Conecte-se agora

Menino improvisa uniforme e usa botas por não ter chuteira

Publicado

em

Uma fotografia registrada no município de Mâncio Lima tem emocionado moradores da região do Juruá. Um garotinho de aparência franzina, que deve ter, no máximo, 10 anos de idade, aparece num campo de futebol ao lado de outras crianças. Uma cena comum, não fosse o traje que o menininho veste.

As tradicionais chuteiras e camisa oficial de time foram substituídas por uma bota e uma camisa pintada à mão. A leta ‘F’, o número 10 e a palavra ‘atacante’, pintada de verde e preto, escrito à mão, remonta a camisa original do projeto F 10, da Fenômeno Academia, que funciona no município.

O registro, inclusive, foi feito pelos treinadores da academia, no momento em que o garotinho, chamado Pedro, acompanhava o treino. Ao site do município de Cruzeiro do Sul, OJuruáEmTempo, o proprietário da academia, José Gomes, disse que atua com um projeto social para atender crianças carentes bolsistas, além de crianças que pagam mensalidade pela escolinha de futebol.

“O Pedro nos procurou e colocamos ele como bolsista. No nosso trabalho exigimos padronização. Todos precisam usar uniformes e calçados adequados. Como ele não tinha, ele pintou a camisa como número F10 e também pintou a bota. Isso comoveu a todos”, disse o empresário.

José relata que assim como Pedro, outras crianças carentes e sem condições de obter o material necessário participam do projeto. “Estamos com uma demanda muito grande. Esse caso do Pedro foi algo muito espontâneo e natural, por isso tivemos a ideia de compartilhar com outras pessoas”, afirmou.

Doações

Por isso, a academia faz um pedido aos internautas acreanos, pois está aceitando doações de materiais esportivos a serem doados para crianças como o pequeno e sonhador Pedro. Chuteiras e outros itens que possam ser utilizados pelos garotos.

Ao todo, o projeto atende 70 crianças em Cruzeiro do Sul e 15 em Mâncio Lima, com idades que variam entre 5 a 18 anos.

Propaganda

Destaque 7

Energisa atende solicitação do Legislativo e garantirá energia elétrica na Vila Restauração

Publicado

em

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Nicolau Júnior (Progressistas), se reuniu na manhã desta quarta-feira (18), juntamente com o deputado Luís Tchê (PDT), com o diretor presidente da Energisa, José Adriano Mendes Silva. Na pauta de reunião, a apresentação do modelo otimizado de operação para geração e distribuição de energia elétrica em região remota dos sistemas isolados.

A boa notícia é que a Vila Restauração localizada no município de Marechal Thaumaturgo, será agraciada com o projeto, isso graças a uma solicitação do parlamento acreano. O sistema será implantado na comunidade em parceria com o governo do Estado.

Localizada dentro da Reserva Extrativista a 70 km do município, a comunidade possui 170 casas. Metade das residências é atendida por 4 horas ao dia por gerador à diesel da prefeitura.

“Fizemos uma solicitação formal a Energisa com o intuito de encontrar uma solução para a comunidade. As famílias da Vila Restauração passam maus bocados com a falta de energia elétrica, eles dependem do gerador há anos e nós queremos mudar essa realidade. E hoje, o presidente da Energisa veio aqui para explicar passo a passo de como esse importante trabalho será realizado. Estou muito feliz com a notícia. Agradeço ainda o governador Gladson Cameli que também será parceiro na execução desse projeto”, disse o presidente Nicolau Júnior.

O presidente da Energisa frisou que a Empresa investe 1% de sua receita operacional líquida em projetos de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico do Setor de Energia Elétrica – P&D, com o objetivo de inovar e fazer frente aos desafios tecnológicos do setor elétrico. Disse ainda que o sistema que será implantado na comunidade garantirá energia elétrica de qualidade aos moradores.

“Nós vamos montar um sistema inteligente na Vila Restauração. Estou apresentado hoje ao presidente Nicolau um projeto piloto de pesquisa e desenvolvimento de bateria solar. E outra, nós iremos monitorar o projeto daqui de Rio Branco por via satélite, por 24 horas. Iremos também instalar medidores inteligentes que mostrarão quanto cada família está consumindo de energia por dia. Uma inovação mesmo, que mudará para melhor a vida dos moradores daquela região”, explicou.

Mircléia Magalhães

Agência Aleac

Continuar lendo

Destaque 7

Jéssica e vereadores reivindicam investimentos na saúde

Publicado

em

Audiência com Ministro da Saúde

A deputada Jéssica Sales (MDB) cumpriu agenda no Ministério da Saúde e foi recebida pelo Ministro Luiz Mandetta. Conduziu a reunião com a participação dos Vereadores da Câmara Municipal de Cruzeiro do Sul, Romário Tavares (MDB), Professora Mariazinha (PHS) e Ocenir (PDT) e tratou de questões importantes para a área de saúde no Acre.

Jéssica Sales voltou a reivindicar recursos para executar um sonho antigo para o Vale do Juruá, a construção de um CER – Centro Especializado de Reabilitação. Desde o mandato anterior, a parlamentar persiste nesse propósito de levar para Cruzeiro do Sul, um centro de excelência para atender as pessoas que necessitam de tratamento de reabilitação, portadoras de deficiência física, auditiva e visual.

Outro importante investimento sugerido ao Ministro Mandetta pelo Ver. Romário Tavares e chancelado pela deputada Jéssica Sales, é a implantação no Acre, de mais uma unidade do LACEN – Laboratório Central de Saúde Pública, este, em Cruzeiro do Sul. “Estamos em uma região endêmica, com elevados índices de malária, hepatite e dengue e não temos um laboratório da rede pública para realização de exames e diagnóstico das doenças – afirmou Romário Tavares.

Uma outra preocupação enfatizada por Jéssica Sales é a falta de estrutura física, transportes (ambulâncias básicas e avançadas) e equipamentos nas unidades hospitalares. A parlamentar fez um apelo ao Ministro, para que ajude o estado. ” A saúde está crítica em todo o Acre, não adianta se enganar, fingir que está tudo bem. São mais de 14 mil pessoas na fila do TFD (Tratamento fora do Domicílio) algumas, aguardando há anos. Enfrenta ainda, o problema de falta de estrutura nos hospitais, “fiz o convite ao Ministro para ele checar in loco a situação do nosso estado e realmente nos ajudar”, disse a parlamentar.

O ministro Mandetta mostrou-se sensível a situação diante do relato das autoridades e aceitou o convite, mas que antes mesmo de ir ao Acre, iria fazer um levantamento técnico da situação e dentro do orçamento ministerial iria priorizar o estado.

Além das reivindicações apresentadas, Jéssica Sales intercedeu pela liberação de pagamentos de emendas de sua autoria referentes a construção de UBS nos municípios acreanos e ressaltou ” Espero que o ministro nos ajude, mas estarei fazendo o que sei de melhor nesses ministérios, cobrar, insistir, defender as famílias acreanas, nosso estado!”- disse Jéssica Sales

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.