Conecte-se agora

Amanhã (12) termina o prazo para complementar as informações da inscrição do Fies 2019.2

Publicado

em

Quem não cumprir o prazo pode concorrer às vagas ofertadas na lista de espera 

Quem foi selecionado na segunda edição do Fundo de Financiamento Estudantil 2019 tem até esta sexta-feira (12) para complementar a inscrição na página do programa disponível na internet. O estudante que não cumprir o prazo pode concorrer às vagas ofertadas na lista de espera do Fies 2019.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), será necessário fornecer dados sobre contratação, nome de fiador (se for o caso), além do percentual de financiamento. As convocações acontecem entre 15 de julho e 23 de agosto de 2019. Quem ainda não conferiu o resultado do Fies pode acessá-lo e saber se foi selecionado. 

O MEC divulgou a lista de aprovados na terça-feira (9) para as mais de 46 mil vagas disponibilizadas em 1,7 mil instituições de ensino privadas brasileiras, para o segundo semestre. Entre os requisitos exigidos estão a participação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com média aritmética de 450 pontos nas provas objetivas e nota acima de zero na redação. 

P-FIES

Também foi disponibilizado, na última terça-feira (9), o resultado do Programa de Financiamento Estudantil mas, diferentemente da modalidade anterior, o P-FIES é realizado em chamada única e não oferece lista de espera. 

O estudante contrata nesta modalidade os juros e condições ofertados por bancos e instituições de ensino. Aprovados devem comparecer à Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição com a qual fechará o contrato para validar suas informações. 

Bolsa de Estudo

Alternativa ao financiamento, as bolsas de estudo podem ser contratadas com o diferencial de ofertar descontos na mensalidade dos cursos de graduação. Programas educacionais, a exemplo do Educa Mais Brasil, que atua há mais de 15 anos no mercado, oferecem até 70% de desconto na mensalidade. 

A contratação é feita diretamente no site do programa www.educamaisbrasil.com.br. O estudante insere os filtros de busca – como nível educacional, cidade e estado onde deseja estudar – e todas as oportunidades disponíveis serão exibidas, incluindo o percentual de desconto, a instituição de ensino, o campus, bairro e informações complementares. Não é preciso comprovar renda e não há incidência de juros, como no caso do financiamento.

Agência Educa Mais Brasil

 

Propaganda

Cotidiano

Criança de três anos abandonada pela mãe reencontra o pai haitiano em Brasileia

Publicado

em

Um menino de apenas três anos de idade, de nacionalidade franco-guianês, que havia sido abandonada pela mãe em abril deste ano no município de Brasileia, reencontrou o pai no último sábado, 13, depois de um trabalho intenso da Secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres (SEASDHM).

Segundo o governo do Acre, a mãe do garoto estava com a saúde mental debilitada e partiu para o Equador deixando o filho para trás. A Polícia Militar do Estado do Acre e do Conselho Tutelar de Brasileia comunicaram a situação à diretoria de Direitos Humanos.

A criança recebeu o apoio e várias frentes governamentais passaram a procurar pela família do garoto. No último final de semana, a pasta conseguiu entregar a criança ao pai, o serralheiro Lebrun Ednord, de 33 anos, haitiano, que atualmente mora na Guiana Francesa.

“Um trabalho minucioso, com muita habilidade dos conselheiros e dos policiais militares permitiu que obtivéssemos o número de telefone de Ednord, fornecido pela própria mãe, antes de partir sozinha para o Equador”, explica Claire Cameli, secretária da SEASDHM.

Claire explica que desde que o estado foi acionado, técnicos da pasta procuraram a todo o tempo entender o ocorrido e auxiliar na resolução do problema, classificado como uma situação de assistência humanitária. Para voltar para sua terra natal, o Haiti, o pai do menino precisou registrar a criança em nome de outro homem.

Continuar lendo

Cotidiano

Profissionais do Hospital de Amor começam treinamento para atendimento ao público

Publicado

em

Está previsto para o próximo mês de agosto o início dos atendimentos do Hospital de Amor, Instituto de Prevenção ao Câncer do Hospital de Barretos, em Rio Branco.

Finalizada a fase de contratação, os 24 servidores distribuídos nas funções de auxiliar administrativo, técnico em radiologia, técnico de enfermagem, ouvidoria, hotelaria e controladores de acesso, iniciaram nesta segunda-feira, 15, a fase de treinamento.

Até o final do mês, a capacitação acontece na própria capital acreana. No início de agosto, parte dos servidores viaja para Barretos, interior de São Paulo, onde fica a matriz do hospital, que se tornou referência no país no atendimento aos portadores de câncer.

“Essa é a última etapa antes de começarmos a atender a população. É um momento importante porque é uma unidade de saúde que tem uma filosofia única, com atendimento diferenciado. Não é à toa, que somos o Hospital de Amor”, afirma João Paulo Silva, administrador do hospital no Acre.

O Hospital de Amor vai implantar o “Programa de Rastreamento do Câncer de Colo de Útero e Mama”, que será executado por meio de uma unidade fixa e duas carretas que vão percorrer todos os municípios, realizando exames de mamografia e Papanicolau (PCCU) em todas as mulheres que se enquadrarem nos critérios de inclusão (que tenham de 40 a 69 anos para a prevenção do câncer de mama e 25 a 64 anos no caso do câncer de colo de útero).

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.