Conecte-se agora

Comitê Gestor do Plano Acreano da Cultura Exportadora se reúne com Gladson Cameli

Publicado

em

Representantes do Pacex levaram ao governador propostas visando alavancar o comércio exterior

Membros do Comitê Gestor do Plano Acreano da Cultura Exportadora foram recebidos, na manhã desta quinta-feira, 18, pelo governador do Estado, Gladson Cameli. Durante a reunião, que ocorreu no Palácio Rio Branco, os representantes do Pacex entregaram ao chefe do Executivo um documento que reúne propostas para tornar o Acre um ambiente favorável para o comércio exterior e pediram apoio do gestor para essas demandas.

No início do encontro, o presidente da Federação das Indústrias (FIEAC), José Adriano, relatou que, desde a criação do Comitê, há cerca de dois anos, já foram realizados estudos, visitas às alfândegas e regiões de fronteira do Estado, entre outras ações, para que fosse feito um diagnóstico dos entraves que prejudicam as exportações e importações através do Acre.

“Relacionamos todos os percalços, desde infraestrutura, questões tributárias, logística, até mesmo condições de negociação que os empresários enfrentam quando, por exemplo, forem sentar com chineses e terem as mínimas condições de atendê-los. Por isso, trouxemos esse documento solicitando apoio do governador”, frisou o presidente da FIEAC.

José Adriano ressaltou, ainda, que o momento exige união de esforços para que as soluções sejam encontradas em um prazo curto. “Se há um momento propício para avançarmos nessas demandas, é agora. Temos pressa. E nós, empresários, podemos contribuir muito. Se não tivermos o apoio do Executivo estadual e federal, vamos patinar mais quatro anos por conta da burocracia e é isso que queremos evitar”, acrescentou.

Fotos: Diego Gurgel/Secom

As ações contidas no Pacex estão organizadas nos seguintes eixos: relacionamento e promoção de negócios; logística e infraestrutura do comércio exterior; barreiras em mercados externos; inteligência comercial; assessoramento e capacitação; estímulo e apoio a negócios acreanos para exportação; e facilitação e desburocratização do comércio exterior. Além desse documento, também foi entregue a Gladson Cameli um ofício contendo questões mais urgentes e que podem ser solucionadas ainda este ano.

Após ouvir atentamente os membros do Comitê, o governador mostrou-se solícito e garantiu apoio às ações. “Tudo isso tem muito a ver com o que pensamos. Não podemos mais esperar de braços cruzados. Precisamos criar oportunidades e construir pontes. O presidente Jair Bolsonaro vem ao Acre em novembro para uma agenda com o presidente do Peru e precisamos aproveitar isso. Nossa alvação são os países andinos, que têm saída direta para Ásia. Sabemos que estamos posicionados estrategicamente e precisamos usufruir dessa condição”, afirmou Cameli.

O Comitê Gestor do Plano Acreano da Cultura Exportadora é formado por representantes do Ministério da Agricultura, Suframa, ANTT, Sebrae, SEICT, Fecomércio, FIEAC, FAEAC, Federacre, Acisa, CREA-AC, CRA-AC, Ascontacre, Sescap, Setacre, Senai, Agência de Negócios do Acre (Anac), Senai/AC, FAAO e AZPE.

Pautas prioritárias

Entre as pautas prioritárias apontadas pelo Pacex estão a Reforma das alfândegas de Assis Brasil e Epitaciolândia, que incluem o aparelhamento com pessoal e funcionamento contínuo dos órgãos de controle (Mapa, Receita Federal, Anvisa e outros); credenciamento do laboratório de alimentos da Ufac para o comércio internacional e melhor funcionamento do sistema de telefonia e internet nas fronteiras do Estado.

Assessoria FIEAC

Propaganda

Destaque 4

Chuvas do fim do mês de agosto diminuem as queimadas em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Por causa das chuvas dos últimos dias, é visível a diminuição da fumaça causada pelas queimadas em Cruzeiro do Sul.

