Conecte-se agora

Mesmo com volta de instituto profissional, mediadores e bolsistas continuam sem receber

Publicado

em

A criação do Instituto de Educação Profissional e Tecnológica (Ieptec), que é o antigo Instituto Dom Moacyr com uma nova nomenclatura representa uma luz no fim do túnel para a retomada do ensino profissionalizante do Acre, já que os cursos oferecidos pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) estão parados desde o início do ano.

Outro sério problema, que compromete as finanças de mediadores e educandos é a falta de pagamento. Segundo um mediador, que pediu pra não ser identificado, em 2019, os mediadores só receberam o pagamento dos meses de janeiro e fevereiro.

Como o presidente do Ieptec, Francineudo Costa, nomeado há menos uma semana, demonstra dificuldades em prestar esclarecimentos, já que não respondeu ao pedido de informações, o ac24horas, em respeito aos seus leitores, foi em busca de uma resposta com outras fontes dentro do antigo IDM.

A informação é que o atraso nos pagamentos nos últimos dias é muito simples e acontece em decorrência da equipe de gestores ainda está sendo nomeada dentro da estrutura do Ieptec, que foi criado pela última reforma administrativa.

“Estão chegando agora os chefes de departamento e diretores. Para que esses pagamentos sejam efetuados, é preciso a assinatura do chefe do financeiro, por exemplo. A coordenadora do Pronatec saiu e precisa de uma nova pessoa. São os trâmites normais e acredito que até o final da semana, todas essas nomeações estejam definidas e possamos continuar com os pagamentos”, afirma a fonte, que pediu para não ser identificada, por não ter autorização, assim como tem o presidente do Ieptec, para fornecer informações simples, de interesse de pais e mães de famílias que estão com atrasos em seus vencimentos.

Anúncios

Bombando

Newsletter

INSCREVER-SE

Quero receber por e-mail as últimas notícias mais importantes do ac24horas.com.

* indicates required

Mais lidas