Conecte-se agora

Mara Rocha diz em rede social que muita gente tem medo do Moro

Publicado

em

A deputada federal Mara Rocha (PSDB) e o irmão Major Rocha, vice-governador do Acre, fizeram uma transmissão ao vivo no Facebook na tarde desta quinta-feira, 23, para comentar a decisão da Câmara dos Deputados que devolveram o comando do Controle de Atividades Financeiras (Coaf) ao Ministério da Economia, tirando das mãos de Sérgio Moro, Ministro da Justiça.

Mara foi a única parlamentar do Acre que votou a favor da manutenção do órgão no Ministério da Justiça. Moro classifica o Coaf como estratégico para o combate à corrupção no país.

“A verdade é que houve uma manobra. Muita gente tem medo do Moro. Infelizmente perdemos por 18 votos, mas esperamos que a população faça pressão com os senadores para que essa pressão possa devolver o Coaf ao Ministério da Justiça”, disse Mara.

Rocha afirmou que a Lava Jato tá passando o Brasil à limpo e pediu que a operação passe no Acre. “Seria interessante uma visita ao Acre, isso tá faltando. Foram mais de 4 bilhões que foram tomados emprestados e não vemos essas obras. Tem notícias lá atrás de que o estado gastou mais de 20 milhões na primeira eleição do Lula com a agência Asa Publicidade, a mesma do mensalão”.

Mara convidou o irmão para ir junto ao Ministério da Justiça solicitar uma visita de Sérgio Moro ao Acre. “Vamos fazer essa agenda e cobrar que venha ao Acre. O Brasil não podia ficar do jeito que tava. Não é possível mais passar à mão. Havia uma prática de que quem tava do nosso lado não é bandido. Isso não pode mais. Bandido é bandido e não tem cor partidária”, disse Rocha.

A deputada federal lembrou que Rocha pediu a expulsão do mineiro Aécio Neves, que hoje também é deputado federal, já foi senador e candidato a Presidente da República pelo mesmo PSDB, mesmo partido dos dois.

Propaganda

Acre

Populares assistem troca da bandeira do Acre sob chuva fraca

Publicado

em

Nem mesmo o princípio de chuva atrapalhou a programação elaborada pelo governo do Acre para celebrar os 57 anos de elevação do território a Estado do Acre. Os populares presentes na Gameleira, às margens do Rio Acre, acompanhado de guarda-chuvas assistiram nesta tarde a troca da bandeira.

A emancipação política do Estado do Acre reuniu dezenas de pessoas no centro da capital.

Seu Francisco Emanuel fez questão de assistir de perto o desfile-cívico. Para ele, o mau tempo não atrapalha o evento. “Mesmo com a chuva podemos ver que as pessoas continuam aqui. É um ato de respeito ao nosso Acre”, diz o aposentado.

Continuar lendo

Acre

Internos do ISE cantam em homenagem aos 57 anos do Acre

Publicado

em

Cerca de 30 menores reeducandos do Instituto Socioeducativo do Acre (ISE) se apresentam na comemoração dos 57 anos de elevação do território acreano a Estado. Eles cantaram os hinos do Estado e do município de Cruzeiro do Sul na tarde deste sábado, 15, às margens do Rio Acre.

Está é a primeira vez que internos do ISE participam da programação de aniversário do Acre.

Para o diretor do ISE no Acre, essa é uma maneira de reconhecer o trabalho que vem sendo realizados com os jovens. “Essa é uma data
que tem uma simbologia muito importante e a participação dos reeducando mostra que estamos colhendo frutos com relação a inserção desses jovens na sociedade”, diz Rogério Silva.

Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.