Conecte-se agora

Após esquartejar criança, companheira conta em vídeo que iria fritar pele e triturar ossos

Publicado

em

FOTO: METRÓPOLES

Na Delegacia de Polícia onde está detida, na cidade de Samambaia (DF), a acreana Rosana Auri da Silva Candido, que assassinou o próprio filho, Rhuan Maycon da Silva Castro, de apenas 9 anos, contou os motivos que o fizeram cometer o crime na noite dessa sexta-feira (31).

Demonstrando frieza, ela afirmou que tanto o pai da criança, ex-namorado dela, quanto seu próprio pai, avô de Rhuan, a agrediram física e verbalmente há cerca de dois anos, por ela ter se convertido à religião evangélica. “Para mim, foi a solução. Seria hipocrisia minha dizer que não sabia o que estava fazendo, mas [matar o menino] foi a única coisa que passou na minha cabeça”, disse a acusada.

A companheira de Rosana, Kacyla Priscyla Santiago Damasceno Pessoa, 28 anos, acusou a namorada de ter planejado o crime e afirmou que apenas a auxiliou no crime porque foi pressionada. “Eu tinha me arrependido e ela ficou brigando comigo. Disse que ia fazer sozinha. Então, eu só auxiliei”.

Kacyla contou, ainda, que “antes de ela fazer isso, eu fiquei segurando o braço dela. Passamos 30 minutos ali. Fiquei perplexa, sem movimentar o corpo, e quando vi, ela já tinha dado a primeira facada”, detalhou.

ATROCIDADES

Num vídeo gravado enquanto as suspeitas dão depoimento à imprensa local do Distrito Federal, Kacyla Priscyla dá detalhes de como assassinaram a criança. Questionada sobre a morte do menino, a própria mãe revelou que “cortei os membros com uma faca e um martelo”. A companheira declarou que o plano de ambas as assassinas era triturar os ossos e jogar a carne numa descarga e fritar a pele da criança.

VEJA O VÍDEO:

Propaganda

Destaque 4

Após 10 anos, reservatório de água no bairro Comara passa por limpeza

Publicado

em

Começou na última quinta-feira, 22, as operações de limpeza dos reservatórios de água de Rio Branco. O Departamento Estadual de Água e Saneamento (Depasa) é quem realiza o serviço. A primeira operação de limpeza ocorreu no reservatório do bairro Comara, no Segundo Distrito da capital. Com capacidade para armazenagem de 1.000 m³ de água, o reservatório é utilizado para garantir o abastecimento dos bairros Cidade Nova, Quinze, Taquari, Seis de Agosto, Comara e Via Chico Mendes.

Para a realização do trabalho, as equipes utilizaram motor bomba, iluminação adequada à operação, cordas, escadas, vassouras, rodos, além de pá e enxadas para retirada da areia acumulada no reservatório.

A limpeza periódica das estações e reservatórios garante a qualidade da água que chega à casa do usuário do Depasa. No caso do reservatório do Comara, a operação não era realizada há mais de 10 anos.

O sistema de abastecimento de água de Rio Branco conta atualmente com 11 reservatórios apoiados. A programação para 2019 inclui a limpeza periódica de todas as unidades.

Veja a programação de limpeza dos reservatórios:

02 Calafate e Tucumã 28/08/2019

01 Horto Florestal 30/08/2019

02 Placas e Bem Te Vi 03/09/2019

01 São Francisco 05/09/2019

01 Portal da Amazônia 10/09/2019

01 Santo Afonso 12/09/2019

01 Central Palheiral 17/09/2019

01 Booster ETA I 19/09/2019

01 ETA II 25/09/2019

Fonte: Agência de Notícias do Acre

Continuar lendo

Acre 01

Integrante de facção mata rival com 8 facadas e comemora morte lambendo a faca com sangue

Publicado

em

Por

André Wiryson Lima da Silva jovem, de 21 anos, foi curtir um forró com a namorada, de 16 anos, na noite desta sexta-feira (23), no bairro Três Botequins, em Brasiléia, quando foi surpreendido por três indivíduos de uma facção rival, que iniciaram um cerco contra ele.

André tentou se evadir do local com a namorada, mas foi atacado pela costas por Alex da Silva Oliveira (19), conhecido como ‘Popó’. A vítima foi ferida na altura do peito.

Mesmo ferido ainda tentou correr pela Avenida, mas outros dois comparsas: Eberson Silva Almeida (26), vulgo ‘Katanga’, que estava em liberdade a 12 dias do FOC, e um menor de 17 anos, tentaram segurar a vítima para que fosse golpeado mais vezes.

André ainda caminhou sangrando por cerca de 150 metros até receber mais cinco estocadas nas costas e duas no pescoço. Com a gravidade dos ferimentos, não resistiu e morreu no local.

Segundo relato da namorada, que assistiu tudo, Alex teria ‘lambido’ a faca manchada de sangue ao falar: “matei um alemão”.

Policiais Militares foram acionados e conseguiram chegar no local antes da fuga dos acusados.

Alex foi preso e Eberson ‘Katanga’, tentou negar sua participação, mas por ser velho conhecido da Justiça, foi reconduzido e o menor será encaminhado ao MP e judiciário para medidas cabíveis.

O trio foi conduzido para a delegacia, onde foi lavrado o flagrante de homicídio. O corpo foi conduzido ao IML de Rio Branco para exames e depois liberado aos parentes.

Com informações do Alto Acre

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.