Conecte-se agora

Aleac encerra 1º semestre com Jenilson e Duarte como os mais produtivos

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE

Com aprovação da Lei de Diretrizes Orçamentária (LDO) na semana passada, os trabalhos legislativos da Assembleia Legislativa dão uma trégua com o recesso parlamentar do mês de julho. Neste primeiro semestre dessa nova legislatura, 70 projetos de leis foram protocolados no parlamento e 23 foram aprovados.

O levantamento feito por ac24horas deverá ser publicado nos próximos dias no Sistema de Apoio ao Processo Legislativo (SAPL), da Aleac. De acordo com a pesquisa, 10 projetos de leis complementares foram protocolados, mas até o momento 5 foram aprovados. Cinco Projetos de Resolução foram apresentados, mas apenas 3 aprovados no Plenário da casa. As três Propostas de Emenda Constitucional apresentadas na Aleac foram aprovadas e dos 4 Projetos de Decreto Legislativo, metade foram aprovados. 15 moções foram apresentadas e 14 delas aprovadas. Nesse primeiro semestre apenas duas matérias foram vetadas.

Ainda de acordo com o movimento legislativo, o governo Gladson Cameli encaminhou a Aleac 21 projetos, sendo 20 deles aprovados na casa. Apesar de todo impasse e desgaste com aceno da base fragmentada, o executivo termina os primeiros seis meses no parlamento com saldo positivo. Assembleia Legislativa, Ministério Público e Tribunal de Contas apresentaram um Projeto de Lei cada um e tiveram suas demandas aprovadas na Casa.

Mas um dos dados que chama mais atenção e desperta o interesse dos eleitores é a produção parlamentar de cada deputado da casa. O ac24horas teve acesso a um levantamento preliminar desses primeiros 180 dias de trabalhos no parlamentos com o tabulamento de todas as preposições apresentadas pelos parlamentares.

Segundo levantamento feito pela Casa, o deputado Jenilson Leite (PCdoB) foi apontado como o mais produtivo apresentando 196 preposições que é toda matéria submetida à deliberação dos representantes do povo. Desse montante, 174 foram indicações, 8 projetos de leis, uma moção de aplausos, 12 requerimentos e uma proposição resolutiva.

Na segunda colocação, aparece o deputado Roberto Duarte (MDB) com 106 indicações, o projetos de leis protocolados, 1 moção, 1 projetos de leis complementar e 7 requerimentos, totalizando 124 preposições.

Na terceira colocação surge o deputado tucano Luiz Gonzaga (PSDB), que é primeiro-secretário da Casa, com 22 indicações, 3 projetos de leis apresentados e dois requerimentos, somando no total 27 preposições. Na quarta colocação aparece a deputada Maria Antonia (PROS) com também 27 preposições divididas com 21 indicações, 2 projetos de lei e 4 moções de aplauso aprovadas. Já na quinta colocação, aparece a deputada Antônia Sales (MDB) com 22 preposições, sendo 19 indicações, 2 requerimentos e uma proposição resolutiva.

Propaganda

Destaque 4

Falta de médicos para atender casos de dengue gera revolta em pacientes no Hospital do Juruá

Publicado

em

Um vídeo gravado na manhã desta terça-feira, 21, mostra o descontentamento de pacientes que não conseguem atendimento no Hospital Regional do Juruá em Cruzeiro do Sul.

Com a recepção completamente lotada, pacientes que chegaram de madrugada afirmam não conseguir uma ficha para consulta médica. Alguns pacientes afirmam que esperam pela consulta com especialista na área de infectologia desde o ano passado.

O ac24horas conversou com o Dr. Marcos Lima, gerente do Hospital Regional do Juruá, que confirmou o problema, alegando que o motivo é o crescimento dos casos de dengue na região, aliado a quantidade pequena de médicos na unidade de saúde.

