Conecte-se agora

Crianças em escola rural não tem merenda e precisam “usar o mato” por falta de banheiro

Publicado

em

Um retrato de como a educação pública é tratada no Acre vem da escola municipal Manoel Teixeira, zona rural de Tarauacá.

A unidade de ensino fica na região do Baixo Tarauacá, Seringal Arati. Para chegar até a escola, só de barco, em uma viagem que dura cerca de 6 horas descendo o Rio Tarauacá.

A escola tem cerca de 24 alunos com idades variadas. Há alunos de seis anos até um adulto.

Os estudantes são obrigados a conviver com enormes dificuldades para estudar. A primeira é a falta de merenda escolar. Segunda denúncia que chegou ao ac24horas, a merenda que foi enviada pela prefeitura de Tarauacá só foi suficiente para um período de duas semanas. “É triste. As crianças trazem o que tem em casa pra comer. Alguns trazem apenas uma farofa de farinha, óleo e sal, chamada de jacuba”, afirma a denunciante que, com medo de represália, pediu pra não ser identificada.

Há um outro sério problema com o qual as crianças são obrigadas a conviver. Não há banheiro na escola. Os alunos que precisam fazer suas necessidades, como mostram fotos enviadas ao ac24horas, precisam “usar o mato”, correndo o risco de serem picadas por cobras ou outro animal.

A falta de condições não para por aí. Também não há cadeira suficientes para todos os alunos. “Se todos os alunos forem pra aula, é preciso que alguém fique sentado no chão”, diz.

A história ganhou repercussão nas redes sociais. Inclusive, foi objeto de uma postagem no Facebook do ex-vice-prefeito de Tarauacá, Chagas Batista, onde afirma que o problema da falta de merenda escola atinge outras escolas rurais do município. Na publicação, inclusive, há um vídeo, gravado 11 dias atrás, onde é possível ver crianças disputando uma cabeça de peixe com farinha como merenda.

Após a repercussão, a Secretaria de Educação de Tarauacá divulgou uma nota em um blog que afirma desconhecer a falta de merenda na escola e que já está a caminho uma nova remessa de alimentos destinados a merenda escolar, mas não faz menção a falta de banheiro e de cadeiras suficientes para todos os alunos.

VEJA A NOTA AQUI . 

 

Propaganda

Destaque 4

Escolha da Rainha do Rodeio 2019 será realizada nesta quarta-feira (17), em Rio Branco

Publicado

em

A 22ª edição do concurso Rainha do Rodeio vai ocorrer nesta quarta-feira, 17, a partir das 19 horas, no hotel Nobille Suítes Gran Lumni, em Rio Branco, durante um jantar que vai reunir a imprensa local e os patrocinadores do evento.

São 10 candidatas representantes de fazendas e empresas na disputa pelo posto: Amanda Diniz, Tatyellen Mendonça, Roberta Rodrigues, Kath Menezes, Clícia Virginia, Camila Amarães, Ana Carolina, Cristina Silgueira, Ketely Chagas e Vanessa Ribeiro.

As finalistas passaram por várias etapas, dentre as quais entrevistas com os jurados e sessão de fotos com fotógrafo profissional, quando foi verificada a fotogenia e simpatia das candidatas.

A vencedora, além de receber vários prêmios, ainda vai ostentar a faixa de Rainha do Rodeio durante toda a Expoacre 2019, participando da cavalgada de abertura da feira e do circuito de rodeio. 



O evento é organizado pelos colunistas sociais Roberta Lima e Gigi Hanan, através da Associação dos Colunistas do Acre (ACOS), com a participação da coordenação da Expoacre 2019.

Continuar lendo

Destaque 4

Madeira apreendida é usada em revitalização do Parque de Exposições para a Expoacre

Publicado

em

Cerca de 300 metros cúbicos de madeira apreendida pelo Instituto de Meio Ambiente do Acre (IMAC) está sendo reutilizada pelo governo do Acre na revitalização do Parque de Exposições para a realização da Expoacre 2019. Os insumos foram doados pelo próprio Imac à Secretaria de Estado de Empreendedorismo e Turismo.

A madeira foi apreendida durante fiscalização ambiental, pois estava irregular. Por lei, madeiras apreendidas são redirecionadas a obras sociais. Com isso, o governo economiza aproximadamente R$400 mil reais, que seriam destinados para a compra do material necessário.

Foi necessário que duas equipes do Imac trabalhassem por dez dias para garantir a utilização do produto e a reforma do parque de exposição. “Isso vai beneficiar não só o espaço, mas a população em geral que vai estar no evento. O parque vai poder recebê-los de forma adequada, com espaço revitalizado”, destacou o presidente do Imac, André Hassem.

Passarão por reforma o palco, a arena de rodeio e as arquibancadas, além de novos espaços que estão sendo construídos como o Agroflorestal.

 

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.