Conecte-se agora

Deputado de Rondônia critica valores do IPVA: “são 100% mais caros que o do Acre”

Publicado

em

O deputado Adailton Furia, do PSD de Rondônia, aproveitou de uma audiência com gestores do sistema de trânsito daquele Estado para criticar os valores do Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotivo (IPVA). “Os valores do IPVA precisam ser revistos, levando em conta que Rondônia cobra 100% mais caro que o Estado do Acre”, disse Furia. E completou:

“Pagamos um dos IPVAs mais caro do Brasil. Aqui do lado, no Acre o valor do licenciamento é de R$ 64,00, enquanto Rondônia cobra R$ 130,00. Lá o valor cobra no IPVA é calculado em cima de 1% do valor do veículo, aqui 3%. Isso precisa ser ajustado. Pagamos tão caro é qual a retribuição que temos? Nossas estradas estão todas detonadas. Quando pagamos o IPVA queremos no mínimo condições de trafegabilidade”.

O rondoniense pode estar apenas empolgado: em 2017 levando em conta o valor venal do Chevrolet Onix Joy 1.0 zero km em R$ 39,1 mil o contribuinte pagou R$783. Em Rondônia, pelo mesmo modelo, o contribuinte pagou R$783. Ou seja: mesmo valor em ambos Estados.

Em 2019, O IPVA equivale a 2% do valor venal do veículo no Acre. Rondônia foi colocado pelo portal Lendico, especializado em administração, junto com Acre, Espírito Santo, Mato Grosso, Santa Catarina e Tocantins no grupo que pagará alíquota de 2% pelo IPVA de um automóvel de passeio flex de pessoa física no valor de R$ 40 mil.

Propaganda

Destaque 4

Comissão de Saúde cobra funcionamento imediato do serviço de radioterapia do Unacon

Publicado

em

A Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Acre esteve na manhã desta quinta-feira (14) visitando o Hospital do Câncer (Unacon). Na visita, os parlamentares constataram que o aparelho linear de radioterapia ainda não está funcionando, sendo uma das maiores reivindicações dos pacientes que fazem o tratamento de câncer no Estado.

Os deputados também detectaram a falta de medicamentos e insumos hospitalares.

Para o deputado Jenilson Leite ( PSB), vice-presidente da ALEAC, a visita ao Unacon teve como foco o funcionamento da radioterapia. Segundo Leite, “é injustificável que praticamente todos os pacientes do estado estejam fazendo tratamento em Porto Velho porque o aparelho não está funcionando por falta de climatização na sala que custa dez mil reais e a visita da comissão nacional de energia nuclear “. O deputado salientou que a comissão vai acionar a bancada federal para agilizar em Brasília a visita dessa comissão e cobrar do secretário de Estado de Saúde do Acre para que providencie o orçamento necessário da climatização da sala. ” Temos um aparelho moderno, aonde poucos estado tem e não funciona por conta de situações fáceis de resolver”.

Já o deputado Roberto Duarte ( MDB), classificou a demora para o funcionamento do aparelho como inaceitável. ” Isso é muito grave. O aparelho que é uma das principais reivindicações dos pacientes e
estar parado”.

Segundo os membros da Comissão de Saúde, a falta de medicamentos e insumos serão temas de debate na comissão e, posteriormente na tribuna da Casa.

Continuar lendo

Destaque 4

Na OAB-AC, Meire Serafim instrui mulheres sobre a participação feminina na política

Publicado

em

A deputada estadual Meire Serafim (MDB) participou nessa quarta-feira, 13, de uma palestra organizada pela Ordem dos Advogados do Acre (OAB-AC) sobre a participação da mulher na política. O evento, denominado ‘Elas na Política’, ainda teve a presença de demais autoridades políticas femininas do Estado, como a parlamentar Jessica Sales e a vereadora Lene Petecão.

Por meio da Comissão da Mulher Advogada, Meire pode explicar no Ciclo de discussões questões relacionadas à democracia, representatividade e gênero, tratando como garantir a participação efetiva das mulheres. “Citei a importância da representação feminina na política e demais setores da sociedade”, disse a deputada.

Segundo a parlamentar, hoje as mulheres somam 52% da população brasileira e 52,5% do eleitorado brasileiro. “Por isso, o público feminino é decisivo nas decisões democráticas do nosso país”.

De acordo com a fala da deputada na palestra, é necessário respeitar as diferenças e combater as desigualdades. “Só assim caminharemos para uma sociedade mais justa e igualitária”, afirmou.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.