fbpx
Conecte-se agora

Mais de 40 mil devem participar da Procissão de N. Senhora da Glória

Publicado

em

A Comissão Organizadora do 101° Novenário de Nossa Senhora da Glória espera mais de 40 mil pessoas para a festa religiosa que tem como ponto central a Procissão no dia 15 de agosto em homenagem à santa, que é a padroeira de Cruzeiro do Sul.

Uma das organizadoras, Lizane Negreiros cita que ” considerando o fluxo na estrada, a fomentação do turismo e especialmente a tradição da festa, este número poderá ser superado, como acontece todo ano”‘ novenário de 2019 será o primeiro do novo bispo da cidade, Dom Flávio, que está à frente da igreja católica Cruzeirense desde o início de Janeiro deste ano e lidera a organização do evento com o vigário geral da Diocese, padre Francisco e a Comissão Organizadora.

A festa religiosa inclui novenas e missas diárias, fogos, procissão e também a parte comercial, organizada pelo Sebrae, que inscreve e capacita os participantes da Feira realizada após as novenas. Na feira, realizada na Praça Orleir Cameli, em frente à Catedral, haverá 70 barracas com venda de comida e artesanato.

A abertura será no dia 5 as 19 horas na Catedral Nossa da Glória com uma missa celebrada por Dom Flávio, seguida pelo hasteamento das bandeiras e queima de fogos. As novenas começam no dia 6 e serão diárias, bem como as missas. Do dia 06 até o dia 14 as novenas começam as 18.30. No dia 15, a missa terá início às 17 horas e em seguida, a procissão, queima de fogos e show com a cantora Eliana Ribeiro.




Propaganda

Na rede

Após audiência de custódia, Idelcleide e demais detidos pela Polícia Federal seguem presos

Publicado

em

A Audiência de Custódia dos presos da Operação Presságio, ocorrida na tarde desta segunda feira, 17, regida pelo juiz Flávio Mariano Mundi, não liberou nenhum dos acusados de desvio de dinheiro em Cruzeiro do Sul. A irmã e ex-chefe de gabinete do prefeito Ilderlei Cordeiro, a advogada Idelcleide Cordeiro, segue presa junto a outros seis envolvidos no esquema que envolveria o desvio de verbas federais da saúde e educação por meio da CBCN e outras empresas.

O Ministério Público do Estado não pediu a prorrogação da prisão temporária nem a conversão para preventiva, o que indica que amanhã, terça-feira, 18, quando vencer o prazo da temporária de cinco dias, os acusados poderão ser soltos.

As prisões foram feitas pela Polícia Federal na última sexta-feira, 14, em cumprimento da decisão da 1° Vara Criminal de Cruzeiro do Sul, que tem como titular a juíza Adamarcia Machado. Nas férias dela, os mandados de prisão e apreensão foram expedidos pelo juiz Flávio Mariano Mundi, bem como a Audiência de Custódia.

No sábado, 15, a desembargadora Denise Bonfim já havia negado um pedido de Habeas Corpus impetrado pela defesa de Idelcleide, que tem como titular o advogado Hilario de Castro Melo.




Continuar lendo

Na rede

Ilderlei promete acionar agente da PF na Justiça por arrombar porta da prefeitura

Publicado

em

Ao lado de secretários municipais e três vereadores, o prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro, que tem a gestão investigada pela Polícia Federal, disse aos servidores municipais em praça pública nesta segunda feira, 17, que as prisões de sua irmã e outras cinco pessoas foram desnecessárias.

As prisões ocorreram na última sexta-feira, dia 14. Ilderlei subiu o tom e disse que o juiz Flávio Mariano Mundi “não conhece a realidade cruzeirense. Autorizou as prisões desnecessárias porque a juíza Adamarcia tinha autorizado as escutas e quebras de sigilos em abril do ano passado”, afirmou publicamente o prefeito.

O prefeito também reclamou algumas ações da Polícia Federal, que arrombou a porta da prefeitura. “Lá não tem bandido e tinha vigia, não precisava ter quebrado a fechadura. Vamos acionar esse agente na justiça”, afirmou.

Cordeiro ainda falou aos servidores, na praça central de Cruzeiro do Sul, sobre a convocação da reunião geral foi feita nesse domingo. Dos 14 vereadores de Cruzeiro do Sul, acompanharam o prefeito na reunião com os servidores o Presidente da Câmara Municipal , Clodoaldo Rodrigues ( PSDB), João Keleo e Leandro ( PP).

Cordeiro citou ainda que além da Polícia Federal e Ministério Público, a prefeitura está sendo investigada há dias pelo Tribunal de Contas do Estado – TCE e a Controladoria Geral da União – CGU. “Eu, Ilderlei Cordeiro, quero ser investigado também”, declarou ao final da reunião.




Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Leia Também

Mais lidas