Conecte-se agora

Governo volta a manter Educandário e repassa mais de R$ 300 mil à entidade

Publicado

em

O Educandário Santa Margarida, localizado em Rio Branco, acaba de receber do governo do Estado o repasse no valor de R$ 305.949,28, referentes a sete parcelas aos meses (mês de março a setembro) de 2019. A maioria das parcelas estava atrasada. O recurso busca atender as necessidades da entidade e alinhar projetos no âmbito social.

Os atrasos no repasse de recursos, segundo o atual governo, deu-se em razão de que a gestão anterior deixou de fazer a previsão na Lei Orçamentária Anual para o Exercício de 2019. Este ano, houve entraves com a não aprovação Lei de Subvenções, além de pendências na documentação do Educandário.

Para o pagamento do restante dos meses, será feito um aditivo para o pagamento de mais 4 parcelas referente aos meses de outubro/novembro/dezembro e 13°.

Na última sexta-feira, 12, a secretária de Estado Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres (SEASDHM), Claire Cameli, visitou o abrigo e reafirmou parceria do Estado com a instituição. “O governo pretende desenvolver ações que ajudem o trabalho desses profissionais e voluntários, que têm contado com a doação da sociedade civil, de instituições, para a manutenção e o cuidado com essas crianças.”, ressaltou Claire Cameli.

Alimentação, vestuário, material de limpeza, higiene pessoal e calçados são em sua grande maioria, conforme o coordenador financeiro, Nilton Cosson, são oriundas de doações da sociedade civil. “Abrigamos essas crianças, assumindo a responsabilidade de cuidar delas. Com as parcerias conseguimos desenvolver um trabalho de excelência”, disse Nilton Cosson.

Aos 76 anos de existência, o Educandário Santa Margarida é a única instituição que atende crianças de zero a 12 anos em Rio Branco. Hoje, são abrigadas 36 crianças vítimas de abandono, negligência e violência. Lá, trabalham diariamente 24 profissionais de várias áreas, como: cuidadores, cozinheiros, serviços gerais, zelador, motorista, administrador, assistente social, psicólogo, assistentes pedagógicos e voluntários que ajudam nas escalas diurnas e noturnas.

Propaganda

Destaque 4

Chuvas do fim do mês de agosto diminuem as queimadas em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Por causa das chuvas dos últimos dias, é visível a diminuição da fumaça causada pelas queimadas em Cruzeiro do Sul.

Nas duas primeiras semanas de agosto, o cenário ficou desolador e o Corpo de Bombeiros, recebeu cerca de 40 chamadas para apagar queimadas urbanas e rurais no município.

O comandante do Corpo de Bombeiros, capitão Oliveira, acredita que a atuação da  equipe multidisciplinar composta por membros dos  Bombeiros,  Ministério Público, SEMA e Defesa Civil, que orienta  e também notifica e  autua  os infratores, é  importante para o controle da situação.

Segundo o chefe do  IMAC no Vale do Juruá,  Levy Bezerra, no momento, Mâncio Lima, é a cidade com maior número de focos de queimadas na região.

O  quadro segue   preocupante em todo o Juruá  porque é em setembro, quando as chuvas são ainda mais raras,  que os agricultores intensificam as queimadas no  preparo da terra para os novos plantios e os criadores   expandem  os  pastos.  É hábito local fazer queimadas no dia 7 de setembro.

Fiscalização só depois da Expojuruá

Como o escritório do Imac de Cruzeiro do Sul só conta com quatro técnicos,  equipes do Imac  de Rio Branco chegarão  a Cruzeiro depois da Expojuruá,  com objetivo de ampliar a fiscalização ambiental. “Com o reforço vamos expandir nossa atuação em Cruzeiro do Sul, Mâncio Lima e Rodrigues Alves”, cita Levy.

A Expojuruà será realizada de 29 de agosto a 1° de setembro.

Números – Segundo dados da secretaria Estadual de Meio Ambiente – SEMA, em todo o Acre,   o número de queimadas cresceu quase 200 % com relação ao ano passado. Se a análise for feita só de agosto,  o aumento é de mais de 400%.

De janeiro a 22 de agosto do ano passado, foram registradas 852 queimadas no Acre.  Número que saltou para 2.498 entre janeiro até 20 de agosto deste ano.  Aumento de mais de 190%.

Em Cruzeiro do Sul até o dia 12 de agosto, o Corpo de Bombeiros havia registrado 36 chamadas para apagar focos de queimadas urbanas e rurais. No mesmo período do ano passado, foram  apenas 4.

 

 

 

 

Continuar lendo

Destaque 4

Após 10 anos, reservatório de água no bairro Comara passa por limpeza

Publicado

em

Começou na última quinta-feira, 22, as operações de limpeza dos reservatórios de água de Rio Branco. O Departamento Estadual de Água e Saneamento (Depasa) é quem realiza o serviço. A primeira operação de limpeza ocorreu no reservatório do bairro Comara, no Segundo Distrito da capital. Com capacidade para armazenagem de 1.000 m³ de água, o reservatório é utilizado para garantir o abastecimento dos bairros Cidade Nova, Quinze, Taquari, Seis de Agosto, Comara e Via Chico Mendes.

Para a realização do trabalho, as equipes utilizaram motor bomba, iluminação adequada à operação, cordas, escadas, vassouras, rodos, além de pá e enxadas para retirada da areia acumulada no reservatório.

A limpeza periódica das estações e reservatórios garante a qualidade da água que chega à casa do usuário do Depasa. No caso do reservatório do Comara, a operação não era realizada há mais de 10 anos.

O sistema de abastecimento de água de Rio Branco conta atualmente com 11 reservatórios apoiados. A programação para 2019 inclui a limpeza periódica de todas as unidades.

Veja a programação de limpeza dos reservatórios:

02 Calafate e Tucumã 28/08/2019

01 Horto Florestal 30/08/2019

02 Placas e Bem Te Vi 03/09/2019

01 São Francisco 05/09/2019

01 Portal da Amazônia 10/09/2019

01 Santo Afonso 12/09/2019

01 Central Palheiral 17/09/2019

01 Booster ETA I 19/09/2019

01 ETA II 25/09/2019

Fonte: Agência de Notícias do Acre

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.