Conecte-se agora

Tchê no comando!

Publicado

em

Desde que assumiu o mandato o governador Gladson Cameli (Progressista) teve realmente a primeira vitória na Assembleia Legislativa. Coube ao novo líder, deputado Luís Tchê (PDT), o papel fundamental de estabelecer o diálogo entre os deputados da base do governo e o Palácio Rio Branco. A função caiu como uma luva para um parlamentar que está no quarto mandato e um governo que ainda trabalha para acertar o rumo. Prevaleceu a experiência e a compreensão de que as coisas mudaram. A reforma administrativa, segundo o governo, será importante para que os serviços estratégicos funcionem adequadamente para a população. Se será utilizada apenas para fins políticos o povo saberá julgar.

Quanto ao deputado Gerlen Diniz (Progressista), ex-líder, foi um dos melhores deputados da oposição na legislatura passada. Ajudando, inclusive, o governador Gladson Cameli, do seu partido, e o vice major Rocha (PSDB) a desancarem o PT do governo depois de 20 anos. Porém, com a nova configuração política sua escolha para ser o líder foi um equívoco. Não é de seu feitio. Assim como no futebol, para liderar um time, na política também tem que ter estilo, jeito, manha, catimba. Gerlen contribuiu para a vitória do governo na sessão de ontem ao eu jeito, a sua maneira. Tudo na política passa, inclusive a era Dunga.

. Semana passada o colega Luís Carlos Moreira Jorge disse, na coluna do Crica, que o novo líder do governo, deputado Luís Tchê (PDT), passaria pelo batismo de fogo na votação da reforma política.

. Passou e foi aprovado!

. O governador Gladson Cameli (Progressista) comentou que deve ao major Rocha a coesão da base do governo.

. A partir da ida do Rocha a Assembleia Legislativa protocolizar a LDO e a reforma política as coisas começaram a mudar.

. Também não esqueceu da postura competente e firme do deputado Luís Tchê.

. Desde que começou o novo governo foi a primeira vez que a base parlamentar atropelou a oposição.

. “Nas democracias quem manda é a maioria”, já dizia o cientista político, Valdir Cabidh! A minoria em o direito de espernear.

. Foi assim na Assembleia Legislativa em todas as legislaturas.

. Perguntado pelo deputado Calegário o que ele achava dos requerimentos solicitando informações de secretários não serem aprovados no plenário, o vice-governador major Rocha respondeu:

. “Fui deputado aqui por quatro anos e a base do governo do PT nunca aprovou um requerimento meu”.

. Fecha o pano e passa a régua!

. Pelo visto, vai ser assim daqui por diante; deputados da base n]ao vão deixar passar nada da oposição.

. A não ser de comum acordo, ou seja, se interessar ao governo.

. Na hora em que o protesto dos policiais civis estava em seu ponto mais alto o governador Gladson Cameli sai do Palácio Rio Branco e vai conversar com eles.

. Encerrou o movimento, não havia mais razão de ser!

. Nos governos da Frente Popular criava-se uma comissão formada por assessores especiais para discutir a pauta de reivindicação; o Gladson inovou.

. À coluna Gladson Cameli reafirmou a existência de uma espécie de cartel no sistema de Saúde (Não ficou muito claro como funciona esse cartel).

. Na conversa que tive com o secretário Alisson Bestene na Assembleia Legislativa ele também reafirmou a movimentação do cartel para prejudicar o Estado.

. Algo a ser investigado.

. O ex-governador Tião Viana (PT) certa vez fez o mesmo comentário sobre um grupo que agia dentro da Saúde, uma máfia.

. MPF, MPE, PF, Justiça Estadual e Federal precisam esclarecer essa história toda, a população é que não pode pagar a conta.

. Saindo do Acre para Brasília a deputada federal Perpétua Almeida (PC do B) tem a virtude de ser autêntica.

. Foi as redes sociais se posicionar publicamente contrária ao decreto do presidente Jair Bolsonaro (PSL) que facilita o acesso da população as armas.

. Ela foi autora da PEC que liberou armas para seringueiros, colonos e ribeirinhos por uma questão de real necessidade (sobrevivência), mas não se escondeu na hora de enfrentar os armamentistas agora.

. Pois é, e o PC do B é acusado pela extrema de direita de ser “terrorista”!

. Na contramão da “lei do amor” e da sociedade alguns religiosos concordar com a facilitação da venda de armas para a população.

. A Rosa Maria sempre com as perguntas incômodas:

. Um fuzil é uma arma carnal ou espiritual?

. Bom dia!

Propaganda

Coluna do Astério

Gladson não tem candidato a prefeito!

Publicado

em

Continuar lendo

Coluna do Astério

Tchê sugere imitar Binho na Saúde!

Publicado

em

FOTO: SÉRGIO VALE
Continuar lendo
Propaganda

Mais lidas

Copyright © 2019 Ac24Horas - Todos os direitos reservados.