana debatem “Cidades Inteligentes” no Acre 2050

Publicado

em

Fotos: Douglas Barros

Na noite desta quinta-feira (05), no Cine Teatro Recreio, por volta das 18h, iniciou o evento Acre 2050, com o tema “Rio Branco do futuro – como pensar uma Rio Branco inteligente e economicamente viável?”.

O encontro foi dividido em três painéis com tempo médio de 20 minutos de duração/cada.

No primeiro Painel do Acre 2050, o tema foi “Cidades Inteligentes” com a mediação do advogado Marcelo Zamora, e os convidados: Gabriel Santos, Jackson Viana e Emerson Jarude.

O vereador Emerson Jarude (sem partido) disse que Rio Branco não é uma cidade inteligente e que a sociedade precisa traçar um planejamento para o futuro.

Fotos: Douglas Barros

“Precisamos investir nas pessoas e principalmente na educação infantil para a gente ter uma sociedade melhor no futuro, segundo precisamos criar soluções tecnológicas, nós temos um potencial enorme em energia solar e não temos ninguém fomentando isso e, precisamos ajudar a iniciativa privada e buscar as indústrias para trazer emprego e renda”, ponderou Jarude.

Para Gabriel Santos, do Movimento Acredito e Renova BR, só é possível discutir uma Rio Branco inteligente e economicamente viável se chamar todo a população para essa construção.

“Precisamos discutir um novo pacto federativo com a maior descentralização de recursos da União e depois saber qual é a prioridade da prefeitura de Rio Branco e hoje a gente não sabe. A gente precisa repensar isso e se perguntar porque a gente precisa de uma cidade inteligente. A gente precisa resolver os problemas básicos, como saúde e saneamento básico, e precisamos falar de sustentabilidade porque isso é um problema conjunto, é um caminho longo, mas tem muita gente pra resolver”.

Já para Jackson Viana, Presidente da AAJAL e Embaixador do Brasil em Harvard, disse que a cidade tem que pensar nas suas particularidades e pensar em investir em educação pública e destacou que é necessário investir e procurar a parceria público-privada.

Fotos: Douglas Barros

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.