Conecte-se agora

Roleta russa!

Publicado

em

Os assassinatos por execuções ou assaltos nos fazem lembrar de que estamos todos vivendo em uma grande roleta russa em que toda sociedade participa. Me refiro a dois casos: o do músico que serviu de escudo humano enquanto comprava churrasquinho para a família e a senhora de uma chácara de 72 anos vítima de latrocínio com um tiro de escopeta na cara, no Bujari. As demais mortes são previsíveis, já que são soldados do crime tombando na guerra das facções. As outras, não!

“A roleta russa é um jogo de azar potencialmente letal, provavelmente inventado na Rússia no século XIX. Consiste em colocar apenas uma bala no tambor de um revólver, girar o tambor (como uma roleta de cassino), apoiar o cano na cabeça e apertar o gatilho”. No nosso caso há uma diferença, quem segura a arma não são os que morrem no jogo, mas os criminosos que escolhem suas vítimas aleatoriamente para roubar ou qualquer outro motivo torpe.

Quando assistimos o assassinato do músico e da senhora do Bujari, no nosso íntimo fazemos muitas perguntas, como por exemplo: Quem será o próximo? Por que tudo isso? Por que tanta violência? A vida perdeu valor, o sentido? Quem lucra com tantas mortes? Por que o governo não resolve o problema ou, melhor, de quem é a culpa? (no governo passado a culpa era do Emílson Farias!!!). A ciência social explica? Qual o papel da religião nesse contexto sem Deus?

Enquanto as respostas não vêm vamos vivendo (e morrendo). O mundo girando e a roleta russa do jogo da violência também. Quem será a próxima vítima desse jogo em que nos metemos, nos enfiamos?

. O homem escravo do que fala e livre do que não fala”. (Ap. Afif Arão).

. Leio que o governador Gladson Cameli (Progressista) conduziu a bancada federal para um encontro com o presidente Jair Bolsonaro (PSL) e o ministro Paulo Guedes.

. Prometeu apoio para a reforma da previdência, mas cobrou ajuda do governo federal para solucionar nossos graves problemas.

. Agora é esperar o resultado.

. Mais um helicóptero é muito bom, mas não gera emprego nem mata a fome do povo mais pobre.

. A realidade é muito dura e incômoda, mas tem gente passando fome no Acre.

. O desemprego já atinge várias camadas sociais, graduados e não graduados.

. Vender comida na rua garante o mínimo!

. Seu Ricardo, “vendedor de remédio da mata”, em uma calçada do Bosque, mandando conselho para baixar conta de energia:

. Desliga os equipamentos elétricos durante à noite, principalmente geladeira, bebedouro e a parafernália eletrônica.

. “Tira tudo da tomada, não esperem muito pela CPI da Energisa que poderá resolver muita coisa, mas demora um pouco”, garante.

. Tá bom, seu Ricardo!

. Ainda sobre a CPI da Energisa, os deputados não estão fazendo estardalhaço, mas o parafuso vai sendo apertado.

. Aguardem!

. Produtores rurais dos projetos de assentamento à espera da “revolução econômica” no campo, a nossa rondonização, o agronegócio, a expansão da soja, a modernização da pecuária…

. Quase seis meses se passaram…e nada!

. Nada não, o governo deu óleo diesel para as prefeituras ajeitarem os ramais.

. (ajeitar é dá um jeito, certo dona Rita?!)

. Já é um bom começo para uma revolução agrícola!

. Sabe a última?!

. Os governos da FPA eram acusados de ter acabado com a mídia tradicional no Acre;

. O atual governo está velando, vai fazer o caixão, a cova e jogar a pá de cal!

. A bem da verdade, os tempos mudaram muito!

. Não há como conter a mudança na vida; em nada, o novo vem e passa por cima!

. É o que diz a música “Triste Berrante”, interpretada pelo Sérgio Reis.

. Pois é, enquanto alguns vão se dando bem, outros vão berrando que nem bode!

. Acredite se quiser:

. Cerca de 83% dos rio-branquenses votariam hoje novamente no governador Gladson Cameli;

. Dos que votaram nele, bem lembrado!

. Quer dizer, então, que só perdeu 13% do prestígio, ou seja, 13% dos que votaram nele não votariam mais.

. É um excelente resultado porque de alguma forma Gladson consegue se descolar da crise do seu próprio governo.

. Um fenômeno a ser explicado pelos analistas e cientistas da aldeia!

. O Gladson é uma pessoa boa, bem-intencionada, sem rancor, sem ódio.

. Não guarda mágoa de ninguém!

. Mesmo assim o governo não vai bem; a pesquisa apontou Saúde e a Segurança muito mal, Birimbal.

. O Arapixi, no rio Purus, vai muito bem, obrigado!

. Bom dia!

Propaganda

Coluna do Astério

Rocha: “Aliança do Minoru é com o povo”

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

PSD e MDB se aproximam do PSB

Publicado

em

Continuar lendo
Propaganda
Propaganda

Mais lidas