fbpx
Conecte-se agora

Justiça eleitoral cassa mandato de Ilderlei Cordeiro

Publicado

em

O juiz da 4º Vara Eleitoral, Erik da Fonseca, cassou o mandato do prefeito de Cruzeiro do Sul, Ilderlei Cordeiro (Progressistas) e de seu vice, Zequinha Lima. O magistrado acatou o pedido do Ministério Público Eleitoral. A decisão foi publicada nesta quinta-feira (11) no Diário Eletrônico da Justiça Eleitoral, porém, o gestor poderá recorrer no cargo.

O magistrado acatou os argumentos da investigação do MPE que apontou que o então chefe do gabinete do executivo do ex-prefeito de Cruzeiro do Sul, Mário Neto, e o presidente do diretório do PSDB na cidade, Edson de Paula, foram presos pela Polícia Federal, em agosto de 2016, sob suspeita de corrupção ativa. De acordo com a denúncia, Neto estaria pagando candidatos a vereador para desistirem da candidatura com o intuito de apoiarem a chapa “Juntos por Cruzeiro”, do candidato Ilderlei Cordeiro, apoiada pelo então prefeito Vagner Sales (PMDB).

A coligação “Juntos por Cruzeiro” foi apoiada pelo PMDB e por Vagner Sales.

As prisões ocorreram após o candidato a vereador Clebisson Freire denunciar que tentaram comprar sua candidatura fazendo com que ele desistisse em troca de R$ 5 mil, quantia que teria sido oferecida pelo prefeito do município. Freire disse ainda que teria recebido proposta de trabalho do dirigente do PSDB. Para confirmar sua denúncia, o candidato reproduziu um áudio, que teria sido gravado com mais de uma hora e meia de duração, em que é possível ouvir a articulação.

A chefe de gabinete e irmã do prefeito Ilderlei Cordeiro, Idelcleide Cordeiro, confirmou a cassação do mandato dele em primeira instância e disse Ilderlei continua no mandato.

Na próxima quarta-feira, ele vai entrar com recurso no Tribunal Regional Eleitoral.

Idelcleide disse que o “prefeito está tranquilo e nós já esperávamos por isso por isso fizemos tanta questão de eleger o Clodoaldo Rodrigues como presidente da Câmara Municipal”.

Propaganda

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas