Conecte-se agora

Em Brasileia, Prefeita Fernanda Hassem entrega ruas pavimentadas para comunidade

Publicado

em

Fazendo parte da programação dos 109 anos de emancipação política do município de Brasileia, a Prefeita Fernanda Hassem, entregou na sexta-feira, 5, quatro ruas completamente pavimentadas com massa asfáltica no bairro São João.

Agora os moradores do bairro, poderão transitar em ruas de qualidade e sem transtornos. Já que antes do benefício os moradores, estudantes e condutores sofriam no período invernoso, onde encontravam dificuldades até mesmo para transitar a pé.

A moradora, Maria Amélia, que reside no bairro a nove anos, agradece o investimento, “eu só tenho a agradecer a Deus, e depois a nossa prefeita Fernanda Hassem, pois moro aqui a mais de nove anos. Tenho dois filhos para ir à escola e antes era só sofrimento. No inverno para andar aqui, só com os pés na sacola. E agora, não tenho nem palavras para agradecer a nossa prefeita. Estou muito feliz!”, ressalta moradora.

A Prefeita Fernanda Hassem, destaca a importância da obra para a comunidade, “Fiz questão de visitar essa obra antes, durante e depois de concluída ouvindo a comunidade e aproveitar para prestar contas com a população, confesso que nesses dois anos e meio essa obra é a mais importante da minha gestão, acredito que aqui era o local mais difícil de morar em Brasileia. Não tinha saneamento básico, nem água nas torneiras, não existia pavimentação asfáltica e fizemos questão de responder com trabalho. Quero agradecer a equipe do Depasa e o Governo do Estado que nos ajudou”, destacou Fernanda Hassem.

Além do beneficiamento das ruas, os moradores do bairro também foram contemplados com a implantação total de água encanada por meio do Departamento de Pavimentação, Água e Saneamento (DEPASA) em parceria com a Prefeitura.

Estiveram presentes o Senador Sérgio Petecão, Deputado Federal Manoel Marcos, o representante do Deputado Federal Flaviano Melo (Aldemir Lopes), os vereadores Marquinhos Tiburcio, Rozevet, Rosildo, Edu, Mario Jorge e Antonio Francisco.

As vias são fruto de convênio e recursos do Ministério da Defesa por meio do programa Calha Norte no valor de R$ 483.571,66 provenientes de emenda parlamentar do Deputado Federal Flaviano Melo em contrapartida com a Prefeitura de Brasileia.

Propaganda

Destaque 5

Farinha produzida por presidiários será distribuída na ExpoAcre

Publicado

em

Nesta quarta-feira, 24, o diretor do Complexo Penitenciário Manoel Neri, Missael Lima, segue para Rio Branco levando farinha produzida pelos presos de Cruzeiro do Sul para distribuir na Expoacre, que terá início no sábado, 27. Serão distribuídas gratuitamente 600 amostras de 150 gramas para os visitantes da Expoacre e o artesanato será comercializado. A ideia é mostrar à sociedade a importância e o resultado do trabalho dos presos para ressocialização.

“Trabalhando o preso diminui a pena e tem uma pequena renda. O clima atual dentro do presídio melhorou muito com a maior inclusão de presos em atividades como a produção de farinha, horta, lavagem de veículos, corte de cabelo, limpeza e manutenção do presídio e na marcenaria” , cita o diretor.

Dos 870 presos do Complexo Manoel Neri, 102 trabalham, quantidade que vem sendo ampliada na atual gestão, bem como as atividades oferecidas. ” Trabalhando, eles se sentem cidadãos integrados à sociedade”, cita o diretor, que pretende implantar no local a piscicultura e serviços como de borracharia e serralheria.

Na Expojuruá, que será realizada em Cruzeiro do Sul nos dias 31 de agosto e 1° de setembro, também haverá a distribuição gratuita de farinha e a comercialização de artesanato produzidos no Complexo Penitenciário Manoel Neri.

Presos produzem uma tonelada de farinha por mês em Cruzeiro

Mensalmente os presos do Complexo Manoel Neri produzem uma tonelada de farinha. Além de fazer a farinha com a mandioca do presídio, também fazem o produto com macaxeira de produtores locais, por meio de parceria.

O trabalho garante farinha para o consumo interno e a venda no mercado local. A renda média mensal para o presídio é de R$ 2.600. Dinheiro, que segundo o diretor, Missael Melo, serve para a compra de itens como remédios ( os não fornecidos pela rede pública), roupas e artigos de expediente para o presídio. Caso a família do preso necessite, também pode acessar uma parte dos recursos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Continuar lendo

Destaque 5

Homem é condenado por apresentar CNH falsa em blitz

Publicado

em

A 3ª Vara Criminal da Comarca de Rio Branco condenou Edileudo Castro Sampaio por apresentar carteira de habilitação falsa, em blitz realizada na Gameleira. O crime está previsto no artigo 304, combinado com artigo 297, ambos do Código Penal.

O réu alegou, em sua defesa, que tentou tirar a carteira mais de 20 vezes e, como não conseguiu, confessou que dirigia com documento falso. A pena arbitrada foi substituída por prestação de serviço à comunidade, com jornada semanal de seis horas, mais prestação pecuniária de um salário mínimo.

O policial que realizou a abordagem afirmou que o Edileudo entregou o documento e desde o início desconfiou que fosse falso, porque o papel era diferente. “Ele chegou a declarar que era autêntico, então fizemos a pesquisa e constatamos que ele não tinha habilitação”, depôs. A abordagem foi registrada em gravação audiovisual (que foi anexada aos autos processuais), seguida de prisão em flagrante.

O juiz de Direito Raimundo Maia prolatou a condenação. “Conforme os elementos de prova apurados, o acusado fez uso de documento público falso. A confissão colhida confirmou os fatos e o modus operandi, bem como os motivos que o levaram a praticar o ato ilícito”, pontuou o magistrado.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.