Conecte-se agora

Vídeo mostra membros do B13 tentando retomar a Sapolândia

Publicado

em

Um vídeo de pouco mais de três minutos ganhou as redes sociais na noite desta terça-feira, 9, onde mostra supostos criminosos fortemente armados ligado a facção Bonde dos 13 tentando tomar o território do bairro Hélio Melo, mais conhecido como Sapolândia, que no final do mês de junho foi tomado pela facção rival Comando Vermelho. A ação teria ocorrido na noite do último domingo, dia 7.

As imagens mostram que os criminosos que se dizem ligados ao Primeiro Comando da Capital (PCC) e Bonde dos 13 invadem casas e atiram para todos os lados com o intuito de intimidar membros do CV. Nas imagens, é possível verificar que os delinquentes invadem a residência de uma idosa e assusta ela inicia uma oração.

 

O local que é tomado por becos e ruas sem asfalto foi tomado pelos bandidos em represália a invasão do Comando que pichou muros e casas para marcar território. O mesmo ocorreu com o B13, que também deixou a marca em cercas, casas e muros.

A invasão ocorreu horas antes de uma troca de tiro que teria acontecido entre Policiais Militares e membros do B13 na manhã da última segunda-feira, 8. no bairro que é considerado zona de cobiça das facções por não ser urbanizada e fazer divisa com uma extensa área de mata, ideal para esconder armas e empreender fugas.

Na ação da polícia, uma submetralhadora e uma escopeta foram apreendidas na rua Edmundo Pinto, a principal via de acesso do bairro.

Segundo informações da PM, vários homens estava em uma região de mata. Na oportunidade, os militares encontraram várias peças de roupas, garrafas de café, pão e outros objetos, caracterizando que estavam acampados na região. Foi feito um cerco pela mata e os policiais encontraram três criminosos bem distante que ao avistarem a PM efetuaram vários tiros com a metralhadora. Na ação houve troca de tiros, mas ninguém saiu ferido. Os criminosos fugiram e a polícia apreendeu uma submetralhadora 9mm MT12A, onde o seletor de tiro estava para disparar com rajada e uma escopeta calibre 20 com um cartucho.

Procurado por ac24horas, o secretário de segurança, Paulo César, diz desconhecer a possível retomada de território por parte do B13 e ressalta que desde a primeira invasão, a polícia vem fazendo uma série de operações na região. Ele informou que analisará o vídeo para um posterior posicionamento.




Propaganda

Acre

Pega-Pega é a campeã do Circuito Junino de Rio Branco 2019

Publicado

em

A Junina Pega-Pega é a grande campeã do Circuito Junino de Rio Branco 2019. O resultado foi divulgado na noite do último domingo, 14, último dia do Circuito Junino, realizado na Casa da Cultura – Quadrilhódromo.

O grupo campeão contou a história da filha de um coronel que não sabia dançar forró, até conhecer um pretendente que era pé de valsa. Já nas danças, a Pega-Pega inovou ao levar o tradicional Cangaço.

Desde 2011 a junina não vencia o campeonato de quadrilha. “A emoção é grande, pois foi um trabalho em conjunto, feito por muita gente. O coração fica a mil, pois é o reconhecimento de que o que fizemos foi bem feito”, destacou Nathy Lima, uma das integrantes do grupo.

O Circuito Junino de Rio Branco promove a competição entre os 10 grupos quadrilheiros da capital acreana. Cada junina leva para a Arena dos Folguedos uma temática diferente. Ao todo, foram 50 minutos de apresentação, cada, sendo divididos em casamento e dança.

Premiação

Os participantes receberam um prêmio de participação, no valor de R$ 1,5 mil, cada. A Prefeitura também concede o prêmio extra para os cinco primeiros lugares. São eles: Junina Pega-Pega (R$ 2,8 mil e troféu); Junina Matutos na Roça (R$ 2 mil e troféu); Junina Malucos na Roça (R$ 1,5 mil e troféu); Sassaricano na Roça (R$ 1 mil e troféu); e Assanhados na Roça (R$ 900 e troféu).




Continuar lendo

Acre

Aberta oportunidade para renegociação de dívidas do FNO

Publicado

em

Produtores rurais da Região Norte estão com a oportunidade aberta para renegociar suas dívidas com o Banco da Amazônia. Essa chance atinge aqueles que possuem operações contratadas até 2011. O prazo para obter até 95% de desconto em juros e multas é até o dia 30 de dezembro de 2019.

De acordo com a gerente de Administração de Crédito do Banco, Mariney Demétrio, esta oportunidade está sendo realizada com base na lei 13.729, que altera a lei 13.340. “O cliente que renegociar terá carência até 2020. O vencimento da primeira parcela será em 2021 e o da última parcela para 30 de novembro de 2030”, explica. Ele acrescenta que em caso de pagamento das prestações em data anterior ao vencimento, o Banco concede bônus por adimplência.

“O Banco espera atingir um público de aproximadamente 180 mil clientes em toda a Região Norte. Somente no Acre, o Banco espera renegociar mais de 7 mil operações”, informou.

A maioria do dinheiro emprestado é do Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar), que financia projetos individuais ou coletivos. O programa possui as mais baixas de juros dos financiamentos rurais, além de linhas específicas em atendimento à igualdade de gênero e oportunidades produtivas para os jovens do campo.

Os interessados devem procurar as agências do Banco da Amazônia e conversar com a gerência.




Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.