Conecte-se agora

Filho que matou o pai por engano com tiro de espingarda se apresenta à polícia

Publicado

em

O homem que acabou matando o próprio pai, de 54 anos, ao confundi-lo com outra pessoa no sábado, dia 6, já compareceu à Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP) para prestar esclarecimentos ao delegado Martin Hessel. O pai morreu após ser atingido por um disparo de espingarda no quilômetro 6 da Estrada de Porto Acre, zona rural de Rio Branco.

Na delegacia, o rapaz confirmou o disparo e entregou a arma utilizada. Logo depois ele foi liberado. Segundo o delegado, ainda não há necessidade de pedir prisão do rapaz, já que as investigações ainda estão em andamento.

Para a polícia, o rapaz disse que confundiu o pai com um homem que havia o ameaçado momentos antes, durante uma vaquejada.

Agora, a espingarda foi para perícia, enquanto o delegado seguirá ouvindo as testemunhas para atestar se o crime trata-se de fato de um engano. O delegado pretende ouvir mais cinco pessoas.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas