Conecte-se agora

Circuito SENAI Indústria e Sociedade revitaliza creche em Rio Branco

Publicado

em

A creche Irmãos Mi e Bino, localizada no bairro Mocinha Magalhães, em Rio Branco, e que atende 152 crianças em período integral, passou por uma verdadeira transformação nos últimos dois meses. O espaço recebeu uma bela pintura, teve mesas e cadeiras recuperadas, ganhou novos móveis, reparos hidráulicos e na rede elétrica, horta, acessibilidade, intervenções de organização e humanização dos ambientes, entre outras melhorias.

“Caiu do céu esse projeto”, celebra a diretora da creche, Juarina Ribeiro de Lima Guarize. Ela se refere ao Circuito SENAI Indústria e Sociedade (SIS), um projeto que, envolvendo alunos e professores de diferentes cursos do Instituto SENAI de Tecnologia Madeira e Móveis Carlos Takashi Sasai, realizou as diversas melhorias na unidade entre maio e junho deste ano.

Na tarde da última quinta-feira, 13, durante o ato que marcou a conclusão do projeto na creche, a diretora relatou que, além da transformação em todos os ambientes, o trabalho em conjunto conseguiu solucionar um problema na cisterna que se estendia por vários anos e resultava na falta de água. “Dependíamos quase todo dia de caminhão pipa para o abastecimento. Agora temos água em abundância”, comemorou Juarina.

Demonstrando enorme gratidão à equipe do SENAI, a diretora revelou que a iniciativa contou, ainda, com o apoio da comunidade que reside no entorno e também de mães das crianças atendidas pela creche. “O SENAI trouxe um curso de pintura para creche e até eu participei, juntamente com outras pessoas do bairro. Algumas mães nos ajudaram até na limpeza da cisterna. Foi um belíssimo trabalho e nossa creche realmente linda”, frisou.

E o entusiasmo não ficou restrito à equipe da creche. Alunos e professores do SENAI externaram grande alegria por participar do projeto. Luan Farias, de 17 anos, estudante do curso de projeto de fabricação de móveis, falou sobre o trabalho. “Foi muito bom fazer parte da ação. Quando chegamos, vimos que a situação estava bem precária e, com a mobilização da equipe, conseguimos melhorar muitas coisas. Ajudei consertando bancos, mesas e cadeiras, portas e a cerca, além da parte da pintura. Deu para colocar em prática alguns ensinamentos do curso”, comentou o jovem.

Para o professor Claudemir de Souza Rosas, da área de construção civil do SENAI, é gratificante ver o resultado do projeto. Ele conta que, para solucionar o problema da cisterna, foi solicitado somente uma saca de cimento e rejunte. “Fizemos o revestimento argamassado na área externa e na parte interna rejuntamos as placas cerâmicas. Agora já tem água normal na creche”, detalhou.

Além do trabalho dos docentes, discentes e de outros membros do Instituto SENAI de Tecnologia, a inciativa contou com o apoio de indústrias e fornecedores de produtos. Colaboraram os Supermercados Araújo, Sindicato da Indústria de Móveis do Acre (Sindmóveis), Hidropônicos Buriti, Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia), Bezerrão Material de Construção, Mega Tintas, Amazon Tintas, Suvinil Representação Acre, Papelaria Realeza, Marcenaria Nascibel e Marcenaria Janel.

“O sentimento de ajudar a comunidade e as crianças é o melhor possível. Vimos que é uma área carente e a Mega Tintas, juntamente com outros parceiros e o SENAI, entrou com força total. A creche ficou maravilhosa. Se todos os empresários ajudassem um pouco, teríamos uma cidade melhor, com unidades de ensino com excelente estrutura como essa da creche a partir de agora”, declarou o empresário Will Uchoa, proprietário da Mega Tintas, que esteve presente no ato de encerramento do projeto.

O diretor-regional do SENAI, César Dotto, elogiou o trabalho realizado por todos os membros da equipe. “De fato, quando a iniciativa é feita com o comprometimento e empenho de todos, o resultado é fantástico. Ficamos muito felizes com o esforço da equipe do SENAI, agradecemos os parceiros e desejamos que a comunidade aproveite bastante essa nova creche”, assinalou Dotto.

O projeto desenvolvimento na creche Irmãos Mi e Bino será inscrito para concorrer com iniciativas de departamentos regionais do SENAI de todo o país no Circuito SENAI Indústria e Sociedade.

Propaganda

Acre

Prefeitura de Rio Branco busca selo de município aprovado pelo Unicef

Publicado

em

Uma reunião ocorrida nesta segunda-feira, 24, analisou as ações implementadas até o momento para o ciclo 2017-2020 do Selo Unicef, em Rio Branco. Participaram representantes do executivo municipal, Conselho Municipal do Direitos da Criança e do Adolescente e representantes da sociedade civil organizada.

O programa é uma iniciativa para fortalecer as políticas públicas voltadas às crianças e aos adolescentes em mais de 1.900 municípios do Semiárido e da Amazônia brasileira. Para ter o reconhecimento, os municípios precisam aderir à iniciativa e cumprir etapas propostas pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), para o monitoramento dos indicadores de saúde e educação, por exemplo.

A prefeita Socorro Neri disse que a discussão do Selo Unicef possibilita avaliar o que está sendo feito e indicar o que deve ser implementado. “Políticas públicas que busquem a proteção, promoção e o desenvolvimento integral das nossas crianças e adolescentes. Olhando para a realidade financeira do município, nós haveremos de encontrar condições de melhorar e aperfeiçoar cada vez mais o que já tem sido realizado ao longo dos últimos anos”.

Esta é a terceira vez que a Prefeitura busca o selo de ‘Município Aprovado’ pelo Unicef. O Selo Unicef é um prêmio internacional dado aos municípios pelas políticas voltadas ao atendimento de crianças e adolescentes. “Em Rio Branco nós temos avançado em muitos índices, de educação, acesso à saúde, à formação cada vez mais cidadã e de forma igualitária”, disse a secretária de Assistência Social e Direitos Humanos, Núbia Musis, que coordena a intermediação das instituições envolvidas.

Alcançar crianças e adolescentes excluídos das políticas públicas é o ponto central do Selo Unicef. De acordo com a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Iana Sarquis, esse é um momento de avaliação que pode ser melhorado com a implementação de novas ações, rever o que está e o que não está funcionando.

Continuar lendo

Acre

23% dos condutores usam o celular enquanto dirigem na Capital

Publicado

em

Uma pesquisa do Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) de 2018, divulgada nesta segunda-feira, 24, revela que os condutores de Rio Branco estão entre os que mais usam o celular enquanto dirigem. Conforme os dados, repassados pelo Ministério da Saúde, 23,8% dos motoristas da capital acreana comete o ato perigoso.

Nacionalmente, a média aponta que 19,3% da população das capitais brasileiras usam o celular enquanto dirigem, o que significa que de cada cinco pessoas, uma afirmou positivo em dirigir usando o telefone.

No ranking, Rio Branco só ficou atrás de Belém, capital do Pará, que ficou com 24%. Em seguida, aparecem Cuiabá (23,7%), Vitória (23,3%), Fortaleza (23,2%), Palmas (22,4%), Macapá e São Luís (22,3%). Já as capitais com menor uso de celular durante a condução de veículo foram: Salvador (14,1%), Rio de Janeiro (17,1%), São Paulo (17,2%) e Manaus (17,7%).

A pesquisa também mostrou que as pessoas com idades entre 25 e 34 anos (25%) e com maior escolaridade (26,1%), com 12 anos de estudo ou mais, são as que mais assumem esse comportamento de risco. Os motoristas com nível superior também são os que mais recebem multas por excesso de velocidade e que associam o consumo de bebida alcoólica e direção.

Nesta edição da pesquisa, foram entrevistadas por telefone 52.395 pessoas, maiores de 18 anos, entre fevereiro e dezembro de 2018. O ministério alertou ainda que os acidentes de trânsito são a segunda maior causa de mortes externas no país.

Além do uso do celular associado à direção, a pesquisa abordou também outros três importantes indicadores para a ocorrência de acidentes de trânsito: consumo abusivo de álcool abusivo, consumo de álcool em qualquer dose e multa por excesso de velocidade.

 

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.