Conecte-se agora

Funcionário do Atacadão que morreu em acidente era do Amazonas, estudava pedagogia e sonhava ser professor em sua terra Natal

Publicado

em

O corpo do funcionário da empresa Atacadão, o jovem Aldair de Souza dos Santos, de 22 anos, vítima de um acidente fatal esmagado por um caminhão na tarde da quinta-feira (23) será encaminhado na manhã desta sexta ao estado do Amazonas, onde serão realizados o velório e o sepultamento por familiares e amigos.

Segundo informações de funcionários e amigos de trabalho, Aldair era natural de Pauini, município no interior amazonense, e veio morar em Rio Branco para estudar pedagogia e voltar para a sua terra natal onde tinha o sonho de exercer a profissão no município aonde era muito querido. Infelizmente, o sonho do jovem foi interrompido após o trágico acidente.

De acordo com o advogado do Atacadão, Tobias Levi de Lima Meireles, a empresa está cumprindo com sua obrigação, adotando todos os procedimentos legais e arcando com as despesas.

A reportagem do ac24horas tentou contato com familiares no Instituto Médico Legal (IML) mas ninguém foi encontrado.

Amigos informaram ainda que Aldair morava sozinho no bairro Belo Jardim, segundo distrito de Rio Branco, era muito querido no local onde já trabalhava há mais de um ano. No tempo de descanso, o jovem aproveitava para fazer a leitura dos livros do curso de pedagogia.

Policiais Militares do Batalhão de Trânsito, informaram a reportagem do ac24horas, que motorista que estava conduzindo o caminhão, foi submetido ainda no local do acidente ao teste do bafômetro e o resultado foi negativo.

O condutor do caminhão, que não teve o nome revelado foi conduzido muito abalado a Delegacia de Flagrantes (Defla) para prestar esclarecimentos. O Delegado plantonista, o indiciou pelo crime de homicídio culposo, quando não há a intenção de matar e só foi liberado após o pagamento de uma fiança de 2 mil reais.

Propaganda

Cotidiano

Incêndio destrói casa e deixa família sem nada, em Porto Acre; polícia investiga o caso

Publicado

em

Um incêndio de grandes proporções destruiu completamente uma residência localizada no município de Porto Acre. O fogo se alastrou pela casa na madrugada deste sábado, 15, por volta das 03h40 da manhã.

A casa, situada na rua Ulisses Guimarães, no bairro Tancredo Neves, sofreu prejuízo total. Todo o imóvel foi perdido.

Segundo a guarnição do Corpo de Bombeiros que atendeu a ocorrência, a casa era feito de madeira. Os proprietários da residência não estavam no local no momento do incêndio, já que, segundo informações de vizinhos, eles moram em outra localidade.

Todas as paredes foram consumidas pelo fogo, restando apenas o banheiro, construído de alvenaria. No local, os Bombeiros debelaram as chamas e evitaram que o fogo propagasse para residências vizinhas.

A equipe ainda não sabe o que pode ter motivado o incêndio.

Continuar lendo

Cotidiano

Morre em Belo Horizonte, a terceira vítima da explosão de barco em Cruzeiro do Sul

Publicado

em

Antônio José de Oliveira, de 33 anos, morreu hoje no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, onde estava internado desde que foi transferido de Cruzeiro do Sul.

É a terceira vítima fatal da explosão do barco no dia 7 de junho, que deixou 18 pessoas feridas. O estado de saúde dele era considerado gravíssimo e Antônio não resistiu. Agora a família vai trazer o corpo para o sepultamento em Cruzeiro do Sul.

O estado de saúde do dono do barco, Francisco Luna, que está no mesmo hospital mineiro também é gravíssimo.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.