Conecte-se agora

Pesquisa mostra que 64% dos riobranquenses consideram que área de asfalto piorou

Publicado

em

Levantamento aponta ainda que os principais gargalos da gestão de Socorro Neri são a segurança e iluminação que teve avaliação com tendência negativa.

A pesquisa do Instituto Real Time Big Data, contratado pela TV Gazeta, para avaliar a gestão de Socorro Neri e também aferir as intenções de votos visando as eleições de 2020, traz números em que os entrevistados avaliam uma série de áreas de atuação da gestão pública.

Um dos itens na pesquisa é com relação a qualidade do asfalto em Rio Branco. 64% dos entrevistados acreditam a situação piorou. Já 15% acreditam permaneceu igual e somente 17% afirma que melhorou. Não sabem ou não responderam registrou 4%.

Com relação a saúde pública municipal, 38% consideram que a situação piorou. 36% afirmam que permanece igual e 19% opinaram que melhorou. Não sabem ou não respondem registrou 7%.

O quesito educação também foi avaliado. Para 28% dos entrevistados a situação piorou. 40% afirmam que permanece igual e apenas 23% acreditam que melhorou. Não sabem ou não respondem registrou 9%.

A limpeza urbana também foi aferida no levantamento. 21% acredita que piorou. 44% opinaram que permanece igual e 33% afirmam que melhorou. 2% não sabem ou não responderam.

Outro ponto negativa para quem mora em Rio Branco é a questão da geração de emprego e renda. Para 63% dos entrevistados a situação piorou e 29% consideram que continua igual. 5% acredita que melhorou e 3% não souberam ou não responderam.

O levantamento também aferiu a questão da segurança pública na capital. Para 61% a situação piorou. 22% consideram igual a de antes e somente 8% acredita que melhorou. Não sabem ou não responderam registrou 9%.

Iluminação pública também foi tema da pesquisa do Instituto. Segundo os dados compilados, 45% dos entrevistados acreditam que piorou. 34% opinaram que permanece igual e somente 20% afirmam que melhorou. 1% não souberam ou não responderam.

O transporte público também foi avaliado. 37% dos entrevistados acreditam que piorou. Já 40% opinaram que permanece igual. Apenas 13% afirmam que melhorou. 10% não souberam ou não responderam.

Ligado ao transporte, a situação do trânsito na capital também foi avaliada. Segundo a pesquisa, para 35% dos entrevistados a situação piorou e permaneceu igual para 43%. 18% afirmam que melhorou e 4% não sabem ou não responderam.

A pesquisa ouviu 780 eleitores em Rio Branco entre os dias 6 e 7 de junho. A margem de erro é de 4 pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%.

Propaganda

Acre

Expoacre Juruá 2019 ainda não tem atração musical confirmada

Publicado

em

A Expoacre Juruá 2019 será realizada em Cruzeiro do Sul nos dia 31 de agosto e 1° de setembro, sábado e domingo, na avenida Mâncio Lima, região central da cidade.

Ainda não há confirmação quanto à atrações musicais e segundo a secretária estadual de Turismo, Eliane Sinhasique, são os empresários cruzeirenses que vão escolher e pagar os shows. Governo do Estado e Sebrae, vão garantir a organização e estrutura, como as tendas, iluminação e regulação de trânsito, no mesmo molde da Expoacre em Rio Branco.

Sinhasique cita que o governador Gladson Cameli “quer tudo bem organizado. Vamos trabalhar em conjunto com todas as secretarias para fazer-mos uma festa maravilhosa”.

Em Rio Branco, a Expoacre, acontece de 27 de julho a 4 de agosto no Parque de Exposições Wildy Viana, no formato anterior de nove noites, que havia sido abolido no governo de Sebastião Viana.

Já estão confirmados os shows de Jorge e Mateus para o dia 28 e de Marília Mendonça para o dia 31 de julho. Os espetáculos serão pagos pela iniciativa privada, que também banca a estrutura e iluminação do palco.

Continuar lendo

Acre

Populares assistem troca da bandeira do Acre sob chuva fraca

Publicado

em

Nem mesmo o princípio de chuva atrapalhou a programação elaborada pelo governo do Acre para celebrar os 57 anos de elevação do território a Estado do Acre. Os populares presentes na Gameleira, às margens do Rio Acre, acompanhado de guarda-chuvas assistiram nesta tarde a troca da bandeira.

A emancipação política do Estado do Acre reuniu dezenas de pessoas no centro da capital.

Seu Francisco Emanuel fez questão de assistir de perto o desfile-cívico. Para ele, o mau tempo não atrapalha o evento. “Mesmo com a chuva podemos ver que as pessoas continuam aqui. É um ato de respeito ao nosso Acre”, diz o aposentado.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.