Conecte-se agora

Pesquisa mostra que 64% dos riobranquenses consideram que área de asfalto piorou

Publicado

em

Levantamento aponta ainda que os principais gargalos da gestão de Socorro Neri são a segurança e iluminação que teve avaliação com tendência negativa.

A pesquisa do Instituto Real Time Big Data, contratado pela TV Gazeta, para avaliar a gestão de Socorro Neri e também aferir as intenções de votos visando as eleições de 2020, traz números em que os entrevistados avaliam uma série de áreas de atuação da gestão pública.

Um dos itens na pesquisa é com relação a qualidade do asfalto em Rio Branco. 64% dos entrevistados acreditam a situação piorou. Já 15% acreditam permaneceu igual e somente 17% afirma que melhorou. Não sabem ou não responderam registrou 4%.

Com relação a saúde pública municipal, 38% consideram que a situação piorou. 36% afirmam que permanece igual e 19% opinaram que melhorou. Não sabem ou não respondem registrou 7%.

O quesito educação também foi avaliado. Para 28% dos entrevistados a situação piorou. 40% afirmam que permanece igual e apenas 23% acreditam que melhorou. Não sabem ou não respondem registrou 9%.

A limpeza urbana também foi aferida no levantamento. 21% acredita que piorou. 44% opinaram que permanece igual e 33% afirmam que melhorou. 2% não sabem ou não responderam.

Outro ponto negativa para quem mora em Rio Branco é a questão da geração de emprego e renda. Para 63% dos entrevistados a situação piorou e 29% consideram que continua igual. 5% acredita que melhorou e 3% não souberam ou não responderam.

O levantamento também aferiu a questão da segurança pública na capital. Para 61% a situação piorou. 22% consideram igual a de antes e somente 8% acredita que melhorou. Não sabem ou não responderam registrou 9%.

Iluminação pública também foi tema da pesquisa do Instituto. Segundo os dados compilados, 45% dos entrevistados acreditam que piorou. 34% opinaram que permanece igual e somente 20% afirmam que melhorou. 1% não souberam ou não responderam.

O transporte público também foi avaliado. 37% dos entrevistados acreditam que piorou. Já 40% opinaram que permanece igual. Apenas 13% afirmam que melhorou. 10% não souberam ou não responderam.

Ligado ao transporte, a situação do trânsito na capital também foi avaliada. Segundo a pesquisa, para 35% dos entrevistados a situação piorou e permaneceu igual para 43%. 18% afirmam que melhorou e 4% não sabem ou não responderam.

A pesquisa ouviu 780 eleitores em Rio Branco entre os dias 6 e 7 de junho. A margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Recomendados da Web

Mais lidas