Conecte-se agora

Amanhã (12) termina o prazo para complementar as informações da inscrição do Fies 2019.2

Publicado

em

Quem não cumprir o prazo pode concorrer às vagas ofertadas na lista de espera 

Quem foi selecionado na segunda edição do Fundo de Financiamento Estudantil 2019 tem até esta sexta-feira (12) para complementar a inscrição na página do programa disponível na internet. O estudante que não cumprir o prazo pode concorrer às vagas ofertadas na lista de espera do Fies 2019.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), será necessário fornecer dados sobre contratação, nome de fiador (se for o caso), além do percentual de financiamento. As convocações acontecem entre 15 de julho e 23 de agosto de 2019. Quem ainda não conferiu o resultado do Fies pode acessá-lo e saber se foi selecionado. 

O MEC divulgou a lista de aprovados na terça-feira (9) para as mais de 46 mil vagas disponibilizadas em 1,7 mil instituições de ensino privadas brasileiras, para o segundo semestre. Entre os requisitos exigidos estão a participação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com média aritmética de 450 pontos nas provas objetivas e nota acima de zero na redação. 

P-FIES

Também foi disponibilizado, na última terça-feira (9), o resultado do Programa de Financiamento Estudantil mas, diferentemente da modalidade anterior, o P-FIES é realizado em chamada única e não oferece lista de espera. 

O estudante contrata nesta modalidade os juros e condições ofertados por bancos e instituições de ensino. Aprovados devem comparecer à Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição com a qual fechará o contrato para validar suas informações. 

Bolsa de Estudo

Alternativa ao financiamento, as bolsas de estudo podem ser contratadas com o diferencial de ofertar descontos na mensalidade dos cursos de graduação. Programas educacionais, a exemplo do Educa Mais Brasil, que atua há mais de 15 anos no mercado, oferecem até 70% de desconto na mensalidade. 

A contratação é feita diretamente no site do programa www.educamaisbrasil.com.br. O estudante insere os filtros de busca – como nível educacional, cidade e estado onde deseja estudar – e todas as oportunidades disponíveis serão exibidas, incluindo o percentual de desconto, a instituição de ensino, o campus, bairro e informações complementares. Não é preciso comprovar renda e não há incidência de juros, como no caso do financiamento.

Agência Educa Mais Brasil

 

Propaganda

Acre

Obra de recuperação da rodovia AC-40 vira alvo de investigação do MP

Publicado

em

O Ministério Público abriu na manhã desta sexta-feira (06) uma investigação para apurar supostas ilegalidades nas obras de recuperação da rodovia AC-40 por parte da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (SEINFRA) e a empresa contratada.

Segundo o inquérito do MP, supostamente, não haveria tido elaboração de projeto básico e executivo, tampouco realização de processo licitatório.

A promotora responsável pelas investigações, Patricia Paula dos Santos, alegou que cabe ao MP a defesa do patrimônio público e social, da moralidade e eficiência administrativa, dentre os quais se inclui o patrimônio público.

Por fim, Paula Santos determinou abertura do inquérito e que sejam adotados os procedimentos necessários para o recolhimento das provas permitidas pelo ordenamento jurídico, tais como depoimentos, certidões, relatórios e documentos.

Continuar lendo

Destaque 4

Festival de Fanfarras não terá participação de alunos do interior por falta de transporte

Publicado

em

Centenas de estudantes do interior do Acre, mais precisamente de Cruzeiro do Sul, Sena Madureira e Xapuri, reclamam por não poderem participar do Festival Estadual de Fanfarras que irá ocorrer em Rio Branco neste sábado (7). Segundo os alunos, depois de um ano de ensaio, eles foram informados de que não seria possível concretizar o projeto por falta de ônibus escolares para fazer o transporte até a capital acreana.

Conforme relatado pelos alunos ao portal Juruá Em Tempo, só em Cruzeiro do Sul, as escolas Dom Henrique Ruth, Flodoardo Cabral e Craveiro Costa não irão participar da 17° edição do Festival de Fanfarras de 2019 “porque não há ônibus disponíveis pra a viagem”. A Dom Henrique Ruth, por exemplo, já participou de várias edições do festival e já foi até premiada.

O coreógrafo da fanfarra da escola Dom Henrique lamentou o ocorrido e ressaltou a importância do evento. “Vínhamos nos preparando desde o início do ano letivo para participar desse evento, nosso trabalho é totalmente voluntário, não recebemos apoio financeiro para custear nossos deslocamentos. Nosso objetivo é trabalhar a cultura com nossos alunos, isso foi como um banho de água fria, toda comunidade escolar se esforçou ao máximo para participarmos dessa competição”, disse Artur Oliveira.

Segundo a coordenadora da Secretaria Estadual de Educação, não ha ônibus disponíveis para levar os alunos, pois precisariam de quatro veículos para transportar os estudantes e instrumentos. “Fomos avisados desse festival ontem, e não temos como parar dois dias do ano letivo para levar esses alunos, se tirarmos os quatro ônibus necessários vários alunos que necessitam do transporte escolar ficariam sem aula”, justificou Ruth Bernadino.

Procurada pelo ac24horas, a secretaria estadual de educação informou que, de fato, a secretaria não possui frota, nem mesmo contrato para locação de ônibus para viagens interestaduais. “Os ônibus que temos são ônibus escolares e são exclusivamente para transportar aluno para a escola e para atividades pedagógicas dentro da cidade, desde que seja em horário que não interfira no transporte de entrada e saída da escola”, afirmou a SEE por meio de sua assessoria de comunicação.

Com informações Juruá Em Tempo

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.