Conecte-se agora

Gladson Cameli senta com Socorro Neri para definir logística da ExpoAcre 2019

Publicado

em

O governador do Estado do Acre, Gladson Cameli, e a prefeita de Rio Branco, Socorro Neri, assinaram nesta quarta-feira, 10, um termo de cooperação técnica para a realização da 46ª edição da Expoacre, que será realizada entre os dias 27 de julho a 4 de agosto.

Pelo documento, a prefeitura municipal compromete-se a organizar o fluxo de veículos e pedestres nas principais vias de acesso ao parque de exposições de Rio Branco desde a Cavalgada até o último dia da feira, realização da limpeza e coleta de resíduos, além da disponibilização de tambores e caixas coletoras de lixo.

De acordo com Socorro Neri, a parceria com o governo estadual demonstra que as duas instituições estão unidas para assegurar o sucesso da maior feira de agronegócio e entretenimento do Acre.

“Estamos dando este apoio a Expoacre por entender que este evento é muito importante para a nossa cidade porque agrega não apenas o entretenimento, mas, sobretudo, agrega o movimento econômico e anima Rio Branco neste período do ponto de vista social, cultural e econômico”, afirmou a prefeita.

Gladson Cameli agradeceu o apoio dado pela gestão municipal e elogiou a postura da prefeita Socorro Neri em atender as demandas apresentadas pelo governo.

“Quero agradecer a parceria da prefeita Socorro Neri que prontamente atendeu o nosso pedido de coordenar o trânsito e fazer a limpeza do parque de exposições. Esse gesto de apoio é muito significativo porque representa que estamos unidos com o objetivo de fazer uma grande Expoacre para a nossa população”, ressaltou.

Durante o encontro, os dois gestores aproveitaram a oportunidade para traçar futuras parcerias na área de infraestrutura e mobilidade urbana na cidade de Rio Branco. Cameli afirmou que seu governo é baseado no diálogo e garantiu que outras cooperações serão formalizadas com a prefeitura da capital para que mais ações positivas sejam efetivadas em prol da população.

“O meu compromisso é governar para todos independente de alianças partidárias e é assim que vamos trabalhar unidos com todas as prefeituras porque o meu principal objetivo é melhorar a vida de milhares de acreanos que estão cheio de esperança de viver em um Acre melhor e cheio de oportunidades”, explicou Cameli.

A reunião realizada no Palácio Rio Branco contou com a participação do chefe da Casa Civil, José Ribamar Trindade, do chefe do gabinete Militar da prefeitura, cel. Cleudo dos Santos Maciel, da chefe do gabinete da prefeita, Rozária Maia de Lima, do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Nicolau Júnior, e do líder do governo na Aleac, deputado Luís Tchê.

Propaganda

Destaque 4

MP irá investigar possível ato de improbidade de diretor do presídio de Sena Madureira

Publicado

em

O Promotor de Justiça, Daisson Gomes Teles, do Ministério Público do Acre (MP/AC) abriu um Inquérito Civil nesta quinta-feira (19) para investigar o encaminhamento que foi feito pela Promotoria de Justiça Criminal por meio de Oficio MP/PJCrim/SM/Nº (25/2018), relatando que o Projeto “quebra de Castanha do Brasil”, realizado com os reeducandos da Unidade Prisional Dr. Evaristo de Moraes teria sido interrompido, por razões burocráticas e possivelmente política.

Com base nas informações o promotor decidiu abrir o inquérito com fundamento no art. 4º, caput, da Resolução n.º 23/2007/CNMP, a fim de que seja apurado o possível ato de improbidade administrativa praticado pelo diretor da unidade.

Por fim, o órgão decidiu enviar “expedição de ofício à Direção da unidade prisional para que, no prazo de 10 (dez) dias úteis, preste informações acerca do motivo que deu ensejo ao fim do projeto, bem como se já houve a sua retomada do projeto ou as medidas adotadas para que isso ocorra”.

Continuar lendo

Destaque 4

No Acre, sindicato diz não saber quando aumento no preço de combustíveis passará a valer

Publicado

em

O anúncio da Petrobras informa que haverá um reajuste para aumento dos preços da gasolina e diesel no país a partir desta quinta-feira, 19, porém, o Sindicato dos Postos de Combustíveis do Acre (Sindepac), ainda não sabe quando esse reajuste deve chegar aos consumidores do Estado. Por meio de uma nota, o Sindepac afirma que “não é possível saber quando o reajuste anunciado pela Petrobras vai chegar aos estabelecimentos do estado”, e lembrou: “esse acréscimo é feito, inicialmente, nas refinarias que, por sua vez, podem repassar os valores para as distribuidoras”.

Segundo a estatal, a gasolina vai receber um reajuste de 3,5% e o diesel de 4,2%. Karyenne Machado, presidente do Sindepac, destaca que a partir do momento em que os postos comprarem novos estoques é que saberão de quanto será o acréscimo repassado.

“O preço praticado leva em conta o livre mercado (desde a produção, distribuição e revenda), a logística e os custos operacionais de cada posto. Tudo é feito dentro da legalidade”, diz Machado.

O Sindepac diz que os estabelecimentos [postos de combustíveis] são fiscalizados por diversos órgãos, inclusive a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis, ANP.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.