“Estamos tendo um grande surto de dengue na região. Como só temos duas infectologistas, precisamos dividir a carga horária entre ambulatório e visitas. Como estamos tendo muitos pacientes internados, fomos obrigados a diminuir um dia de atendimento de consultas. Constatamos o problema e estamos tentando resolver da melhor forma possível. Nossa expectativa é que no próximo mês já tenhamos uma redução dos casos de dengue para que possamos voltar ao fluxo normal de atendimento”, diz Marcos Lima.

Veja o vídeo:

Continuar lendo

Destaque 4

Multidão acompanha procissão em Xapuri no encerramento da Festa de São Sebastião

Publicado

em

“O esplendor da fé no coração de Xapuri”. Mais uma vez o slogan da Festa de São Sebastião foi levado a efeito na tradicional procissão que fechou os festejos e celebrações da 18ª edição do Novenário do Santo Padroeiro do município que se distancia 188 quilômetros da capital acreana, Rio Branco.

Mais de 15 mil pessoas, segundo estimativa da coordenação da paróquia de Xapuri, acompanharam o cortejo com a imagem do mártir cristão pelas principais ruas da cidade.

As celebrações deste dia 20 de janeiro começaram já nas primeiras horas da manhã com a chegada constante de fiéis. Tanto no interior da igreja quanto na imagem que fica do lado externo, foram muitas as manifestações de fé no santo padroeiro de Xapuri.

Desde o ato simples de acender velas e fazer as orações a outros mais sacrificosos como entrar na igreja e ir até o altar de joelhos, o dia foi de agradecimentos e pagamentos de promessas.

Duas missas foram celebradas ainda no período da manhã. À tarde, a concentração de romeiros e devotos se tornou muito grande instantes antes da missa solene que antecedeu a procissão, que saiu da igreja às 17h10.

Durante o percurso, muita oração e pedidos a Deus pelo restabelecimento da paz no Acre, em razão da onda de violência que toma conta do estado e do crescente envolvimento de jovens com a criminalidade e as drogas.

Também em meio ao trajeto, foram feitas três paradas em lugares predeterminados, onde mensagens foram transmitidas aos fiéis.

No ginásio de esportes da cidade, onde os jovens foram lembrados da importância das práticas saudáveis; no museu Casa Branca, onde foi lembrada a luta dos seringueiros-soldados que lutaram para tornar o Acre brasileiro; e, finalmente, no hospital, onde as orações foram direcionados aos enfermos.

Depois de percorrer cerca de cinco quilômetros, o cortejo retornou a igreja de São Sebastião, onde os romeiros foram abençoados pelo pároco Francisco das Chagas Monteiro. A festa religiosa foi encerrada com uma grande queima de fogos e muita música.

Igreja revigorada

Além das manifestações de fé e fortalecimento da devoção em São Sebastião, a festa do santo padroeiro também contribui para a revigoracão da paróquia, que levanta nos festejos os recursos para se manter no decorrer do ano.

Durante o Novenário, várias atividades voltadas para a arrecadação foram realizadas pela igreja. Desde a venda de lembranças da festa, como camisas, imagens, adesivos, terços e fitas, aos bingos, leilões, quermesses e restaurante popular.

Turismo e economia local aquecidos

Outro lado positivo da festa em Xapuri é o aquecimento da economia nesse período do ano. A prefeitura estima que foi movimentado cerca de R$ 1 milhão durante os festejos.

A pequena estrutura hoteleira da cidade esteve lotada desde o começo do mês. Os restaurantes e tradicionais “pensões” não dão conta da demanda, que é suprida pelas vendas informais e pela própria paróquia que disponibiliza restaurante aos visitantes.

Festa com segurança

A Polícia Militar informou que divulgará posteriormente a estimativa oficial de público presente durante os festejos e na procissão.

As informações preliminares a respeito do trabalho das forças de segurança são de que até este dia 20 de janeiro o clima foi muita tranquilidade.

O aparato da segurança em Xapuri conta com policiais do Batalhão de Operações Especiais (BOPE), Batalhão de Trânsito e Corpo de Bombeiros, além dos efetivos locais da PM e da Polícia Civil.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continuar lendo

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required
Propaganda
Propaganda

Mais lidas