Conecte-se agora

Carta aberta ao servidor, por Mônica Feres

Publicado

em

Por Mônica Kanaan

Na manhã desta terça-feira (9), compareci à Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado do Acre. Além de parlamentares, compareceram representantes do Conselho Regional de Medicina, do Sindicato dos Profissionais Auxiliares e Técnicos de Enfermagem e Enfermeiros do Acre e do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Acre, além de jornalistas.

Durante a reunião, foram expostos os dados e informações obtidas neste primeiro mês de gestão, com proposta de estratégias e metas.

Perguntas foram respondidas e sugestões foram ouvidas. Alguns pontos foram repetidamente discutidos. Tudo numa abordagem bem técnica, como, acredito, deve ser feita.

A saúde pública tem que ser encarada como um investimento e não como gasto.

Quando foi me perguntado sobre os recursos humanos, respondi que há muita gente disposta a trabalhar para fazer uma boa saúde no Acre.

E citei a frase de Marc Benioff, que diz: “Concentre-se nos 20% que fazem 80% da diferença”.

É a Lei de Pareto (regra 80/20), que tem muitas aplicações, inclusive no que diz respeito à gestão da qualidade total.

Isso não tem nada a ver com o que foi interpretado. Em nenhum momento foi falado em “corpo mole”.

Quando existe um bom processo de trabalho, realizado por pessoas competentes e comprometidas, o resultado é positivo. E forças contrárias se tornam inconsistentes, cessam ou deixam de existir.

Isso está acontecendo nessa gestão. Trabalho sério, diuturno, honesto, transparente, com estratégias e metas, está sendo realizado.

O meu discurso é exatamente o mesmo, desde o meu primeiro dia nessa gestão: fazer boa saúde trabalhando com pessoas para pessoas.

Defendo o respeito ao próximo, sou extremamente “kantiana”, mas sem deixar de lado a autoconfiança e a congruência, qualidades herdadas dos meus pais, legítimas pessoas que chegaram ao sucesso através de muito trabalho e dedicação. Legado que faço questão de deixar para os meus filhos, através do exemplo de minhas práticas de gestão.

A boa saúde vai ser feita, sim, para cada cidadão acreano.

O bom gestor não se curva às críticas vagas e informações sem compromisso com a verdade.

O time está sendo formado, forte, verdadeiro, comprometido com a transparência e com a vontade em fazer a saúde acontecer.

Conto com cada servidor e vocês sabem disso.

Mônica Kanaan é secretária de Estado de Saúde do Acre




Propaganda

Destaque 7

Gladson Cameli desiste do nome Expoacre Rural Show

Publicado

em

Ao que tudo indica, o governador Gladson Cameli andou pensando melhor e desistiu da ideia de dar um novo nome à maior Feira de Agronegócios do Estado do Acre, a Expoacre 2019. No final do mês de maio, Cameli acenou, após visitar a maior feira de agronegócios da Região Norte, a Rondônia Rural Show, que também gostaria de alterar o nome do evento local para ‘Expoacre Rural Show’.

Entretanto, a ideia ficou somente na parte da programação mesmo, já que o nome permaneceu como era, o tradicional Expoacre. Questionada pelo ac24horas, a assessoria do governo negou que houve descontentamento ou desacordo entre as equipes organizadores do evento e garantiu que quem decidiu permanecer com a nomenclatura tradicional foi o próprio governador.

“A tradição do nome Expoacre é defendida pela população. E por isso, o governador optou por manter o nome devido à preferência das pessoas”, informou a assessoria governamental.

Anteriormente, Cameli pretendia mudar o atual projeto da feira do Acre, incluindo o nome, para torná-la mais parecida com a feira do estado vizinho. Agora, a equipe afirma que ele apenas “ventilou uma possibilidade de mudança”.

“O governador é quem toma as decisões, assim a decisão de manter Expoacre também foi dele”, reiterou a assessoria de imprensa.




Continuar lendo

Destaque 7

Abastecimento de combustível é normalizado em cidades do Juruá

Publicado

em

Somente no final da tarde desta sexta-feira, 12, 38 dias depois do acidente de barco em Cruzeiro do Sul, que matou 6 pessoas, o abastecimento de combustível para as cidades de Porto Walter e Marechal Thaumaturgo foi restabelecido.

O prefeito Zezinho Barbary, de Porto Walter, usou suas redes sociais, para agradecer aos envolvidos na solução do problema, como o governador Gladson Cameli, senador Sérgio Petecão, deputados Jesus Sérgio e Jéssica Sales, prefeitos Ilderlei Cordeiro e Isaac Piyãko, Antaq, Marinha e a imprensa.

“Agradeço a mobilização de todos e destaco em especial o trabalho da imprensa”, ressaltou o prefeito Zezinho Barbary na postagem.

Na postagem, Barbary também fez uma homenagem especial às vítimas da explosão do barco: 6 mortos e 12 feridos.

O abastecimento dos barcos, que estavam proibido desde o dia da explosão, só pode ser feito em um local determinado pela Agência de Transportes Aquários – Antaq e fica próximo à travessia de Rodrigues Alves. As empresas fornecedoras, distribuidoras e transportadoras terão 60 dias para se adequarem às regras e normas dos órgãos fiscalizadores.




Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.