Conecte-se agora

Citados em pesquisa para prefeito opinam sobre o resultado

Publicado

em

A primeira pesquisa de intenção de votos para as eleições do ano que vem em Rio Branco, foi comentada pelos principais nomes apontados pelos mais 780 eleitores entrevistados. A pesquisa foi contratada pela Rede Record e realizada pelo Instituto Real Time Big Data.

Quem aparece à frente com 24% da preferência do eleitorado é o ex-reitor da UFAC e candidato derrotado ao Senado Federal nas últimas eleições, Minoru Kinpara.

“Fiquei feliz com o resultado. Acredito que ainda é muito cedo, já que falta mais de um ano para a eleição. Eu não fiquei surpreso porque desde que terminou as últimas eleições, por onde tenho andado existe um sentimento por parte da população para que coloque meu nome à disposição’, disse Minoru.

Em relação ao partido que irá se filiar, Kinpara afirma que ainda não decidiu, mas confirmou que o namoro mais forte é mesmo com o PSDB. “Eu tenho uma conversa avançada com o PSDB. Há uma possibilidade muito grande, mas não é algo ainda definido”.

E segundo os números da pesquisa, é também do PSDB a segunda colocada nas intenções de voto. Com 18%, aparece o nome da deputada federal Mara Rocha. “Fiquei feliz e emocionada com o carinho da população de Rio Branco que, mais uma vez me abraça. Antes, com 30 mil votos para deputada, agora se lembrando do meu nome para a prefeitura. Entretanto, nesse momento o meu foco está no mandato e nas importantes reformas que teremos que votar, principalmente no pacote anticrime sugerido pelo Ministro Moro”, disse a parlamentar.

Já o ex-candidato ao governo do Acre pelo PSL e outro prefeiturável, Coronel Ulysses, se disse muito satisfeito com o índice de 3% na pesquisa. “Minha avaliação é que fomos muito bem. Nós não temos mandato, não estamos no poder, já que não temos cargos a nível federal, estadual e municipal. Estamos indo apenas com o nosso próprio nome. Por isso a avaliação é muito positivo ser lembrado por tanta gente”.

Roberto Duarte, deputado estadual pelo MDB, apareceu com 5% da intenção de voto. “Pesquisa é questão de momento, frisa-se que nesse momento temos um recall eleitoral das últimas eleições. Eu não sou pré candidato a prefeito, mas mesmo assim apareci nas pesquisas de intenção de votos, fiquei feliz por ser lembrado pela população de Rio Branco”.

O atual secretário de infraestrutura do governo do estado, Thiago Caetano, pode ser o ungido de Gladson Cameli para concorrer a prefeitura. Ele, assim como fez Duarte, lembrou da memória eleitoral. “É normal esses nomes à frente por causa da memória eleitoral recente. Fico bastante feliz em ser lembrado, mas por enquanto o nosso foco e dedicação são exclusivos aqui na Seinfra”.

Quem não esconde o interesse em disputar a prefeitura de Rio Branco é atual superintendente do Ministério da Agricultura, Luziel Carvalho. “Fiquei muito feliz. A gente aparecer em uma pesquisa com tantos nomes conhecidos na política é muita satisfação”.

A prefeita Socorro Neri, o ex-candidato ao senado, Ney Amorim e o ex-prefeito de Rio Branco, Raimundo Angelim, também citados na pesquisa, foram procurados, mas não se manifestaram sobre os números de intenção de votos para a prefeitura da capital.

Propaganda

Acre

Coronel assume subcomando geral do Corpo de Bombeiros no Acre

Publicado

em

O Coronel Charles da Silva Santos assume oficialmente nesta quarta-feira, 21, como subcomandante geral do Corpo de Bombeiros Militar no Acre. A nomeação foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) de hoje. De acordo com o órgão, Santos estava há oito meses como Coordenador Estadual do Fundo de Segurança Pública e Coordenador Operacional do CIOSP da Secretaria de Estado e da Segurança Pública. Ele já foi Comandante Operacional de Rio Branco e do interior e chefiou o gabinete do Comandante-geral.

O novo subcomandante é bacharel em Ciências Contábeis, com pós-graduação em administração pública e Segurança pública. Agora, irá conduzir a corporação ao lado do comandante-geral, Coronel Carlos Batista.

Coronel Charles garante que está preparado para a nova missão. “Darei irrestrito apoio as demandas do Comandante-geral e consequentemente da corporação. Junto com os Oficiais, praças e funcionários civis, faremos uma administração boa para todos, visando nosso público mais importante que é a comunidade acreana”, disse o novo Subcomandante.

Com informações da Assessoria

Continuar lendo

Acre

Gladson Cameli torna sem efeito promoções de PM’s e Bombeiros

Publicado

em

Após a reportagem do ac24horas, na qual o Ministério Público do Acre (MPAC) recomendava a revogação das promoções de agentes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Acre pelo cometimento de ato improbidade administrativa, o governador Gladson Cameli (Progressistas) acatou a recomendação do Ministério Público e tornou sem efeito o Decreto nº 3.161, na manhã desta quarta-feira, 21, por meio do Diário Oficial do Estado do Acre (DOE).

RELEMBRE O CASO – Em suma, o MPAC pedia a revogação das promoções de agentes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros do Acre e advertia ainda da necessidade de readequação dos gastos com pessoal, uma vez que tal decisão gera impacto nas contas públicas. O MPAC havia estipulado um prazo de 15 dias para manifestação do governador.

Tal decisão, infligiu a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e desconsiderou o que prevê o Artigo 12 do Decreto nº 114/1975, no qual determina que as decisões envolvendo promoções devem se dá “mediante proposta do Comandante Geral da Corporação, ouvido o Estado Maior do Exército, através da IGPM”. Gladson descumpriu e ignorou tal determinação.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.