Conecte-se agora

Jogos Vorazes!

Publicado

em

Os atuais vereadores terão que passar pelo julgamento das urnas no ano que vem. Faltando apenas um ano e cinco meses para a eleição, a preocupação com a reeleição começa a roubar o sono de quem almeja continuar no mandato. É mais do que óbvio que nem todos vão permanecer nas cadeiras do poder municipal. A eleição será mais uma edição dos “Jogos Vorazes”.

Muitos são os obstáculos, mas o principal é o exército de sonhadores do lado de fora das Câmaras querendo representar o povo de acordo com seu ponto de vista. Entretanto, nesse “Jogos Vorazes” existem outros inimigos mortais para quem exerce a função parlamentar e não deseja voltar para o andar de baixo de jeito nenhum. Para vencer é preciso estar armado até os dentes!

A formação da chapa, ou seja, da equipe, é a segunda maior dificuldade. Não existe parceria. Solidariedade nem em sonho. O principal inimigo não é o do outro time, da outra sigla. O inimigo mora ao lado, come à mesa. Por isso, ninguém quer se filiar a um partido político que tenha vereadores. Vai só servir de boi de piranha, de bucha ou, como preferem alguns, de isca para puxar votos para o que será mais votado. Para o “bisaco” da legenda!

Nos “Jogos Vorazes Eleitoral” quem exerce o mandato é o preferido da direção do partido. Os dirigentes são responsáveis por alimentar o sonho “dos buchas” com frases de efeito poderosas como, por exemplo, “vi uma pesquisa em que você era o primeiro”, “o nosso partido fará quatro ou cinco vereadores, certeza que um é você”, “tenho encontrado muitos votos seus”, “não peçam dinheiro estamos todos grampeados”, “cara você está bem demais” e vai por aí afora…ao final um ou dois vencem e a primeira coisa a fazer é acertar um pé nos glúteos dos que somaram na legenda. Depois da eleição some todo mundo, ficam as dívidas. O mandato é de quem ganha e não do partido. (Há controvérsias!)

Um outro inimigo poderoso é o que, como diz o Zé Povinho, passa quatro anos sem dá um prego numa barra de sabão. Mas quando vai chegando o dia “D” sente que pode perder o mandato, fica desesperado correndo atrás de amigos e cabos eleitorais que desprezou. Às vezes, até do partido que lhe deu legenda. Se tiver juntado uns trocados pode comprar novamente as lideranças que o apoiaram, mas nunca será a mesma coisa. Haverá a desconfiança.

Para finalizar os Jogos Vorazes o vereador-candidato terá que enfrentar os juízes. Não do Tribunal Regional Eleitoral ou das zonas eleitorais. Mas o povo! Se o povo decidir que ele precisa sair do mandato não adianta nem reza, nem choro e nem vela. Vai ficar fora da arena ao menos uns dois, quatro ou mais anos. Alguns aposentam as armas. O certo é que nos bastidores os “Jogos Vorazes” já começaram. Fiquem atentos!

. Se a prefeita de Brasiléia, Fernanda Hassem (PT), toca a prefeitura bem a prefeita de Tarauacá, Marilete Vitorino (PSD), está exatamente no lado oposto.

. Uma ruindade!

. Nada contra a pessoa, mas sim a péssima administração que ela faz no município.

. A Marilete está cansada, angustiada, uma lassidão só…

. Na verdade, a culpa não é da Marilete, mas do sistema pelo qual se elegeu.

. A maior m* que o presidente Fernando Henrique Cardoso fez na história do Brasil foi comprar a emenda da reeleição por R$ 200 mil cada voto.

. Pagos pelo todo poderoso ministros da Teles, o Serjão, amigo íntimo de FHC, uma lástima!

. A Marilete não vem de uma reeleição, mas de um segundo mandato o que dá no mesmo!

. Perguntem ao Jorge Viana e ao Raimundo Angelim como fazer bem um segundo mandato, os únicos que conheço que se saíram bem.

. Consta que o Vagner Sales também!

. O presidente do Senado, Davi Alcolumbre, declarou que a Casa vai começar a trabalhar a reforma política no 2º semestre.

. Nem tudo está perdido.

. A propósito, Fernanda Hassem está em Brasília essa semana em busca da liberação de recursos para Brasileia.

. Ela faz uma verdadeira peregrinação andando de gabinete em gabinete.

. Publicou em suas redes sociais que visitou todos os parlamentares, deputados e senadores pedindo ajuda para a liberação de verbas que podem ajudar a cidade.

. Fernanda é daquelas prefeitas que não olha bandeira partidária, sempre foi assim.

. Desde o início de seu mandato tem pedido ajuda a todos os parlamentares, da oposição e situação, afinal para a população não existe isso, o que vale são os benefícios.

. Fernanda destaca que tem contado com a ajuda de parlamentares como o senador Sérgio Petecão, Jéssica Sales e Alan Rick e busca o apoio dos demais deputados e senadores do Acre.

. Quem ganha com esse tratamento republicano é a população de Brasileia.

. Aliás, Brasileia vive um verdadeiro canteiro de obras nesse verão, são obras na cidade e na área rural.

. A operação verão tem realizado serviços de tapa-buracos nos bairros e nas vias principais da cidade, limpeza nas ruas e praças, melhoramento de ramais, reposição da iluminação pública.

. Recentemente a administração municipal fez a aquisição de um equipamento que faz a limpeza da cidade, o vassourão, a cidade está mais limpa e mais organizada.

. Defensoria quer dinheiro!

. Tribunal de Justiça quer dinheiro!

. O governador quer dinheiro para o Estado!

. Os prefeitos querem dinheiro também!

. Só tem um problema:

. Não tem dinheiro!

. “Papai me dê R$ 50”!

. “R$ 40 ??!! Pra quê R$ 30; R$ 20 é muito, tome R$ 10 devida com seus irmãos e traga o troco pro pão”!

. Bom dia!

Propaganda

Coluna do Astério

Gladson não tem candidato a prefeito!

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Tchê sugere imitar Binho na Saúde!

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE
Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.