Conecte-se agora

Agenda que prometia inauguração de uma obra por semana pelo governo do Acre fracassou

Publicado

em

Foto: Internet

Parece que puxaram o freio de mão do secretário de infraestrutura do governo do Acre, Thiago Caetano. Em abril, Caetano garantiu ao governador a inauguração de uma obra a cada semana. O calendário chegou a ser cumprido, mas, as principais obras não foram inauguradas.

Entre as inaugurações que estavam previstas estão as que o governador costuma dizer que tem “uma cabeça de porco enterrada”. É o caso da verticalização do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (HUERB) que deveria ter sido entregue dia 1 de julho e ficou para agosto.

A obra que se arrasta há mais de 12 anos teve vários anúncios de inauguração. O secretário de infraestrutura Thiago Caetano chegou a instalar seu gabinete no canteiro, mas esbarra em problemas estruturais, um deles, o Heliporto construído sem previsão de acesso a Unidade de Terapia Intensiva da unidade.

“Hoje chega um especialista em cálculos estruturais para analisar a viabilidade do Heliporto e apresentar saídas para a remoção de pacientes” disse o governador durante programa de rádio.

Outra obra que deveria ter sido entregue na segunda quinzena de maio, a reforma da biblioteca pública, no centro da capital, está paralisada há semanas. Com o fechamento da Biblioteca da Floresta, alunos da rede pública estão sem acesso aos acervos.

Ainda no centro da capital, as obras onde seria o Museu dos Povos da Amazônia, no antigo META, também estão paralisadas. O governo chegou a anunciar a transferência de secretarias para o local, mudando o projeto original, mas até agora, não se sabe os motivos que levaram à paralisação da reforma.

Pelo cronograma, o governador Gladson Cameli também não participou de inaugurações das obras da Estação de Tratamento em Manoel Urbano e ainda na área de infraestrutura, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cruzeiro do Sul, sua terra natal e obras de pavimentação asfáltica nos bairros Calafate e Conquista.

Mistério na aplicação dos recursos

O governo do Acre ainda não explicou o porquê as obras estão paralisadas ou não foram inauguradas conforme cronograma anunciado. Algumas das obras são financiadas com recursos internacionais, contraídos através de empréstimos juntos ao BNDES, BID ou BIRD.

Até agora, a secretária de planejamento, Maria Alice, veio à público esclarecer que andamento foi dada nas rodadas de negociações com os bancos. Há informações não oficiais de que os contratos com o BNDES tenham sido cancelados.

Pressionado pelo setor da construção civil, o governador anunciou um outro pacote de obras com uma nova promessa, desta vez, de geração de 1,1 mil empregos na conclusão até o final do ano de 123 benfeitorias que serão retomadas.
Área de anexos

Propaganda

Acre

Gladson leva helicoptero para crianças conhecerem

Publicado

em

O governador Gladson Cameli (Progressistas) usou suas redes sociais neste sábado (12), para desejar um feliz Dia das Crianças. O chefe do Palácio Rio Branco relatou que neste hoje esteve na Transacreana, na comunidade Árvore Vida.

Lá, as crianças puderam realizar o sonho de conhecer o helicóptero Harpia 01. Gladson disse que muitos ficaram emocionados.

Ele relatou que todo dia acorda pensando no futuro das crianças do estado, e disse “É para elas que eu dedico todo o meu trabalho. Sonho em transformar o Acre em um lugar que tenha oportunidades para todos. Que Nossa Senhora Aparecida abençoe os nossos pequeninos!”, externou em sua postagem nas redes sociais.

Continuar lendo

Acre

Falta médico na emergência clinica do Pronto-Socorro desde às 13h

Publicado

em

Parece que a promessa feita ontem de que não faltaria médico no Pronto-Socorro durou pouco. Informações dos próprios servidores da unidade dão conta de que não há médico na emergência clínica desde às 13 horas deste sábado, 12.

O pior é que o local é estratégico para o bom atendimento no Pronto-Socorro, já que é onde chegam as emergências trazidas pelo Samu.

Há relatos de pacientes entubados sem atendimento. Nem a Sesacre, nem a gerência do pronto-socorro se pronunciaram até o momento.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.