Conecte-se agora

Governo avalia acabar com saque automático do FGTS nas demissões sem justa causa

Publicado

em

O governo avalia acabar com saque automático do FGTS nas demissões sem justa causa, segundo fontes a par das discussões. A ideia é permitir o saque controlado, uma vez por ano, na data de aniversário dos cotistas. Em contrapartida, o governo estuda melhorar a rentabilidade do Fundo. Hoje, a rentabillidade dos recursos é de 3% ao ano, mais a Taxa Referencial (TR) que está zerada.

Outra ideia é dar uma nova destinação à multa de 40% paga pelos empregadores nas demissões sem justa causa. Os recursos poderiam ser transferidos para um fundo público com objetivo de ajudar a formar uma poupança, que poderia ser utilizada na aposentadoria.

As duas medidas, ao lado da liberação dos recursos das contas ativas do FGTS, fazem parte de um pacote de ações que o governo classifica como estruturantes. Para implementá-las será preciso alterar a Lei 8.036/1990 que trata do FGTS. A ideia era anunciá-las nesta quinta-feira, mas há dúvidas se o pacote estará pronto para ser divulgado.

– Será um pacote mais estruturante e não a simples liberação do dinheiro – disse uma fonte a par do assunto.

Chamado Plano Estratégico do FGTS, as medidas começaram a ser discutidas pela equipe econômica no fim do ano. A autorização do saque das contas ativas e inativas virou uma medida emergencial para estimular a economia neste ano, uma ofensiva pós-aprovação da reforma da Previdência, que tem efeitos positivos no longo prazo.

O FGTS foi criado em 1966 e é considerado um direito dos trabalhadores que está previsto na Constituição. Ele foi criado justamente para compensar estabilidade a que trabalhador da iniciativa privada tinha direito quando completava mais de 10 anos de serviço na mesma empresa. A ideia era assegurar uma proteção financeira ao trabalhador.

Com a criação do FGTS, as empresas passaram a pagar, mensalmente, o equivalente a 8% do valor do salário do trabalhador para a conta de cada empregado no Fundo. Os servidores públicos, que têm estabilidade, não têm FGTS.

Propaganda

Destaque 3

13º do Bolsa Família deve injetar R$ 47 milhões na economia do Acre neste fim de ano

Publicado

em

O 13º do Bolsa Família deverá injetar R$47 milhões na economia do Acre em dezembro. Aliás, 2019 pode um Natal melhor que tempos passados já que, ao que parece, o governador Gladson Cameli deverá pagar sem problemas o restante do 13º salário dos servidores para quem não sacou a metade a que teve direito no meio do ano.

Assim, entre R$300 milhões e R$ 400 milhões podem entrar em circulação no Acre neste fim de ano.

A estimativa do 13º do Bolsa Família baseia-se no número de famílias atendida em setembro. O programa beneficiou, no mês de setembro de 2019, 88.507 famílias, representando uma cobertura de 0 % da estimativa de famílias pobres no estado. As famílias recebem benefícios com valor médio de R$ 270,39 e o valor total transferido pelo governo federal em benefícios às famílias atendidas alcançou R$ 23.930.990,00 no mês.

Continuar lendo

Destaque 3

Ida e volta de Rio Branco para Cruzeiro do Sul por R$ 356; Brasília R$ 605 e SP por R$ 754

Publicado

em

As companhias aéreas que operam no Acre voltaram a surpreender com uma promoção imperdível de passagens aéreas baratas. Nos voos diretos da Gol de Rio Branco para Cruzeiro do Sul é possível comprar os bilhetes de ida e volta por apenas R$ 356 e ainda parcelar esse valor em 12 parcelas sem juros de R$ 34. A noa notícia é que os passageiros de Cruzeiro do Sul também podem viajar para a capital do estado pagando o mesmo valor. (Confira na imagem abaixo).

As passagens promocionais entre Rio Branco para Cruzeiro do Sul estão disponíveis para quem pretende passar o ano novo em uma destas cidades. Até para as férias de janeiro de 2020 é possível comprar passagens de ida e volta por R$ 357 entre Cruzeiro do Sul e a capital acreana. Mas atenção! Essa promoção você só encontra no link que se encontra abaixo.
.
Nos voo sem escalas da Gol de Rio Branco para Manaus operados às quartas-feiras e sábados os bilhetes de ida e volta podem ser comprados por R$ 708,64. Os destaques da promoção da LATAM são as passagens de ida e volta de Rio Branco para Brasília por R$ 605 e para São Paulo você vai pagar pela ida e a volta R$ 754.

Nesta promoção é possível viajar para os estados do Sul do Brasil por ótimos preços. De Rio Branco para Curitiba os bilhetes de ida e volta custam R$ 1.094,34 e para Porto Alegre a viagem custa R$ 1.191,99. Mas se você é daqueles que não abre mão um destino que tem uma praia, também tem promoção! De Rio Branco para Recife as passagens estão disponíveis por R$ 1.081,57 e para o Rio de Janeiro encontramos a ida e a volta por R$ 1.136,84.

Todas as passagens da lista abaixo estão com todas as taxas incluídas. Além das promoções de passagens, nos links abaixo você pode reservar hotel com descontos de até 40% em várias cidades ou ainda reservar um equipamento todo mobiliado, com roupa de cama e ar condicionado no Rio de Janeiro. (Veja abaixo)

Passagens aéreas de ida e volta com taxas incluídas nos voos de Rio Branco

Garanta aqui as passagens para Cruzeiro do Sul a partir de R$ 356

Garanta aqui as passagens para Manaus a partir de R$ 798

Garanta aqui as passagens para Brasília a partir de R$ 605

Garanta aqui as passagens para São Paulo a partir de R$ 754

Garanta aqui as passagens para Rio de Janeiro a partir de R$ 1136

Garanta aqui as passagens para Porto Alegre a partir de R$ 1191

Garanta aqui as passagens para Vitória a partir de R$ 1512

Garanta aqui as passagens para Curitiba a partir de R$ 1094

Garanta aqui as passagens para Recife a partir de R$ 1081

Prefere viajar para outro destino? Garanta aqui descontos especiais na compra das passagens aéreas

Garanta aqui hospedagem com desconto em um apartamento para 4 pessoas no Rio de Janeiro

Acesse aqui a promoção que garante descontos de até 40% na hospedagem

Fonte: Folha Viagem

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.