Nas duas primeiras semanas de agosto, o cenário ficou desolador e o Corpo de Bombeiros, recebeu cerca de 40 chamadas para apagar queimadas urbanas e rurais no município.

O comandante do Corpo de Bombeiros, capitão Oliveira, acredita que a atuação da  equipe multidisciplinar composta por membros dos  Bombeiros,  Ministério Público, SEMA e Defesa Civil, que orienta  e também notifica e  autua  os infratores, é  importante para o controle da situação.

Segundo o chefe do  IMAC no Vale do Juruá,  Levy Bezerra, no momento, Mâncio Lima, é a cidade com maior número de focos de queimadas na região.

O  quadro segue   preocupante em todo o Juruá  porque é em setembro, quando as chuvas são ainda mais raras,  que os agricultores intensificam as queimadas no  preparo da terra para os novos plantios e os criadores   expandem  os  pastos.  É hábito local fazer queimadas no dia 7 de setembro.

Fiscalização só depois da Expojuruá

Como o escritório do Imac de Cruzeiro do Sul só conta com quatro técnicos,  equipes do Imac  de Rio Branco chegarão  a Cruzeiro depois da Expojuruá,  com objetivo de ampliar a fiscalização ambiental. “Com o reforço vamos expandir nossa atuação em Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Rodrigues Alves”, cita Levy.

A Expojuruà será realizada de 29 de agosto a 1° de setembro.

Números – Segundo dados da secretaria Estadual de Meio Ambiente – SEMA, em todo o Acre,   o número de queimadas cresceu quase 200 % com relação ao ano passado. Se a análise for feita só de agosto,  o aumento é de mais de 400%.

De janeiro a 22 de agosto do ano passado, foram registradas 852 queimadas no Acre.  Número que saltou para 2.498 entre janeiro até 20 de agosto deste ano.  Aumento de mais de 190%.

Em Cruzeiro do Sul até o dia 12 de agosto, o Corpo de Bombeiros havia registrado 36 chamadas para apagar focos de queimadas urbanas e rurais. No mesmo período do ano passado, foram  apenas 4.

 

 

 

 

Continuar lendo

Destaque 4

Após 10 anos, reservatório de água no bairro Comara passa por limpeza

Publicado

em

Começou na última quinta-feira, 22, as operações de limpeza dos reservatórios de água de Rio Branco. O Departamento Estadual de Água e Saneamento (Depasa) é quem realiza o serviço. A primeira operação de limpeza ocorreu no reservatório do bairro Comara, no Segundo Distrito da capital. Com capacidade para armazenagem de 1.000 m³ de água, o reservatório é utilizado para garantir o abastecimento dos bairros Cidade Nova, Quinze, Taquari, Seis de Agosto, Comara e Via Chico Mendes.

Para a realização do trabalho, as equipes utilizaram motor bomba, iluminação adequada à operação, cordas, escadas, vassouras, rodos, além de pá e enxadas para retirada da areia acumulada no reservatório.

A limpeza periódica das estações e reservatórios garante a qualidade da água que chega à casa do usuário do Depasa. No caso do reservatório do Comara, a operação não era realizada há mais de 10 anos.

O sistema de abastecimento de água de Rio Branco conta atualmente com 11 reservatórios apoiados. A programação para 2019 inclui a limpeza periódica de todas as unidades.

Veja a programação de limpeza dos reservatórios:

02 Calafate e Tucumã 28/08/2019

01 Horto Florestal 30/08/2019

02 Placas e Bem Te Vi 03/09/2019

01 São Francisco 05/09/2019

01 Portal da Amazônia 10/09/2019

01 Santo Afonso 12/09/2019

01 Central Palheiral 17/09/2019

01 Booster ETA I 19/09/2019

01 ETA II 25/09/2019

Fonte: Agência de Notícias do Acre

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.