Conecte-se agora

Taxista de Brasileia é preso suspeito de envolvimento em latrocínio

Publicado

em

A Polícia Civil no município de Brasileia prendeu o taxista Alexandre Amorim Oliveira, de 31 anos. Ele é suspeito de ter participado no latrocínio ocorrido no último domingo, dia 14, que matou o fazendeiro Raimundo Nonato Pessoa, de 55 anos de idade. A vítima teve sua propriedade, localizada no ramal do km 59 da BR-317, Estrada do Pacífico, invadida por quatro criminosos. De lá, eles levaram duas caminhonetes, cerca de R$ 12 mil reais e um rifle calibre 22.

Após a prisão dos quatro suspeitos na última semana, a polícia seguiu com as investigações e chegou até o taxista, depois de visualizarem imagens que apresentavam a participação de um quinto elemento no crime.

Alexandre foi detido e levado para a delegacia, onde foi ouvido e está sob custódia. O delegado Rômulo Diniz disse que o acusado ajudou na logística, conduzindo os que estiveram na casa da vítima para depois ir até o local no lado boliviano, para resgatar após entregarem as caminhonetes ao receptador.

“Ele tinha todo o conhecimento dos fatos, uma vez que os demais portavam armas de grosso calibre, como escopeta calibre 12 e o rifle calibre 22 que foi subtraído do local, além dos outros envolvidos que confirmaram essa participação”, disse o delegado.

O delegado também acrescentou que Alexandre teria participação em outros crimes, exercendo a função de levar e trazer pessoas para a prática de ilícitos na fronteira. As caminhonetes roubadas foram localizadas na Bolívia.

Familiares do acusado disseram que estão trabalhando para tentar provar a inocência de Alexandre, e acreditam num mal entendido e dizem esperar que a justiça seja feita o mais rápido possível.

Fonte: O Alto Acre

Propaganda

Acre

Representantes do Estado traçam planos de combate à violência

Publicado

em

Os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário do Acre estiveram juntos nesta terça-feira, 21, numa reunião direcionada ao enfrentamento estratégico para salvaguardar a população em meio ao índice de violência desse primeiro mês de 2020. O esforço, segundo o governo, é para assegurar a paz social. Os poderes decidiram mostrar união e traçar uma grande força-tarefa para a garantia da lei e da ordem.

O encontro ocorreu no palácio Rio Branco. O presidente da Assembleia Legislativa e governador em exercício, Nicolau Júnior, debateu com o presidente do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC) e com a procuradora-chefe do Ministério Público do Acre (MPAC), Kátia Rejane, novas medidas que serão adotadas no combate à violência.

Ficou decidido que as três instituições trabalharão em conjunto na agilização de procedimentos judiciários para legitimar a atuação do Estado no enfrentamento à criminalidade. Houve ainda o alinhamento estratégico de ações para o fortalecimento da Segurança Pública.

“A união de todos os poderes demonstra que todos estão empenhados ao máximo para darmos as condições legais para que a Segurança Pública possa atuar em todo o Estado. Queremos dizer para a população acreana que estamos fazendo tudo que podemos para garantir mais segurança”, afirmou o governador em exercício, Nicolau Júnior.

Fonte: Agência de Notícias do Acre

Continuar lendo

Acre

TCE condena Marcinho Miranda a devolver mais de R$ 500 mil

Publicado

em

O ex-prefeito de Xapuri, Marcio Pereira Miranda, mais conhecido como “Marcinho Miranda”, foi condenado nesta terça-feira (21) pelo Tribunal de Contas do Estado do Acre (TCE) a devolver mais de R$ 500 mil em decorrência de prestações de contas irregulares.

A decisão foi publicada no Diário Oficial do TCE.

Segundo o TCE, ocorreu divergência do saldo de caixa para o exercício seguinte de R$ 438.031,47, o que ocasionou em incorreções nos lançamentos contábeis e a não comprovação de saldo para exercício seguinte.

O órgão decidiu por condenar Marcinho, a devolução aos cofres da municipalidade o valor de R$ 519.475,95 e ao pagamento de multa no valor de R$ 50 mil correspondente a 10% do total a ser devolvido.

Por fim, o TCE determinou ao atual prefeito de Xapuri, Ubiracy Vasconcelos, a recondução imediata dos valores da despesa de pessoal aos limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF)

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas