Conecte-se agora

Lene Petecão se destaca e é a vereadora mais produtiva de Rio Branco

Publicado

em

Com o recesso parlamentar do meio do ano, é hora de quem tem mandato prestar contas à sociedade.

Na Câmara de Vereadores de Rio Branco, Lene Petecão (PSD), segundo dados divulgados pela casa, foi uma das vereadores que mais apresentou matérias legislativas.

A vereadora, que é vice-presidente da câmara, apresentou quase duas mil indicações e mais de 30 requerimentos no primeiro semestre legislativo.

“Coloco meu mandato à disposição da população, que me elegeu. Por onde passou ouço a população é apresento seus problemas na tribuna, encaminho as demandas para o executivo, que por sua vez reencaminha para as secretarias, para os órgãos às quais as demandas competem. Desta forma trabalhamos em conjunto. Estou sempre ligada no social, nas reivindicações dos mais carentes, das pessoas com deficiências, dos idosos, da violência contra a mulher e outras causas que aquecem o meu coração. Sempre que posso direciono meus projetos para esse público”, afirma.

Lene destaca que procura ouvir as comunidades por meio de visitas constantes aos bairros. “Outra marca registrada do meu mandato é a presença nos bairros, mesmo nos dias em que cumpro extensa agenda no prédio legislativo tenho que está juntos as pessoas que me elegeram é sabem da real necessidade de seus bairros”.

Anúncios

Destaque 4

Polícia Civil prende suspeitos de matarem travesti a pauladas em Rio Branco

Publicado

em

A Polícia Civil Acre, por meio da Delegacia de Proteção a Pessoa (DHPP), após um trabalho minucioso de investigação, conseguiu prender no início da tarde desta segunda-feira, 3, Vitor Alexandre da Silva Junqueira, 19 anos, e Rafael Kevin Araújo Braga, 21 anos, envolvidos na morte da travesti Fernanda Machado da Silva, de 27 anos. Fernanda foi morta a pauladas na madrugada do dia 25 de junho de 2020 na rua Minas Gerais, no bairro Preventório, em Rio Branco.

As investigações demonstraram que a vítima sofreu várias agressões após ser acusada de ter furtado um aparelho celular de dois homens. Mesmo a travesti negando que tivesse feito o furto, duas pessoas começaram a espancar a vítima com pedaços de pau.

No momento da prisão dos envolvidos, os agentes da DHPP prenderam uma mulher em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.Na ocasião foram apreendidos: 548 trouxinhas, papelotes e barras substância de entorpecentes, balança de precisão e outros objetos que configuram o delito.

Continuar lendo

Destaque 4

Regras do futebol impedem goleiro Bruno de jogar pelo Rio Branco FC com tornozeleira

Publicado

em

O pedido do promotor de justiça Tales Tranin para que o goleiro Bruno Fernandes, contratado pelo Rio Branco, use tornozeleira eletrônica, já que cumpre pena no regime semiaberto, pode esbarrar em um problema prática caso seja aceito pela justiça.

É que as regras do futebol profissional proíbem que um atleta entre em campo com qualquer material que não seja os que estão estabelecidos na lei que regulamenta o esporte em todo mundo.

As regras do futebol são as mesmas em todo o mundo e são estabelecidas pela FIFA por meio de um comité chamado International Football Association Board (IFAB). Em sua regra 4 estão definidos os equipamentos básicos e obrigatórios que devem ser usados por cada jogador: camiseta, calções, caso usem calções térmicos, estes deverão ter a cor principal dos calções do uniforme, meias, caneleiras e calçados. Cada goleiro vestirá cores que o diferenciem dos demais jogadores, do árbitro e dos árbitros assistentes.

A regra é clara em relação a outros materiais. “Não é permitido nenhum tipo de material que possa vir causar prejuízo ao jogador ou ao adversário. O único é saber se foi aberto algum precedente via judicial que permita o uso”, diz Carlos Ronne Casas, árbitro de futebol por quase 20 anos no Acre.

Como Bruno, condenado a mais de 20 anos pelo homicídio triplamente qualificado de Eliza Samúdio e o sequestro e cárcere privado do filho Bruninho, tem autorização para voltar a trabalhar, a tendência é que o pedido de uso da tornozeleira eletrônica não seja aceito pela justiça ou a CBF teria, o que é mais difícil, autorizar o uso do equipamento por parte do atleta.

Continuar lendo

Destaque 4

Uma pessoa infectada por coronavírus contaminou pelo menos outras duas no Acre

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE - AC24HORAS.COM

O Acre chegou nesse sábado, dia 1° de agosto, a 535 mortes por Covid-19. Um número maior que o contabilizado em três Estados: Roraima, com 513 óbitos; Mato Grosso do Sul, com 389; e Tocantins (390). No entanto, o número de casos confirmados até agora, 19.930 pessoas infectadas, coloca o Acre em último lugar em testes positivos entre os Estados.

A taxa de letalidade no Estado é atualmente de 2,7%, e a incidência da doença é de 2,25 casos por 100 mil habitantes. Ou seja: uma pessoa infectada está contagiando pelo menos outras duas.

A média móvel dos últimos 7 dias é de 182 casos positivos e 7 óbitos/dia. A média móvel de mortos deste primeiro dia de agosto alcança a marca do dia 26 de junho, quando essa média foi de 8 mortos.

De acordo com as semanas epidemiológicas, os casos da Covid-19 apresentaram tendência de aumento até a semana 21, a partir da semana 22, os casos confirmados apresentam flutuações. Os óbitos ocorreram entre os dias 6 de abril a 31 de julho. Os dados são do Conselho Nacional de Secretário de Saúde e da Secretaria Estado de Saúde do Acre (Sesacre).

Continuar lendo

Destaque 4

Duas terras indígenas no Acre estão vulneráveis ao avanço da Covid-19, diz governo federal

Publicado

em

O governo federal admitiu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que oito terras indígenas não têm nenhum tipo de barreira sanitária para conter o avanço do novo coronavírus para índios em isolamento ou contato recente, segundo publicado pela Folha de São Paulo.

A informação oficial foi encaminhada ao STF pelo advogado-geral da União, José Levy, em resposta a determinação do ministro Luiz Roberto Barroso, relator da Ação de Descumprimento de Preceito Fundamental, protocolada por entidades e lideranças indígenas questionando as medidas adotadas pelo governo.

Entre as Terras Indígenas admitidas como desprotegidas nesta pandemia do novo coronavírus estão duas localizadas no Estado do Acre: Kaxinawá do Rio Humaitá e Mamoadate.

De acordo com a Comissão Pró-Índio, já passou de 1.000 o número de indígenas testados com Covid-19 no Acre. “Mais de metade dos casos confirmados está nas Terras Indígenas (TIs). Com a falta de testagens em massa, o número de infectados pode ser de 7 a 12 vezes maior que os registrados nos boletins oficiais”, diz a CPI.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas